31.5.10

Niquinha, uma saída sem glória

Niquinha, tanto quanto imagino, já não mantém qualquer ligação ao Rio Ave.
Costuma dizer-se que o que nasce torto, tarde ou nunca se indireita - foi o que aconteceu.
Mas se critiquei várias vezes a Direcção na forma como lidou com o problema da saída, também não posso deixar de lamentar a forma como Niquinha se desinteressou do Rio Ave, tanto quanto sei não honrando os compromissos assumidos na observação de jogadores.

P S- uma coisa é certa, fez a época na A3 do Paulistão e foi titular até ao fim pelo seu Francana.

Sobre a luta pela Europa (ACT)

Inicialmente até achei que não tinha ouvido bem, mas depois a informação foi confirmada: o Rio Ave, na próxima época, lutará pelos lugares da Europa.

Isto merece várias notas:
- não tenho ASC na conta de irresponsável nem de ingénuo;
- uma equipa para a Europa significa lutar com Guimarães, Marítimo ou Nacional, fora alguma surpresa que possa aparecer; como se viu recentemente com a contratação de André Vilas Boas, o Marítimo tem pelo menos três vezes mais argumentos; nós nem com a Naval conseguimos competir!
- por isso me surpreende este anúncio;
- claro que não é só o dinheiro que faz uma equipa, mas não me lembro do Rio Ave assumir a luta pela Europa;
- eu gostava que o Rio Ave lutasse pela Europa, mas até prova em contrário continuo a pensar que o grande objectivo deve ser a manutenção (uma vez garantida talvez se pudesse pensar de outra forma);
- vou esperar para ver o que diz Carlos Brito;

(ACTualizo a 1/6: O Jogo recupera estas informações na edição de hoje: «o Rio Ave prepara-se para tentar fazer melhor, tendo como objectivo mínimo "ficar entre os dez primeiros" classificados. A ideia foi defendida pelo presidente do clube, António da Silva Campos, que até já fala numa possível candidatura aos lugares europeus»

(do mercado) Sílvio em Braga; Miguelito de regresso? (ACT)

Sìlvio vai ser jogador do Braga (A Bola fala em quatro épocas e diz que «Como compensação, para além de uma verba, os vila-condenses receberam a cedência, por uma época, do atacante Yazalde, havendo espaço para o empréstimo de mais um jogador dos quadros arsenalistas, se Carlos Brito assim o desejar»); (o meu comentário: era esperado, embora pudesse não acontecer já; o Rio Ave, que tinha uma participação minoritária no complexo passe de Sílvio, não recebe muito, mas dois jogadores do Braga podem dar muito jeito);
- A Bola ainda diz que os favoritos para o lugar de Sílvio são Miguelito e Milhazes, mas que ambos estão ligados contratualmente ao Marítimo (mais um ano) e a Guimarães (mais dois), respectivamente. [acredito que o Marítimo libertará Miguelito!] (ACTUALIZO: «O futuro do médio Miguelito, que esteve cedido ao Belenenses, deverá passar pelo estrangeiro, apesar de o jogador ter mais um ano de contrato com o Marítimo, da Liga portuguesa de futebol. "O Marítimo já informou o atleta que não conta com ele", admitiu Carlos Pereira à agência Lusa»; Vila do Conde, para os da Madeira, é estrangeiro?)
- O Jogo promete novidades para amanhã: «Um trinco para compensar a saída de André Vilas Boas, um médio de ataque e dois extremos são os reforços que faltam para Carlos Brito ter o seu plantel "fechado". Henrique Maia, director do departamento de futebol, prometeu para terça-feira (amanhã) novidades e garantiu que Bruno Gama não está, por enquanto, de saída» (isto não bate exactamente certo com aquilo que disse ASC: um guarda-redes e um defesa-direito?, como o próprio O Jogo escreveu);
(idas e voltas actualizadas aqui)

30.5.10

(do mercado) à procura de extremos?

A Bola de hoje diz que o Rio Ave está à procura de extremos (de municiadores do ataque, como lhes chama), não só porque Bruno Gama pode sair mas sobretudo porque a equipa estava excessivamente dependente de Gama, porque há um défice de soluções e porque só Sidnei oferece garantias: Felipe ALberto e Wesllem podem ser emprestados

(o meu comentário: é verdade que já aqui avancei com o cenário de empréstimo de Wesllem, mas devo dizer que foi das notícias mais inesperadas nos últimos tempos; porque as prioridades têm sido apontadas para o meio campo [ASC nada deu a entender neste sector], porque Bruno Gama ainda não saiu e porque nunca se falou na saída de Felipe Alberto; veremos, com o tempo, se A Bola está bem informada)

De surpresa em surpresa...

Keita vai jogar na Liga dos Campeões! Qual deles, o de Vila do Conde ou o de Setúbal?

29.5.10

2009-2010 - Resumo Final XIV

O prémio Rei do Ave!

Apresentadas individualmente as votações de A Bola, Record, O Jogo, Mais Futebol e JN, fica agora o somatório e a classificação conjunta.

Bruno Gama vence na Imprensa com 671 pontos, mais 4 que D. Gaspar. O terceiro foi Carlos com 615 pontos, 6 a mais que Zé Gomes. Fábio Faria foi quinto e Sílvio sexto.



A entrevista a ASC

Para além das notas que o João Paulo deixou sobre a entrevista a ASC, quero acrescentar que gostei de ouvir o nosso presidente. Achei-o sóbrio e com os pés bem assentes na terra e mostrou-se bem preparado para a entrevista (a questão do passe de Coentrão foi a excepção que confirmou a regra). Não embarcou num discurso fácil para agradar a ninguém e deixou-nos com água na boca para uma época que ele, como nós, espera que seja pelo menos tão boa como a que terminou.

Ainda a entrevista de ASC, agora nos jornais (ACT)

Os jornais de hoje trazem pequenos resumos da entrevista de ontem, na linha do que aqui se escreveu:
- «Com reforços, a equipa será candidata à Liga Europa», diz o Record;
- «Para acompanhar Carlos e Trigueira na baliza, falta um terceiro guarda-redes, assim como um lateral-direito (...) faltando, por isso, pelo menos mais três centrocampistas», diz O Jogo;
- ACTualizo a 30/5, com A Bola, que escreve que ASC admite mais saídas (BG, VG ou Sílvio), que há alternativas, que João Tomás não abandona a meio e que Carlos e Jeferson têm cláusulas de rescisão (mas, ao contrário dos outros dois jornais, não cita a origem das informações....)
- O Jogo volta hoje ao tema, desta vez com o novo sintético;

Nos jornais e nos outros blogues:
- «Gostei imenso de ouvir o nosso presidente nos esclarecer sobre temas que são sempre motivos de discussão principalmente nos blogs Rioavistas»;
Numa entrevista muito informativa, ficamos elucidados relativamente a muitos assuntos de interesse»;
- «fiquei satisfeito por ver respondidas as questões por mim levantadas, no entanto um só lamento, mexer nos treinadores será sempre o mais fácil, na minha opinião as mexidas deviam ser a um outro nível...»

28.5.10

(da entrevista de ASC) Tudo o que disse

aqui ficam as notas principais que retive da entrevista de ASC [ausentei-me uns minutos, espero não ter perdido nada de essencial], além destas e destas (à frente alguns comentários ou complementos meus):
- o Rio Ave na próxima época lutará para ficar nos 10 primeiros lugares e poderá ser candidato à UEFA (vou esperar para ver se isto se confirma, se percebi bem ou se terá sido um lapso; ACT: não foi lapso, pelo menos meu; é isso mesmo!);
- bilhetes para o jogo com o Benfica: para acabar com os oportunistas (mas quanto ganhou o Rio Ave com isso?);
- Yazalde, Roderick e Nélson Oliveira confirmados, embora ASC tenha feito alguma ressalva devido à necessidade de emprestar um jogador (Chidi);
- vai ser contratado mais um guarda-redes, um defesa-central, um defesa-direito e alguns médios, para um total de 25 jogadores;
- o Rio Ave está vendedor de Vítor Gomes, Bruno Gama e/ou Sílvio e tem alternativas para os substituir;
- o Rio Ave tem 50% do passe de Jeferson, um grande (e óptimo, digo eu) investimento;
- Carlos tem uma cláusula de rescisão (250 mil euros) e tudo o resto é especulação (não esteve bem o jogador, reafirmo);
- Futsal: aposta em manter o clube na primeira divisão;
- Um estádio novo nos próximos anos é impossível;
- há uma comissão para estudar a compra da sede e já foi feita uma proposta de aquisição (é dinheiro deitado fora, na minha opinião);
- até ao fim do mandato vão ser cumpridas duas promessas que faltam: um campo sintético e uma sala de espera para os familiares dos miudos da formação;
- campanha de sócios resultou na entrada de cerca de 720 sócios (se assim é, excelente!), que se juntam aos cerca de 2000 que restaram da actualização;
- vai avançar na próxima AG o Conselho Geral, que está nos Estatutos e nunca avançou;
- ASC está satisfeito com o «site» (se um dia tiver oportunidade tentarei explicar-lhe para que serve um «site» e como pode funcionar)
- deixou aberta a porta à recandidatura (já aqui pedida);

A entrevista está online no site da Linear, aqui;

(e, além de agradecer aos leitores que nos enviaram perguntas, é justo agradecer mais uma vez a ASC pela disponibilidade demonstrada)

(do mercado) Só Cícero

Os três diários falam de Cícero e nada mais.
Vamos ter de esperar pela entrevista de logo para ter a confirmação de mais jogadores novos.

O deputado do Rio Ave

Lembram-se do deputado que respondeu Rio Ave?
O mistério adensa-se, depois disto (último da direita)!

