22.4.09

Coentrão fez a diferença

«Sempre que o vejo jogar [Fábio Coentrão] penso 90 minutos a mesma coisa: que jogador seria com outra cabeça! Mas há momentos em que ela se ilumina. Curtos, é certo, mas suficientes para marcar a diferença. O passe, com a curva cirúrgica que pôs a bola na cabeça de Yazalde, e, depois, a desmarcação matreira a outro bom passe, de Niquinha, devolveram o onze à vida. Nesses dois lance ele foi as duas coisas que o Rio Ave precisa. Primeiro, o homem do último passe (inexistente na equipa). Depois, o finalizador frio. Raramente