(da entrevista de ASC) novidades na formação

É, posso garantir, uma entrevista cheia de novidades. Deixo mais duas, muito resumidas:
- um relvado sintético até final do mandato;
- prometidas mudanças (uma renovação) nas camadas jovens

Ainda os 20% de Coentrão - corrigir uma distracção

Ok, são dois milhões, mas não podemos esquecer a comissão do empresário. É por isso que se fala em 1,6 milhões? (como disse, os valores só ficarão claros na AG de Novembro, quando o orçamento de 2009/2010 for analisado)

PS - esta foi a única questão que, na entrevista a transmitir hoje, ASC não respondeu (o nosso presidente argumentou que não tinha trazido a documentação e que não estava preparado); se faço esta referência não é minimamente para valorizar o detalhe, mas por uma questão de respeito para com o nosso leitor, que a fez e que não a vai ver respondida/mencionada.

27.5.10

(da entrevista de ASC) Nos 10 primeiros (e o 'erro' da UEFA)

Acaba de ser gravada a entrevista de ASC, que a Linear transmite amanhã a partir das 18h.
Desde já duas das muitas ideias que o nosso presidente nos deixou:
- a classificação final da época que terminou defraudou as suas expectativas e, agora, aposta numa classificação melhor para a próxima época (nos dez primeiros);
- não concorda com Henrique Maia, quando este assumiu como um erro a não inscrição na UEFA, mas garante que isso será feito para 2010/2011;

(são, repito, apenas duas das muitas ideias que ASC nos deixou, numa entrevista de cerca de hora e meia em que fala do futuro do clube e do seu proprio futuro no Rio Ave, em que fala do plantel para a próxima época, do que ainda vai fazer até final do mandato e, bastante, do futebol de formação)

Ainda o adeus a Terroso

Volto ao assunto para vos transmitir o que disse ao Tiago Terroso, que teve a amabilidade de me contactar:
- sendo ele o jogador com salário mais baixo do Rio Ave, faz todo o sentido que peça um aumento na renovação;
- da mesma forma, o Rio Ave - que (infelizmente) entende que ele não será primeira opção - também tem legitimidade para não subir muito mais;
- este diferendo como que antecipa aquilo que se iria passar na próxima temporada: o Tiago a querer jogar e o míster (que nunca o viu como primeira opção) a deixá-lo no banco ou na bancada;
- a saída não é o melhor para o Rio Ave, porque perde um elemento de valor, mas é o melhor para o jogador (que não pode passar mais uma época apenas a treinar);
- se ele próprio acredita no seu valor, deve conquistar a titularidade numa equipa da segunda Liga e, como escrevi, mais cedo ou mais tarde voltará; eu e muitos rioavistas estamos a contar com isso (mas temos, ao mesmo tempo, de respeitar as opções do míster, que deve ser soberano na construção da equipa).

PS - se acompanhei a sua carreira no Pampilhosa, muito mais o farei no seu próximo clube!

2009 - 2010 - Resumo Final XIII

O prémio Rei do Ave!

O último meio de comunicação social de quem apresentamos resultados é o JN. No diário do Porto o jogador que mais pontuação teve foi D. Gaspar. Bruno Gama que foi segundo com 162 pontos ficou a 4 pontos do central. A fechar o top 3 está Carlos, seguido por Zé Gomes, Fábio Faria e Sílvio nesta ordem.

Chidi e Wesllem para emprestar

«podem ser emprestados», diz o JVC desta semana

(não é novo, mas se o JVC diz...)

Ainda os 20% de Coentrão

Hoje é o Record que pega no assunto: «Os encarnados pagaram dois milhões por Fábio Faria, um valor que pode ser considerado elevado, à primeira vista, mas no qual já está contemplada a compensação devida ao emblema vila-condense pelo camisola 18 das águias que, no passado, custou um milhão ao clube da Luz».

(tanto quanto fui acompanhando, são 1,6 milhões por Fábio Faria e o resto pelos tais 20% de Coentrão, mas os valores só ficarão claros na AG de Novembro, quando o orçamento de 2009/2010 for analisado)

Cícero: o primeiro reforço (oficial)

«O avançado Cícero, que na temporada passada se destacou ao serviço da Oliveirense na Liga Vitalis, é reforço do plantel do Rio Ave Futebol Clube para a época 2010/2011». Uma época?

PS - está definido o calendário da pré-época: jogadores começam a chegar a 30 de Junho, são apresentados no sábado 3 de Julho e começam a trabalhar a 5. (para já apenas estão anunciados quatro jogos de preparação; é provável que sejam mais)

Sobre a entrevista a ASC

O nosso presidente grava logo à noite, por questões de agenda, a entrevista que passa na Linear amanhã, a partir das 18h.
Chegaram-nos seis emails, devidamente identificados, mas cada um tem diversas perguntas. Há apenas uma questão repetida e não foi preciso anular qualquer questão (por menos respeitosa). Ou seja, todas as perguntas enviadas pelos nossos leitores vão ser feitas logo ao nosso presidente, devidamente identificadas.
Esperemos, agora, as respostas.

PS - Obviamente que podiamos ter recebido mais emails, mas na próxima vez será certamente melhor! Uma coisa posso garantir: não é pelas perguntas que a entrevista não será interessante!

A nova equipa; ponto da situação

O ataque está fechado e a defesa também (imaginando que Sílvio não sai e que não virá outro defesa-direito). Falta o meio campo: falta um médio defensivo e um médio do vértice, um número 10.
Isto significa que faltam apenas dois jogadores?
Não.
Há o segundo guarda-redes para esclarecer; há o tal defesa-direito que pode vir ou não; pode haver a necessidade de substituir algum dos actuais jogadores com contrato, se saírem.
Mas mais de metade do trabalho estará feito.
E o ataque está, penso, muito mais forte com os quatro reforços: Tomás, Yazalde, Cícero e Nélson Oliveira. Pelo menos de falta de atacantes não nos poderemos queixar!
(ponto da situação actualizado aqui)

PS - e ainda há os três juniores que vão trabalhar com o plantel principal, e que para já não estou a considerar

(do mercado) O adeus a Terroso e o sim a Ricardo Rocha

- está confirmada a saída de Terroso, tal como ontem aqui avancei. O jogador queria mais dinheiro (o que é legítimo) e o Rio Ave achou que era demais (o que é legítimo, sobretudo para quem não foi titular e dificilmente seria opção para Brito). Espero que Terroso encontre um clube onde possa mostrar o seu valor (menos o Varzim...), para voltar!
- O defesa-central Ricardo Rocha, de 27 anos, que está vinculado ao Desportivo de Chaves, está a um passo de se transferir para o Rio Ave. Os dois clubes deram início a conversações que, sabe A BOLA, estão neste momento bem encaminhadas.

26.5.10

2009-2010 - Resumo final XII

O prémio Rei do Ave!

E chega a 3ª vitória para Bruno Gama. No digital Mais Futebol foi o avançado o jogador que somou mais pontos ao longo da época, 92. Gaspar foi 2º com 88, seguindo-se por esta ordem Zé Gomes, Carlos, Sílvio e Fábio Faria, os suspeitos do costume.

(do mercado) Terroso parte? (ACT)

- enquanto continua a não haver confirmação de contratações, e resolvidas as dispensas, é tempo de fechar o dossier das renovações; e Terroso é o único caso pendente; O Record não traz hoje boas notícias: «A falta de flexibilidade dos dirigentes do Rio Ave inviabilizou o acordo esperado. Um revés nas esperanças de Tiago Terroso, uma vez que a promessa vila-condense sempre deu primazia ao clube de origem, tendo mesmo chegado a assumir a possibilidade de continuar no clube por um valor inferior a outras soluções em carteira» (reservo um comentário para quando o assunto estiver resolvido)

ACTUALIZO: julgo saber que o processo terminou sem acordo. Terroso vai continuar a sua carreira noutro clube. Brito não vê nele, já o escrevi, um jogador com perfil para ser titular do Rio Ave. E, assim sendo, Terroso deve mostrar o seu valor (que eu sei que tem) num clube onde possa ser titular. Mais cedo ou mais tarde voltará ao Rio Ave e, quem sabe, pela porta grande! Para ser capitão do seu Rio Ave!

Sílvio para Braga?

Será, provavelmente, apenas um palpite, mas sabendo eu a opinião que Domingos tem sobre Sílvio (sobretudo sobre as suas potencialidades como... defesa direito!), não me admirava que, sem Felipe Oliveira, Sílvio fosse a primeira opção para Braga.

(como já aqui disse, a saída não representa um bom negócio para o Rio Ave, já que temos uma pequena percentagem do passe; mas até poderiamos receber em «géneros»; Mendes, que esteve no Varzim, por exemplo)

Luís Freitas Lobo comenta a época do Rio Ave (última parte)

Luís Freitas Lobo está a partilhar com os leitores do blogue as suas opiniões sobre a época do Rio Ave; depois de uma análise global e de uma apreciãção sobre os principais jogadores, o comentador fala hoje sobre o sistema táctico do Rio Ave:

3) Brito joga (basicamente) sempre em 4-3-3; vês mais vantagens ou desvantagens na utilização de um mesmo sistema táctico?

«Os sistemas não têm vida própria. O problema não é jogar sempre em 4x3x3. É, antes, jogar sempre da mesma forma em 4x3x3. Pode-se jogar de forma diferente sem mudar o sistema. Basta (e não é pouco...) mudar movimentos de alguns jogadores. Mas faltam as tais alternativas de qualidade. Nesse sentido, o que mais me decepcionou, e pensei ir evoluir com a época, foi o Adriano. Podia ter sido uma via para mudar o 4x3x3...»

(obrigado Luís)

25.5.10

Nós e os outros (assim não custa...)

O clube que nos levou um dos reforços mais desejados nesta pré-temporada, porque ofereceu muito mais do que aquilo que o Rio Ave pode pagar (uns dois mil euros mais!), aprovou ontem um orçamento de 2,8 milhões de euros [o nosso era de 4 milhões!], com um prejuízo previsto de 1,5 milhões [o nosso previa 900 mil] (e, já agora, apenas um sócio na sala!). Assim não custa, digo eu! Esse clube tem já um passivo de 10,5 milhões, oito dos quais (li eu) ao próprio presidente.

(do mercado) Nélson Oliveira regressa (ideias ao ataque)

- Para os nossos leitores não é absoluta novidade, mas O Jogo de hoje avança que «Nélson Oliveira voltará a representar o Rio Ave na próxima época»;
(o meu comentário: não sei se estou a ver bem, mas com Tomás, Yazalde, Cícero e Nélson Oliveira temos quatro avançados de área; começámos a anterior com três [Tomás, Chidi e Fogaça]. Isto significa que Chidi estará de saída? Que algum dos quatro vai jogar a extremo? Nas alas temos Sidnei, Felipe Alberto, Bruno Gama e Wesllem; este fica?)

Luís Freitas Lobo comenta a época do Rio Ave (2ª parte)

Depois da análise global, feita ontem, Luís Freitas Lobo fala dos jogadores:

2) Consideras que houve um ou dois jogadores que se tenham destacado ou o Rio Ave é uma daquelas equipas em que o colectivo se sobrepõe?

«O colectivo é sempre importante, a ordem é o ponto de partida e nesse sentido a ideia do Carlos Brito prevaleceu: jogadores sempre muito bem posicionados a defender, onde esse rigor é fundamental. Menor dinâmica a atacar, que com o decorrer da época se tornou previsivel. Jogadores que destaco? Fábio Faria, claro. Que, curiosamente, até me pareceu melhorar depois de assinar pelo Benfica, o João Tomás enquanto esteve, o Bruno Gama entre "luzes e sombras" (pode dar muito, muito mais...), e, no lado "operário", o Wires. Mais dúvidas continuo com o Vítor Gomes. Pensa bem o jogo, mas demora a... pensar e depois a... executar. As "boas bases" estão lá, mas falta "qualquer coisa" (ok, vou utilizar um termo técnico: boa e rápida recepção orientada!)»

Vai custar muito a digerir!!!!!!

«Mourinho llegará al Madrid con algunas peticiones. Aunque aceptará la planificación de la plantilla que el club tiene preparada desde hace varios meses, solicitará la incorporación de ciertos jugadores que él considera prioritarios. Uno de ellos es Fabio Coentrao, que pertenece al Benfica y que está representado por Jorge Mendes. Precisamente, el también agente de Mourinho estuvo ayer negociando por el futbolista con Valdano en el Bernabéu»

2009-2010 - Resumo final XI

O prémio Rei do Ave!

Os votos do jornal O Jogo.
Nova vitória para Bruno Gama. O avançado somou 168 pontos, mais 11 que D. Gaspar. Zé Gomes fecha o pódio, seguindo-se-lhe Carlos e Fábio Faria. Wires foi sexto, a sua primeira presença nos seis mais votados trocando com Sílvio, um até agora cliente habitual dessas posições.


24.5.10

(do mercado) Apenas Ricardo Rocha

O Record recupera a informação avançada ontem por O Jogo: Ricardo Rocha, com um ano de contrato com o Chaves, pode ser reforço.
- Terroso deve assinar esta tarde;

Arranque a 5 de Julho

informa O Jogo de hoje.

(no fundo, é exactamente como na época passada: começámos a 6 de Julho, com o campeonato a iniciar-se a 16 de Agosto)

Quatro perguntas ficam já aqui:

1) Porque é que o Rio Ave aceitou renovar com Carlos nas circunstâncias conhecidas (não teria sido mais tranquilo contratar um bom guarda-redes)?
2) O que é que o Rio Ave ganha com isso (há alguma cláusula de rescisão)?
3) Até quando Carlos pode sair (ficou definido algum limite temporal)?
4) Se Carlos sair numa altura adiantada, há alternativas preparadas?

Luís Freitas Lobo comenta a época do Rio Ave (1ª parte)

Luís Freitas Lobo vai comentar no Reis do Ave a época passada do Rio Ave (em três partes)
1) Comparativamente com as capacidades dos seus adversários (sobretudo os mais directos), achas que o Rio Ave fez uma época dentro do que seria possivel, acima ou abaixo?
LFL: Penso que foi, até certo ponto, a época "possível" que superou o esperado (em função do valor teórico da equipa e opções ao dispor) conseguindo uma "tranquilidade" pontual mais cedo do que o pensado, mas depois foi, também até certo ponto, a época "possível" que ficou abaixo do esperado, ou melhor, das expectativas criadas pela tal primeira parte muito positiva. Alguns jogadores "adormeceram", perderam estimulos e faltaram outras opções capaz de reacender a equipa em muitos jogos (sobretudo em casa). No global: foi a época "possível", mas que deixou uma contradição de sensações. Podia ter sido melhor, mas...
(sublinhado meu)

Entrevista a ASC passa sexta, a partir das 18h

Faltava definir a hora da entrevista ao nosso presidente: a partir das 18h, na sexta-feira, como anunciado.
ASC responderá às perguntas da Linear, do Reis do Ave e de todos os que quiserem/puderem participar via email (ou fazendo chegar as perguntas, escritas, à Rádio).

Vamos continuar a receber perguntas até quarta-feira à noite, mas, até a este momento, não se pode considerar que a iniciativa esteja a ser um grande sucesso - se calhar, como seria de esperar, pelo seu carácter inovador. Mais uma vez: as perguntas podem ser anónimas!

Mas com mais ou menos perguntas dos nossos leitores, haverá entrevista. E não deixaremos de fazer as perguntas mais importantes!

Aquilo que todos temíamos, aconteceu!

A descida do Rio Ave!

2009-2010 - Resumo Final X

O prémio Rei do Ave! - votos do jornal A Bola.


Para A Bola o melhor do Rio Ave foi Bruno Gama. O avançado que vinha somando 6º lugares, vence Gaspar, que foi segundo, por uma margem de 4 pontos. Zé Gomes volta a estar no pódio com 159 pontos. Carlos, Fábio Faria e Sílvio voltam a completar o lote dos seis primeiros.


23.5.10

Mais do 'folhetim Carlos' (dentro ou fora?)

Volto ao tema do contrato assinado por Carlos, nomeadamente ao facto de o jogador ter um pé dentro e outro fora - que motivou, da minha parte, uma critica ao nosso atleta e algum desconforto quanto à situação.
E volto pelo seguinte:
- o «site» informa da renovação, mas ignora o caso (limita-se a dizer que renovou; uma época? ao seu nível, portanto, embora neste caso quem redigiu a informação possa estar a cumprir ordens!);
- as duas notícias que saíram, e que falavam dessa cláusula em particular, (esta e esta), criaram alguma agitação entre (alguns) responsáveis do Rio Ave, que a desconhecem; mas essas notícias só podem ter uma destas fontes: ASC ou Carlos. E não foram desmentidas. Portanto não há fumo sem fogo.
- Das duas uma: ou Carlos está a dizer ao mercado que assinou mas é como se não tivesse assinado ou então ASC assumiu mesmo esse compromisso com o guarda-redes; na entrevista farei essa pergunta;

Não liguem ao míster, por favor!

Carlos Brito assinou contrato este fim de semana (sábado, em concreto) pela equipa dos casados. É, aliás, um regresso do míster a esse estatuto.
Presentes diversos elementos da família rioavista, como não podia deixar de ser.
Deixem o míster jogar... a sua lua de mel!

2009-2010 - Resumo Final IX

O prémio Rei do Ave!

Depois de apresentarmos os votos dos editores do blogue, passamos a apresentar os votos da imprensa, começando pelo jornal Record.

Para este jornal o mais votado da época foi também Gaspar. Segue-se Carlos e completando o pódio temos Zé Gomes. Fábio Faria que foi segundo para os editores deste blogue, foi apenas 4º para o Record. Bruno Gama foi o avançado mais votado, surgindo em 6º atrás de Sílvio.

22.5.10

(do mercado) Terroso fica (ACT)

- Terroso renova para continuar no plantel; «O médio de 22 anos tem em mãos uma proposta de renovação para mais uma época, com a ressalva de que é para permanecer no plantel. Em princípio, Tiago Terroso vai aceitar as condições e acertar todos os pormenores depois de amanhã»; O Jogo também diz que está tudo bem encaminhado. (são notícias interessantes, sobretudo a de que é para continuar no plantel, mas eu mantenho algumas reservas). ACTualizo a 23/5: «O acordo fica oficializado na próxima segunda-feira»;
- ACtualizado a 23/5: será o quarto central do Rio AVe? «O defesa-central Ricardo Rocha faz parte da lista de preferências do técnico do Rio Ave, Carlos Brito, para a próxima época. Apesar de ter mais um ano de contrato com o Chaves, não será muito complicado o defesa-central desvincular-se, atentendo a que o clube transmontano desceu à II Divisão»;
- O Record avança que a André Dias juntam-se Hudson (informação avançada aqui há várias semanas) e um outro junior, Rodrigo, que farão a pré-época e poderão acompanhar a equipa principal.


PS - Rui Sampaio é jogador do Beira Mar. Foi uma sugestão que fiz em Abril aos responsáveis do Rio Ave. Agora está preparado para voos mais altos.

21.5.10

2009-2010 - Resumo final VIII

O prémio Rei do Ave!

Na atribuição do Prémio Rei do Ave!, somamos os votos de 5 orgãos de imprensa e os nossos próprios votos, sempre que nos foi possível assistir aos encontros do Rio Ave. Hoje apresentamos a soma dos nossos votos, que vão de 0 a 3 em cada jogo.

Gaspar foi para nós Rei do Ave! Somou 90 pontos, mais 15 que Fábio Faria. O pódio fica completo com a presença de Carlos. Seguem-se Zé Gomes e Vilas Boas, também jogadores de carácter defensivo. O melhor avançado, Bruno Gama, é apenas sexto com 64 pontos

A despedida (e explicações) de André Vilas Boas

O futuro de André é o Marítimo, mas para os rioavistas ainda há coisas para dizer - afinal, estamos a falar da saída do capitão e de um dos símbolos do clube.
Na sequência da mensagem que nos enviou (em que falava de 'verdadeiros riaovistas'), mandei quatro perguntas, que o André acaba de responder:
1) Na tua mensagem de despedida falas nos verdadeiros riaovistas; há, nessa frase, alguma mágoa da tua parte?
«O meu obrigado é para aqueles adeptos que, independentemente contra quem o Rio Ave jogue, apoiam sempre o Rio Ave. O jogo com o Guimarães, em casa para o campeonato, foi muito triste para nós, a nossa bancada vazia, a do adversário cheia de gente a apoiar. Sem falar dos jogos das meias-finais com o FC Porto, tivemos muito pouco apoio para quem estava a um passo de ir à final.etc etc»

2) O que respondes a quem te diz que podias ter renovado pelo Rio Ave e dar algum dinheiro a receber ao clube?
«Hoje em dia os clubes cada vez mais procuram jogadores em fim de contrato. Se tivesse contrato era mais difícil sair. Desta vez não dei dinheiro ao Rio Ave mas dei coisas mais importantes que isso, nos anos em que cá estive»;
3) O futuro é sempre incerto, mas admites voltar (por exemplo, terminar a carreira em Vila do Conde)?
«O futuro a Deus pertence mas, no que depender de mim e na minha vontade, quero acabar na casa onde nasci e cresci»
4) Como esperas ser recebido na primeira vez que jogares contra o Rio Ave?
«Sempre dei tudo por este clube as pessoas que gostam do Rio Ave sabem disso, por isso espero ser bem recebido»

(Obrigado André; és grande!)

Futebol e política (ACT)

O PSD durante a última Assembleia Municipal propôs um voto de congratulação pela manutenção do Rio Ave na primeira Liga. Mas o JVC desta semana lembra que nenhum dos elementos do PSD na Assembleia Municipal de Vila do Conde é sócio do Rio Ave «nem acompanham a vida do clube». Nem um?

(A ser verdade, é no mínimo embaraçante; só vejo uma 'saída': que pelo menos alguns desses elementos entrem imediatamente para sócios do clube que, afinal, lhes dá alegrias!)

ACTualização: faço questão, porque sei que a notícia em causa e o próprio texto do blogue são susceptíveis de gerar equívocos, de lembrar que o actual presidente do PSD de Vila do Conde, Miguel Paiva, é um grande rioavista, presente em todos os jogos e nos momentos importantes do nosso clube.

(do mercado) Folhetim Carlos podia ter chegado ao fim, mas... (ACT)

- Carlos assinou. Foi (incompreensivelmente?) um jogo de paciência e teimosia dos nossos responsáveis: «Carlos, guarda-redes titular do Rio Ave, oficializou o acordo previamente assumido para assinar por duas temporadas e vai, assim, poder continuar a defender o estatuto garantido na última temporada». Mas O Jogo tem uma versão muito diferente: «este acordo, fechado ontem com o presidente do clube, António Silva Campos, tem contornos diferentes do habitual e não garante que o guarda-redes, de 30 anos, integre o plantel para 2010/2011. O internacional angolano tem vários clubes interessados no seu concurso e o Rio Ave não irá dificultar a sua saída, mesmo antes de se iniciar a pré-época»; como sempre disse, Carlos é uma mais-valia, mas este contrato - a ser verdade o que diz O Jogo - é no mínimo estranho; até fecharem as inscrições, Carlos pode sair? E depois? ACTualizo: a Lusa confirma: «decidiu permanecer em Vila do Conde, embora no seu contrato tenha uma cláusula que lhe permite sair, durante a pré-época, caso surge uma proposta mais elevada»; bem, está confirmado. Tenho confiança nos nossos dirigentes, mas gostava de saber qual é o 'plano B' no caso de Carlos sair em cima da hora do fecho das inscrições; quanto a Carlos, a sua popularidade, quanto a mim, já não é a mesma.
- «é altamente provável que o clube promova o regresso do jovem João Ferreira, guarda-redes que poderá cumprir nova pré-temporada com o plantel de Carlos Brito»;
- faltam 10 reforços, diz o Record; (pelas minhas contas, além dos três atacantes contratados, faltam dois defesas, dois centro-campistas e mais dois avançados); mas como diz o Record pode haver vendas e até empréstimos;

E vendas?

Se não estou enganado, o orçamento para esta época previa cerca de 900 mil de 'buraco', a ser compensado com a eventual venda de jogadores. Durante a época foi vendido Fábio Faria (um milhão e 600 mil, que incluem 300 mil dos 20% de Fábio Coentrão) e esse problema estará resolvido. Acredito que com isso, e com algumas receitas não previstas (os jogos com os grandes, os 50 mil de Tomás*), as contas da época 2009-2010 vão fechar positivas, na linha do que aconteceu na época passada, mas agora com outra dimensão. (Era o tal orçamento de 4 milhões).
Mas há já uma nova época e um novo orçamento que vai ser apresentado aos sócios dentro de um mês.
Sendo necessário apostar numa equipa competitiva, não acredito numa redução do orçamento (até porque há o futsal de primeira), pelo que o 'buraco' (mais pequeno? aposto em meio milhão) lá estará.
Por isso vender um jogador é fundamental. E dos três que estão no mercado, apenas um poderá ser um bom negócio para o Rio Ave: Vítor Gomes (Sílvio e Bruno Gama, como aqui expliquei, têm passes partilhados e o Rio Ave não detém a maioria, pelo que nunca serão um 'grande negócio').

* Foi 50 mil euros o que se falou, valor nunca confirmado.

A mensagem de André Vilas Boas na hora da partida

«Para os VERDADEIROS rioavistas, obrigado por tudo. Levo-vos no meu coração. Um grande abraço. André Vilas Boas»

(esta é a mensagem que o André nos enviou, com um pedido de publicação; até já André!)

20.5.10

Emprestados (Wesllem, Chidi e outros)? (ACT)

Fala-se pouco ou nada de emprestar jogadores, por isso volto ao assunto:
- Ricardo Martins ficará no plantel?
- Terroso vai ter uma oportunidade?
- Wesllem será jogador para a primeira divisão? Fazia-lhe bem sair, ganhar confiança para voltar cheio de ânimo e impôr-se na primeira! ACTualização: Esta primeira experiência não se pode considerar muito positiva, dependendo de quais eram as expectativas; eu esperava vê-lo mais, mas a verdade é que foi o jogador que mais vezes ficou como 19º, a que se juntam mais cinco vezes em que não foi convocado. Em 30 jornadas, 13 não foi à relva e só uma vez foi titular. Pouco, não?
- O mesmo acontece com Chidi (com muito mais oportunidades mas pouco mais resultados);
Além destes casos, há ainda o do guarda-redes João, que treinou com a equipa na segunda volta, e que poderia (não sei o seu real valor) ser o terceiro guarda-redes, isto se Trigueira passar a ser aposta para número dois.
E depois há Valdir (estando bem fisicamente, será opção?)

(do mercado) Folhetim com Carlos

(tudo actualizado aqui)

- Todos os anos há um folhetim na altura das renovações e este não foge à regra. Carlos é o protagonista desta estória. Carlos terá confidenciado a algumas pessoas que não vai continuar em Vila do Conde, mas parece que ainda não o comunicou aos responsáveis. Espero estar enganado, mas Carlos já era. (e para quem está de fora estes folhetins são incomprensíveis; Carlos sabe perfeitamente o que pode o Rio Ave pagar e a proposta que lhe foi feita estará nos limites das capacidades do clube; estará à espera de mais mil euros? Uma coisa é certa: sem necessidade, o seu capital positivo, conquistado justamente em Vila do Conde, pode estar a perder-se);
- Zé Gomes satisfeito com a renovação «A minha prioridade sempre foi o Rio Ave, até porque rejeitei uma proposta do Chipre mesmo antes de conhecer o convite para continuar» (ele e nós!)
- O «site» ainda não confirma contratações (só renovações), mas julgo saber que Yazalde, Cícero e João Tomás estão certos para a próxima época; Roderick está bem encaminhado.
(Apesar da habitual especulação em torno da fase do defeso, o veículo oficial de informação do Rio Ave Futebol Clube vai manter informados os interessados de todos os pormenores acerca do plantel, sempre que se verifiquem finalizações oficiais de renovações e/ou contratações; acordaram! Jeferson já assinou há dois dias!)

Vilas Boas no Marítimo (ACT)

Para mim é uma surpresa, mas é o que vem anunciado num jornal madeirense.

O médio André Vilas Boas, que representava o Rio Ave, é o primeiro reforço do Marítimo para a época 2010/11, segundo apurou o JORNAL da MADEIRA.

A consumar-se, não se confirma assim a hipótese de Vilas Boas rumar ao estrangeiro de onde tinha em carteira propostas bem vantajosas, como o próprio avançou.

ACTualizo (JPM): sim, confirma-se; Vilas Boas assina hoje. Duas épocas. Com a possibilidade de jogar na Europa. E para ganhar quase três vezes mais do que em Vila do Conde. Assim sendo, só lhe podemos desejar felicidades. André: quando vieres jogar a Vila do Conde vou aplaudir-te!

2009-2010 - Resumo final VII

Destaques exibicionais.

Gaspar, o Rei, foi considerado pelos editores deste blogue o Melhor em Campo em 8 ocasiões. Fábio Faria, Carlos e Vilas Boas empataram no segundo posto com 5 nomeações cada um.




19.5.10

2009-2010 - Resumo final VI

A Disciplina.

77 amarelos e cinco vermelhos assim distribuídos:

O capitão Vilas Boas foi o líder dos cartões. O André repete uma façanha que já conseguira na época anterior, somando porém mais 4 amarelos que em 2008-2009.
Os dois vermelhos de Wires é que foram uma novidade. No entanto, a equipa no seu todo somou na mesma 5 como na temporada passada.

Terroso, que futuro

A partir da notícia de que vai ser feita uma proposta de renovação a Tiago Terroso, algumas coisas podem e devem ser ditas:

- Terroso não foi opção esta época; será na próxima?
- Terroso não tem (mais) idade para passar uma época sem jogar;
- Para Terroso faria mais sentido jogar na divisão de honra, onde pudesse mostrar o seu real valor, do que passar mais uma época à sombra;
Por isso - e com este texto corrijo algum entusiasmo quando soube que iria continuar [porque admito que tenho sido dos que tem feito mais força para que isso aconteça, mas não tenho a certeza de que estarei a fazer bem]- sugiro ao Tiago que pense bem no seu futuro. Não basta ele próprio acreditar no seu valor se não tiver oportunidades de o mostrar. Eu no lugar dele, não tendo notícia de que o treinador tivesse mudado de opinião, assinaria mas com a garantia de que seria emprestado (e não é ao Pampilhosa, sem ofensa para os pampilhosenses...).

Já começaram a chegar as primeiras perguntas!

Já estão no nosso email as primeiras perguntas para fazer ao nosso presidente.
São - e ainda bem - perguntas identificadas, de um sócio, mas - já o disse - quem tiver medo de ser identificado pode fazê-las anonimamente. Mais, até pode identificar-se no email e pedir reserva de identificação, que garantimos isso. Assim as perguntas sejam 'boas'...

Como foi explicado, recebemos as perguntas até dia 26 de Maio [é óbvio que estamos a privilegiar aqueles que têm /usam email, mas se houver quem queira fazer chegar as suas perguntas por meios clássicos pode fazê-lo, entregando as questões na Linear, ao cuidado do Paulo Vidal; o que importa é que quem quer participar o possa fazer].

(do mercado) Zé Gomes mais um ano (ACT)

- Bati-me, como, penso, outros rioavistas, por esta notícia; chegou finalmente: «Concluídas as negociações, o lateral-direito José Gomes deu ontem o sim ao convite para prolongar a sua ligação ao clube de Vila do Conde»;
- de Roderick já foi noticiado tudo. Mas uma cláusula de rescisão de 30 milhões? Vai ser o jogador mais valioso da história do Rio Ave!!!!
- Terroso vai receber proposta de renovação esta semana (foi mais uma informação avançada na Tertúlia, agora confirmada)
(PS - não podemos mesmo contar com o «site» para perceber o que é oficial e o que é especulação; Se isto não é importante [«só ontem, antes de seguir de férias para o seu país, Jeferson colocou a assinatura no documento que o vincula à formação dos Arcos durante os próximos quatro anos»] o que é que é? A consequência é que vamos deixando, todos, de contar com o «site»; é pena)

18.5.10

Campeonato começa a 15 de Agosto

O calendário está aqui. (começa mais cedo do que tem acontecido nos últimos anos, mas a paragem é tão longa...); falta agora saber quando arranca a época do Rio Ave

(do mercado): Roderick confirmado (ACT)

- A Bola dá Roderick como confirmado (empréstimo), recuperando ainda a informação que aqui demos sobre a hipótese de Nélson Oliveira voltar;
- O Record diz que não há nada de novo quanto a Carlos, Zé Gomes e Terroso (nos dois primeiros casos ainda não há acordo; Terroso sabe que querem que continue mas aguarda uma proposta)
- O Jogo diz que Jeferson assinou por quatro épocas (já é velha...) mas nada se diz sobre a percentagem do passe que fica com o Rio Ave;

PS - entretanto outro jogador muito desejado em Vila do Conde, Hélder Barbosa (emprestado pelo FC Porto ao Setúbal), rescindiu e vai para o Nacional

ACTualizo: não é oficial porque o site nada diz, mas parece, via Lusa: «O Rio Ave, da Liga portuguesa de futebol, assegurou o empréstimo do defesa central Roderick, jogador dos quadros do Benfica, que vai alinhar na próxima época na equipa de Vila do Conde». Também da mesma fonte: «Também certo é o regresso de João Tomás a Vila do Conde. O avançando de 34 anos, que atuou metade da época, por empréstimo, no Al Sharjah, volta ao Rio Ave depois de o clube dos Emirados Árabes Unidos não ter acionado a cláusula de compra do seu passe, avaliada em 150 mil euros»

Acompanhamento da pré-época

Tal como aconteceu no ano passado, vamos tentar fazer o acompanhamento da pré-época, tentando manter actualizadas (todas?) as movimentações do mercado.
(tal como temos vindo a alertar, será sempre necessário ter em atenção as especulações - jornalísticas ou não - que aparecem)
A ligação é esta: http://docs.google.com/Doc?docid=0AbRddgvaJYqsYWg4a3dyZmttYmc4XzM0YzJuamd3ZHo&hl=en

Entrevista a ASC

Depois da 1ª Tertúlia Rioavista, Reis do Ave e Rádio Linear voltam a juntar-se, desta vez para entrevistar o presidente do Rio Ave, António Silva Campos.

E, mais uma vez, pensamos ter encontrado uma forma de aproximar adeptos e clube: a entrevista será feita por todos aqueles que quiserem enviar perguntas.

A partir de agora e até dia 26 de Maio vamos aceitar as vossas perguntas. Como regra, aceitaremos todas (mesmo as anónimas; as que tiverem identificação serão identificadas, pelo nome e/ou pelo número de sócio, as que não tiverem serão igualmente aproveitadas).
Faremos alguma filtragem apenas para evitar repetições e descartar aquelas que possam ser, eventualmente, ofensivas. Através do endereço reisdoave@gmail.com ou do email da Rádio Linear, ficamos à espera.


Dinheiros em tempo de mercado

Brito e Henrique Maia disseram-no na Tertúlia: o Rio Ave dificilmente conseguirá contratar todos os jogadores que pretende (aqueles que acha que podia contratar, claro). Haverá provavelmente outro clube que pode pagar mais. Temos, pois, de estar preparados. E não é isso que nos vai deitar abaixo!
Cinco mil euros, no Rio Ave, é um bom ordenado.
Haverá quem ganhe mais, sobretudo avançados (que são difíceis de encontrar, sobretudo aqueles que marcam mesmo golos...), mas são situações muito excepcionais.
Penso não estar enganado se disser que mais de metade dos titulares do Rio Ave nesta época ganha(va) menos de 5 mil euros.
Longe vão, portanto, os tempos (e não foi há tanto como isso!) em que o Rio Ave oferecia 9 mil euros a alguns jogadores (parece-me um ordenado utópico, nesta altura).
Hoje, parece-me, há mais racionalidade e cuidado com o défice no fim da época.
Só podemos aplaudir, como é óbvio.

Coentrão no Real Madrid?

Não vamos ganhar nada com essa potencial venda, mas nunca esqueceremos.

As maiores felicidades para FF

«Foi uma sensação muito boa, espectacular. Fui muito bem recebido e agora vou trabalhar para ficar aqui», afirmou Fábio Faria.

PS - ... mas se por alguma razão não ficares... as portas rioavistas estão sempre abertas para ti!

2009-2010 - Resumo final V

Golos marcados e sofridos No que toca a golos marcados, foram 10 os jogadores que inscrevem o seu nome numa lista que totaliza 22 golos. João Tomás, que cumpriu pouco mais de meia época em Vila do Conde, foi o melhor marcador com 6 golos, quase 30% do total da equipa. Quanto aos golos encaixados, Carlos e Mora dividem-nos da forma abaixo apresentada.





17.5.10

2009-2010 - Resumo final IV

Fora dos eleitos do treinador.

Nota prévia: não são contabilizadas nesta análise as ausências por lesão ou castigo.

Aquando das convocatórias, os jogadores que não estavam na lista do treinador foram considerados como "Não Convocados". Os que sendo convocados ficaram fora dos 18 jogadores que um clube pode apresentar a jogo, são aqui chamados de "19º jogador".

Wesllem lidera a lista dos que sendo convocados ficaram depois de fora. Já o lateral esquerdo Valdir foi o jogador que mais vezes esteve ausente das convocatórias.

João Pedro foi-se

Era uma aposta grande, mas acaba de se comprometer com a Naval.

(o meu comentário: e ainda há quem fale em 'campeonatos de orçamentos'! A Naval ofereceu bastante mais e conseguiu o jogador; se ofereceu é porque, teoricamente, pode, certo? Uma coisa ASC e Henrique Maia dão garantias: de rigor financeiro. Além disso, há mais joãos pedros no mundo...)

Oito jogadores com 2700 minutos; um deles foi...

Gaspar!
Os outros: Andrá Santos (Leiria), Diego (Naval), Evaldo (Braga) e três guarda-redes: Eduardo (Braga), Bracali (Nacional), Rui Patrício (Sporting) e Quim (Benfica).

PS - Quase duas páginas em O Jogo de hoje com Gaspar e os seus dois filhos, ambos nas escolhinhas do Rio Ave; muito bem!

Cícero, Tomás, Yazalde e...

Chidi... eis o quarteto de atacantes do Rio Ave para a próxima época, segundo A Bola de hoje.

(Brito pode tentar adaptar algum deles aos lados, mas são quatro avançados para jogar na área [Chidi, nas alas, ainda rende menos], o que significa que um deles é titular, dois estarão no banco e um não é convocado; talvez seja muita fruta, porque ainda temos que juntar alguns extremos; mas é uma 'fruta' tentadora)

O papel do «site» em tempo de mercado

Não tenho uma opinião muito positiva do papel desempenhado pelo «site» do clube [basicamente por falta de uma estratégia, por não se saber para que serve], mas isso não me impede de o consultar e, sobretudo, de o considerar potencialmente importante.
O «site» deve ser uma fonte oficial de informações, pelo que não se compadece com especulações ou meias-verdades, tão próprias destas e das próximas semanas de mercado.
Mas isso não impede - pelo contrário - que ali se registem as novidades que interessam ao clube. Gaspar renovou; o «site» noticiou? Não. Evandro, Mora, Bruno Mendes (além de Adriano) não vão continuar? O «site» noticiou? Não. E não quero dar mais exemplos. Os dois anteriores, todos reconhecerão, são importantes.
Exige-se um «site» que (independentemente de dar em primeira-mão ou não - é o menos importante) seja um farol em que os rioavistas possam e devam confiar (e isso significa que ali estejam todas as notícias mais ou menos importantes, devidamente confirmadas). Neste momento é um farol com uma luz fraquinha e intermitente.

(do mercado) Jeferson por quatro épocas! (ACT)

É uma excelente notícia, para começarmos a semana: Jeferson vai assinar por quatro (leram bem, quatro) épocas.

Algumas notas:
- quatro épocas significam um investimento (sim, é jogador para trazer dinheiro ao Rio Ave);
- Jeferson vai ser o titular e o novo Fábio Faria!

- quatro épocas implica mais dinheiro; o Rio Ave investiu quanto?
- qual é a nossa percentagem do passe?
- não me lembro de um jogador assinar por quatro épocas; foi Evandro o último?
- um aplauso para a Direcção;

ACTualizo: O Rio Ave pode ser um dos destinos do jovem central Roderick, que esta época ascende ao estatuto sénior

Suplentes (o caso Chidi)

Relativamente a estes números expostos pelo Gil, deixem-me  acrescentar o seguinte:
- Adriano foi, de todo o campeonato, o segundo jogador mais vezes utilizado como suplente; só Matheus, do Braga, o bateu (e só não foi o mais, porque andou umas semanas desaparecido);
- Ricardo Chaves foi o titular mais vezes substituído (12), seguem-se Sidnei e Chidi. O curioso é que Chidi também é o terceiro suplente mais utilizado (depois de Adriano e Tarantini).

Chidi teve uma época muito abaixo do que se poderia desejar, uma época errática, que deve fazer reflectir todos (eu mantenho a ideia de que fazia bem ao jogador fazer uma temporada numa equipa da segunda liga, para ganhar confiança e depois voltar)

16.5.10

2009-2010 - Resumo Final III

Os suplentes.
O quadro que se segue apresenta-se também dividido em dois, por um lado as vezes em que os jogadores foram suplentes utilizados e por outro com o total das vezes em que não saíram a jogo.
Dois destaques, um em cada uma das colunas. Adriano foi o suplente mais vezes utilizado. De resto, das 18 utilizações do médio, 17 foram a partir do banco. O brasileiro apenas uma vez completou um jogo. Dos não utilizados, Evandro destaca-se pelas 21 vezes que soma nessa condição. Em 6 utilizações, o nosso veterano avançado foi titular substituído 1 vez, suplente utilizado em 5.

Zé Gomes merece

... um contrato compatível não com a sua idade mas com o que mostrou em campo esta época (e se não o comparo com os valores de um avançado, cujos valores de mercado são sempre mais elevados, pelo menos com os seus colegas da defesa ou meio-campo). Fica registado! [ao que sei, têm sido feitas contra-propostas ao jogador, depois de uma proposta inicial muito baixa, mas ainda longe daquilo que Zé Gomes considera ser o mínimo para continuar; eu mantenho a esperança]

(sem Magno e sem Zé Gomes como será a linha direita da defesa?)

João Pedro, o médio que Brito quer

Já é jogador do Rio Ave? Há quem garanta que sim, mas esta notícia de O Jogo não o confirma ainda: «O avançado Cícero, mas também o médio-esquerdo João Pedro (na foto), estarão na lista de Carlos Brito para 2010/11»; certo é que é um jogador muito desejado nos Arcos.

(para usar a médio-esquerdo? Brito não tem médios-ala, jogando com dois mais atrasados e um mais adiantado, que faz o vértice do triângulo; Sai Adriano entra João Pedro? João Pedro fará o lugar de Vítor Gomes? Médio-esquerdo é Terroso, que até pode continuar em Vila do Conde, mas se não jogar...)

(do mercado) Carlos e Tomás certos, Yazalde talvez e Vítor Gomes...

- É, certamente, um dos reforços mais importantes para a nova época; Carlos foi sensível a todos os apelos e vai renovar por duas épocas (no início comecei por não acreditar que Carlos pudesse continuar, mas depois as coisas foram caminhando para este lado; ah grande rioavista *) [o Record está mais atrasado na informação?];
- Por falar em grandes notícias: Tomás regressa, como já aqui se tinha avançado, mas com esta informação-extra: os árabes não accionaram a cláusula de rescisão (o Rio Ave deixa  de receber cerca de 150 mil euros, mas tem o seu mais importante avançado; que se lixe o dinheiro, certo?) [O Jogo não dá a coisa tão certa...];
- Afinal o cenário Yazalde não é tão certo como se dava a entender [«reforço garantido»]? «Nunca mais falei com ele desde que jogámos pela última vez frente ao Sp. Braga. É um jogador interessante, mas não sei como é que as coisas vão evoluir. Não contactei o seu empresário nem o Sp. Braga", afiançou o diretor-desportivo Henrique Maia»;
- Vítor Gomes outra vez falado para Alvalade;
- Jeferson está certo e passou de emprestado a jogador do Rio Ave, que decidiu exercer o direito de opção de compra de parte dos direitos desportivos. Neste sentido, Jeferson (24 anos) passa a pertencer aos activos da Direcção liderada por António Campos [imagino que tenhamos menos de metade do passe, mas depois vê-se, mas foi uma boa medida, sem dúvida; Jeferson pode vir a trazer dinheiro ao Rio Ave]

* havia uma dezena de rioavistas na Luz; a mulher de Carlos era um deles. Equipada à Rio Ave!

[Nota aos leitores mais desprevenidos: estamos na temporada de 'caça' às notícias, nem tudo o que parece é, como aliás se percebe pela leitura deste texto; mas estamos atentos]

15.5.10

2009-2010 - Resumo Final II

No quadro de hoje apresenta-se o número de vezes que os jogadores foram titulares. A informação divide-se em duas categorias, Titular Não Substituído (que não significa propriamente jogos completos) e Titular Substituído.

Os totais são os que se seguem.

Realço o facto que a nossa habitual dupla de centrais, Gaspar e Fábio Faria, nunca se desfez por substituição de um dos dois; sempre que jogaram de início não foram substituídos. Por outro lado, das 17 utilizações de Ricardo Chaves 16 foram como titular, mas o médio apenas não foi substituído em 4 ocasiões.


14.5.10

2009-2010 - Resumo Final I

Nos próximos dias serão publicados os valores totais que os jogadores e a equipa atingiram em vários parâmetros. Começa-se pela apresentação dos totais dos jogadores no que toca a presenças.

Ressalve-se o seguinte:
João Tomás só poderia ter participado em 17 jogos e 1530 minutos por ter sido cedido em Fevereiro; Serrão (emprestado em Janeiro) e Nélson Oliveira (que só chegou para a 17ª jornada) em 14 jogos, 1260 minutos; Bruno Moraes e Filipe Alberto (inscritos à 18ª jornada) em 13 jogos e 1170 minutos. Carlos (por ter participado no CAN) em 28 jogos e 2520 minutos.

Evaldo em Alvalade, Sílvio em Braga? (ACT)

O Braga já tentou contratar Sílvio antes (com uma proposta, ao que sei, miserável...), mas se juntarmos a saída de Evaldo e cedência de Yazalde, será apenas coincidência? Sílvio gostaria de saltar directamente para um dos três grandes, mas recusar o Braga não é inteligente...

ACTualizo: e já que estou em maré de especulações, mais duas; uma, que é uma teimosia (falei nisso, novamente, na Tertúlia...), o regresso de Miguelito para o lugar de Sílvio; outra, já que o Braga está amigo, seria o empréstimo deste médio...

Ricardo Martins faz a pré-época (ACT)

A mesma notícia de A Bola (mas só em papel) responde a uma pergunta aqui feita há algumas semanas: Ricardo Martins, o jovem que esteve no Gondomar, onde foi quase sempre titular, vai voltar a Vila do Conde, estando garantida a pré-época.

(é uma boa notícia, porque se trata de mais um jovem com valor; e dos nossos!)

ACTualizo para falar de André Serrão; é um jogador que acabou contrato;

Yazalde regressa? Boa notícia (ACT)

«O Rio Ave tem mais um reforço garantido para a próxima temporada, embora o nome já tenha feito parte da história do clube. Yazalde é o craque em causa, ele que esta época esteve emprestado pelo Sp. Braga ao Olhanense, mais precisamente durante a segunda metade do campeonato. Trata-se, portanto, de um regresso a Vila do Conde, onde o avançado assinou um capítulo feliz da sua ainda curta carreira»

(o meu comentário: aplaudo, obviamente! Esta poderá ser a grande época de Yazalde e o Rio Ave vai beneficiar disso mesmo! ACTualizo com esta nota: a notícia de A Bola é omissa, ou melhor dá como adquirido que Yazalde vai estar no Rio Ave, mas sabendo o que a casa - bracarense - gasta seria importante perceber se Yazalde faz a pré-época já connosco ou com Domingos e só depois é que...)

Cícero, reforço? (ACT)

Esteve para ser reforço em Janeiro do ano passado, quando Brito chegou e esta direcção tomou o comando (acabou por vir Pedro Moutinho, porque Cícero estava em Guimarães e não foi fácil o empréstimo). Agora, e depois de uma época positiva na Oliveirense, Cícero volta a ser hipótese: «Cícero, avançado da Oliveirense, é um dos nomes que pode reforçar o plantel do Rio Ave na próxima temporada. Segundo o que Record apurou, o ponta-de-lança, de 24 anos, está a ser negociado pelos dirigentes vila-condenses, sendo que, por esta altura, é precisamente o Rio Ave o emblema nacional mais bem posicionado para garantir os seus serviços na época que se avizinha».

(Manifestei-o na tertúlia, e aqui também: estou preocupado com o ataque para a próxima época; mesmo que Tomás venha, faltam avançados que façam golos [há Wesllem, Chidi, Sidnei e talvez Bruno Gama]. Cícero é um avançado com características próximas das de Chidi; forte no corpo-a-corpo, bom no combate, mas com um percurso errático nos últimos anos; se vier a ser nosso jogador, desejo-lhe os maiores sucessos, como é óbvio; faltam mais dois avançados?)

ACTualizo: Cícero é negócio fechado! Não considerando Tomás e Yazalde, só falta saber se é o primeiro ou segundo reforço para a próxima época...

13.5.10

1ª tertúlia rioavista - Grandes! (ACT com fotos)

Da tertúlia de ontem guardarei na memória mais do que tudo as pessoas. Teria sido muito fácil a Gaspar, Carlos Brito e Henrique Maia arranjarem uma desculpa e não conviverem com aquele pequeno grupo de rioavistas. Mas fizeram questão de estar presentes e fizeram toda a diferença. Não pelas informações (escassas) que foram passando sobre o Rio Ave e a próxima época, mas sobretudo pela disponibilidade, simplicidade e simpatia que cada um mostrou para cada um de nós e também pela conversa franca e descontraída. Não conhecia pessoalmente nenhum dos intervenientes, mas fiquei mais fã de cada um deles. Foi muito agradável, foi muito bom. Em matéria humana nenhum clube é maior do que o nosso Rio Ave.

Por falar em grandes, o sócio 1652 que partilha o mesmo nome que eu, quando viu o autografo e dedicatória do Gaspar na camisola que me ofereceu, tratou logo de a vestir. É-lhe enorme, tipo vestido, mas faço votos que um dia a encha e vista com o mesmo orgulho que eu tenho por me ter sido oferecida pelo primeiro Rei do Ave! Obrigado Gaspar, deste-me um tesouro!

Uma palavra para o proprietário do Restaurante Praça Velha, Carvalho. Eu era muito pequeno quando o homem do pé canhão jogava no Rio Ave. Ontem em conversa cordial de bom anfitrião mostrou ainda que mantém bem viva a chama de rioavista. Obrigado Carvalho!

E ao Vidal: a sala de imprensa do estádio devia ter o teu nome!

Aos outros amigos rioavistas dos diferentes blogues, obrigado também por aceitarem o convite. Já soo um bocado lamechas, não?

ACT: há fotos da tertúlia.

Bruno Moraes, uma saída sem Glória...

Ontem na tertúlia falou-se de Bruno Moraes; Brito disse que se trata de um jogador fabuloso, que podia actuar na equipa principal do Benfica; eu disse que nem no Rio Ave este Bruno Moraes tinha lugar!
Agora chega a notícia que estará a caminho da Roménia, já que o FC Porto não vai renovar-lhe o contrato: «A imprensa romena revela esta quinta-feira que o jogador pode rumar à Roménia, juntando-se ao seu irmão. Júnior Moraes, que milita no Gloria Bistrita, actual 11.º classificado do campeonato romeno, já terá dado as melhores referências aos responsáveis do clube sobre o seu irmão».

(desejo-lhe, como é óbvio, sucesso, mas é forçoso reconhecer que não deixou saudades!)

Uma nota, que é um elogio

Seria muito mais fácil mandar os jogadores de férias sem nada lhes comunicar e depois, daqui a alguns dias/semanas, avisá-los (directamente ou mesmo através dos jornais), do que ter de os olhar nos olhos, antes de partirem, e comunicar-lhes as más notícias.
Mas se o clube não saía bem desse episódio, os jogadores seriam ainda mais prejudicados.
Por isso elogio a frontalidade da atitude tomada ontem pela Direcção - se houvesse alguma crítica a fazer seria por não ter sido tomada antes.

É certo que o ambiente não será o melhor no jantar desta noite, mas qualquer outra alternativa seria pior. E os jogadores têm de ser os primeiros a perceber isso mesmo!

Divirtam-se!

Aqui está o relato do golo de Gaspar, feito pelo enorme-João Ricardo Pateiro, em directo do restaurante Praça Velha, ontem à noite! [permitam-me estas palavras: o João é muito melhor a relatar mesmo sob um cenário virtual do que muitos relatadores a verem o jogo! Magnífico! Foi um privilégio]

A nova época já começou a mexer! (17 jogadores)

Nas últimas horas surgiram diversas informações sobre a nova época:
- ficou a saber-se que Evandro, Mora, Bruno Mendes e Bruno Fogaça não continuam;
- que Terroso vai renovar, que Carlos pode continuar, que Tomás deve voltar (Carlos está dividido);
- sobre Magno há alguma incerteza, mas (com alguma pena minha, confesso), penso ser certo que não continua, tal como relativamente a Adriano;
- sobre Zé Gomes: já se sabia que tinha sido feita uma proposta de renovação, não muito bem recebida, mas sempre acreditei que haveria aproximação das partes; estará mais próximo?
- «Até ao momento, e desde que não surja um negócio para transferir Vítor Gomes ou Bruno Gama, são 14 os atletas assegurados»; «Dos 14 jogadores do plantel que se encontram em final de contrato, apenas cinco têm proposta para renovar» (Jeferson, Tarantini, Terroso, Carlos e Zé Gomes? além de Gaspar, claro)
- pelas minhas contas há neste momento 17 jogadores para a próxima época: Trigueira; Zé Gomes, Gaspar, Jeferson, Sílvio e Valdir (6); Chaves, Wires, Vítor Gomes, Terroso e Tarantini (11); Tomás,, Chidi, Wesllem, Felipe Alberto, Sidnei e Bruno Gama (17); mas a procissão ainda vai no...

Sobre a tertúlia (considerações finais) (ACT)

- Correu tal como eu esperava, sobretudo para uma primeira vez; estiveram presentes os que confirmaram, participaram todos aqueles que quiseram, houve um bom ambiente (e o João Ricardo até relatou um golo virtual, em directo, de Gaspar!), cumprimos os horários (por causa da Linear) e soubemos novidades.
- Gaspar recebeu esta foto evocativa da vitória e é a partir de agora o Rei. (não conhecia Gaspar mas fiquei muito bem impressionado; muito ponderado, com humor, boa cabeça! Um Rei de que nos orgulhamos!)
( a foto é do nosso amigo fotógrafo Venda Lopes, a quem agradecemos)
- por falar em agradecimentos, um obrigado ao Restaurante Praça Velha (foi tão bom que ficou desde já acertado que, se houver segunda edição da tertúlia, será lá!) e à Linear, que foi inexcedível no apoio a esta iniciativa; como já tive oportunidade de dizer, e quero repeti-lo, Carlos Brito, Henrique Maia e Gaspar aceitaram o convite desde o primeiro momento (tal como, aliás, Vilas Boas), tal como os nossos amigos bloguistas.
- Para terminar: esta iniciativa surgiu porque todos nós, rioavistas, podemos ajudar este pequeno clube a não ser um clube pequeno!

(via outros blogues e por comentários que me chegaram, registo a crítica de que não se falou no futsal e quase nada das camadas jovens; é uma crítica que, pessoalmente, aceito. Mas que tem - penso - uma boa justificação: por um lado esta foi a primeira iniciativa, organizada com voluntarismo e que nos deu bastante trabalho; por  outro lado, uma tertúlia deste tipo, que falasse no futebol sénior, nas camadas jovens e no futsal, teria de durar quatro horas; finalmente, não tenho dúvidas de que, nomeadamente, o futsal, pela sua especificidade, merece uma atenção própria e uma tertúlia própria; nós estamos disponíveis para ajudar quem quiser meter mãos à obra!)

12.5.10

(novidades da tertúlia): Os quatro que não renovam (ACT)

A tertúlia terminou há instantes e fica desde já a novidade avançada por Henrique Maia: Evandro, Mora, Bruno Mendes e Bruno Fogaça, que terminavam contrato, não vão renovar.

ACtualizo a 13/5 esta primeira informação deixada ontem à noite, com outras informações interessantes/importantes deixadas durante as duas horas de tertúlia:
- Mantorras recusou vir para o Rio Ave em Janeiro! (deve estar bem arrependido...)
- e por falar em reforços, Brito admitiu que a equipa teria alcançado os mesmos resultados sem os reforços de Janeiro (e confirmou-se que Nélson Oliveira é muito bem visto; já Filipe ALberto é aposta para a próxima época);
- próxima época: a direcção está a contar com João Tomás; os alvos para contratar estão identificados, assim o dinheiro que o Rio Ave tem para oferecer chegue (e foi dado o exemplo do Hugo Leal, que esteve para vir para Vila do Conde, mas que recebeu muito mais para ir para Espanha);
- Tiago Terroso vai renovar; Carlos deve continuar (Henrique Maia tem essa esperança e o João Ricardo contou que conversou com o jogador e que ele manifestou esse gosto);
- a saída de AVB: o facto de André sair sem que o Rio Ave ganhe qualquer coisa com isso (ou seja, sai porque está em fim de contrato) não é uma situação isenta de polémica, mas Henrique Maia explicou que mesmo que houvesse contrato o Rio Ave não 'cortaria as pernas' ao capitão;
- Brito confessou que na primeira volta acreditou que a Europa era possível, mas também explicou - muito bem! - porque é que o clube não se pode candidatar a esses lugares (por razões financeiras); Brito reconheceu que gostaria de ter ficado nos dez primeiros lugares, objectivo para a próxima época;
- por falar em UEFA, Henrique Maia reconheceu que a não inscrição foi um erro que a Direcção assume e que não se voltará a repetir; ainda assim, quer Brito quer Gaspar admitiram que essa notícia não teve qualquer impacto no comportamento da equipa;
- Carlos Brito confessou que Fábio Faria chorou, como uma criança, quando soube que não jogava no domingo;
- Gaspar disse uma coisa muito interessante, a fixar: na generalidade dos clubes os jogadores da terra são mal vistos ou ignorados; em Vila do Conde é completamente diferente. Fiquei orgulhoso com esta frase de Gaspar!

(se me lembrar de mais alguma coisa voltarei a actualizar, mas há mais relatos aqui, aqui ou aqui)

Reforços para a próxima época

A Bola cita Carlos Brito sobre os reforços: «O que for feito no mercado tem que ser meticuloso. Os que se vierem a somar têm que valer mais ou tanto como aqueles que já cá estão. Acertar nas constratações é imprescindível». E avança que Tarantini renovou por duas épocas, ao mesmo acontecendo com Jeferson (emprestado mais uma época). ASC disse no jantar de segunda que «a estrutura [da equipa que assegurou a continuidade na primeira liga] é para manter»

O fim do Rei do Ave (algumas notas)

Gaspar venceu, é o maior, mas há mais para contar sobre esta iniciativa que começou esta época e que, esperamos, vai continuar na próxima (se possivel com novidades...).
Eis a lista de todos os pontos atribuídos ao longo de 30 jornadas:
1º Gaspar 757
2º Bruno Gama 735
3º Carlos 688
4º Zé Gomes 678
5º Fábio Faria 666
6º Sílvio 621
7º Wires 577
8º Vilas Boas 566
9º Vítor Gomes 533
10º Chidi 499
11º Sidnei 498
12º Tarantini 385
13º Tomás 361
14º Ricardo Chaves 346
15º Adriano 240

(seguem-se: 16º Nélson Oliveira 162; Bruno Moraes 120; Bruno Fogaça 101; Mora 91; Jeferson 78; Evandro 54; Wesllem 54; Bruno Mendes 52; Terroso 42; Magno 22; Filipe Alberto 20; Valdir 17; Trigueira 0; André Serrão 0)

Alguns comentários:
- como se sabe foi uma vitória renhida, só decidida matematicamente na última jornada (embora nas últimas jornadas só Gaspar e Bruno Gama pudessem ganhar);
- Carlos teria ganho se tivesse feito toda a época? Pelo menos estaria na luta até ao fim;
- claramente há um grupo de seis mais pontuados, que são aqueles que têm mais de 600 pontos; neste grupo destaco, pelas razões que já apontei, Zé Gomes. Tem mais pontos do que Sílvio, por exemplo. Vale o que vale, mas vale, sem dúvida!
- seguem-se cinco jogadores, que são aqueles que têm mais de 500 pontos (ou à volta disso); entre eles está Chidi, pela regularidade, sem dúvida.
- ... e porque Tomás saiu mais cedo; Tomás está lote dos que têm entre 300 e 400 pontos, onde também estão os 'suplentes' (coincidência ou não, a partir do 12º lugar).

(logo, entre outras coisas, também vamos esmiuçar estes números)

Um novo blogue

E se há um blogue que desaparece, há outro que - em boa hora - aparece.
Chama-se Rio Ave Sempre e deu-se ontem a conhecer, aproveitando o seu autor, Tiago Garcia, para nos desejar felicidades para a tertúlia de logo. Agradeci e já o convidei para a do próximo ano - assim não nos faltem as forças e, sobretudo, assim ele se mantenha motivado. Caro Tiago: não é fácil, acredita (muito mais para quem tem apenas 17 anos) mas também não é nada do outro mundo. Força nisso e no que precisares...

Wires penalizado com dois jogos

Wires vai falhar os dois primeiros jogos da próxima época; ainda o resultado da atitude displicente de domingo (displicente é o mínimo que se lhe pode chamar, enfim...)

11.5.10

Ainda a renovação de Evandro

Percebi que nos últimos dias surgiram algumas movimentações no sentido de promover a renovação de Evandro.

Gostava de deixar claro o seguinte:
- tenho admiração por Evandro e nestes sete anos de blogues sobre o Rio Ave já tive oportunidade de o dizer diversas vezes; Evandro está na história do Rio Ave, pelas sensacionais diagonais que fez em 10 anos, pelos golos que marcou, por Santa Maria da Feira;
- como é público, Evandro deixou de ser opção; Brito não contou com ele esta época, por exemplo; vai contar na próxima?
- A renovação de Evandro, apenas por razões emocionais, significa menos um jovem valor em quem se aposta. E, atenção, esta direcção está a falhar na promoção de novos valores; como já escrevi, com excepção de Bruno Gama, os jogadores valorizados são activos herdados da direcção anterior. É urgente mudar esta política, porque a mina seca...;

Por tudo isto, vamos lá ser racionais e pôr os interesses do Rio Ave em primeiro lugar, sem que isto signifique qualquer menosprezo pela história de Evandro.

Época acaba sexta (ACTX2)

Os jogadores voltam aos treinos amanhã. Sexta-feira terminam a época.

ACTualizo a 12/5: esta manhã será o último treino; mas os jogadores mantêm o compromisso de estar 'ao serviço' até sexta. Depois vão de férias. Mas esta não é uma semana para treinos; é uma semana para jantares (amanhã, por exemplo, há o jantar de final de época de todo o plantel) e de convívio. Para muitos dos jogadores, de decisões!

ACTualizo a 12/5: «O plantel do Rio Ave realizou esta quarta-feira o derradeiro treino da temporada 2009/2010, sessão marcada pela boa disposição dos jogadores vila-condenses. (...) Os jogadores partem para férias sem saberem a data para o regresso aos trabalhos, que será posteriormente anunciada pelo clube»

O adeus de Vilas Boas! ATÉ JÁ (ACTx2)

O que poucos acreditavam (e eu sou testemunha disso, porque falei informalmente com alguns responsáveis do clube, mal a notícia saiu e ninguém acreditava) confirma-se.

São, se os números estão certos, pelo menos 11 anos de ligação ao Rio Ave, interrompidos por uma experiência (não muito bem sucedida, mas ainda assim positiva, no FC Porto). É o nosso capitão e está tudo dito! Vai deixar saudades, mas - estou convencido disso - é apenas um 'até já. Vilas Boas (que vai ganhar substancialmente mais) voltará. Nem que se seja para terminar a carreira, daqui a uns dez anos!

ACTualizo a 12/5: «Infelizmente, por muito que gostasse de terminar aqui a carreira, vou ter mesmo de colocar uma vírgula ou um ponto final na minha ligação ao Rio Ave. Tenho em carteira propostas financeiramente muito vantajosas do estrangeiro. Não posso descurar esse aspecto»; Ponto final? Francamente, André!

ACtualizo (a 12/5) também com esta referência do «Estádio dos Arcos» (naquele que terá sido um dos seus últimos textos - mesmo sendo anónimo, é pena desaparecer): «as renovações de atletas que são titulares indiscutíveis, como era e é o caso, devem ser tratadas no ano imediatamente anterior ao do fim da época, quando muito no último defeso. Se assim tivesse sido tratado, concerteza teríamos o André Vilas Boas por muitos e bons anos no Rio Ave FC. Como assim não foi feito, vêmo-lo partir a custo zero e com a sensação de uma perda fundamental na estrutura da equipa e do próprio balneário

Do jantar de aniversário (Vilas Boas despede-se) (ACT)

Ontem houve jantar de aniversário do Rio Ave, 71 anos.
Nem eu nem o Gil estivemos presentes, mas conseguimos recolher estas informações:

- André Vilas Boas confirmou saída para o estrangeiro (tem três propostas mas não avançou nomes); por falar em confirmações: ASC e o próprio Carlos Brito confirmaram a continuidade do treinador;
Foram entregues diversos prémios:
- Homenagem por reconhecimento - Evandro
- Jogador do ano - Sílvio (eleito pelo plantel) sucede a AVB
- Treinador do ano - Paulo Morim (futsal)
- Nos juniores venceu o Júlio Alves (irmão de Bruno Alves)

Mais distinções:
Ainda no futebol, foram premiados nas categorias jovens, Henrique Fontão (Escola de Futebol), Luís Silva (Infantis), Silvério Silva (Iniciados), Eduardo Silva (Juvenis) (...) No futsal, Hugo Silva foi o jogador Júnior do Ano ao passo que Filipe Libório foi o eleito da Equipa Sénior ; o relato completo

João Tomás; regresso sem novidades

Eis uma notícia que nada adianta: «os responsáveis da equipa orientada por Manuel Cajuda ainda não anunciaram se contam com o futebolista para o futuro»

10.5.10

Gaspar, o Boeing 757 (ACT)

Gaspar não falhou um único jogo, um único minuto, é o único totalista de tempo jogado no plantel, viu 3 4 amarelos * e marcou um golo, foi eleito 8 vezes pelos editores deste blogue como o melhor em campo, ganha o prémio Rei do Ave! com 757 pontos, sendo 9 vezes o melhor da jornada na contagem de votos. Gaspar foi um avião! Parabéns!

Na classificação deste simbólico prémio por nós instituído esta época, a última jornada trouxe ainda algumas mudanças de relevo no top 5: a ausência no jogo da Luz fez Fábio Faria cair duas posições e ficar em quinto. Carlos sobe a 3º e Zé Gomes a 4º. Bruno Gama manteve-se firme no seu 2º lugar.


ACTualizado: * Sim, quatro. Paulo Vidal diz-nos que são quatro ( 3ª jornada Leixões - Rio Ave; 11ª jornada Porto - Rio Ave; 16ª jornada Rio Ave - U.Leiria; 17ª jornada V.Setúbal - Rio Ave) e a Liga confirma; As fichas de jogo de A Bola, que usamos, dão-nos três e já não são o que eram.

Carlos foi o último Rei do Ave (ACT)

Sem contestação, apesar da nota distraída do Record, Carlos venceu - 28 pontos.
Chaves foi o segundo, com 25, seguido de Zé Gomes, Tarantini e Bruno Gama, com 23.
Por falar em Bruno Gama...  Gaspar teve o terceiro pior resultado da época, com 18 pontos (ou seja, a cinco de Gama). ACTualizo: havia dúvidas?
O titular menos pontuado foi Wires com apenas 4 pontos - este, sim, o pior resultado de sempre para um titular (insisto que o jogador deve reflectir sobre o que aconteceu). Terroso, com 15, conseguiu fazer os mesmos pontos de Bruno Moraes.

PS - foi a sétima vitória de Carlos.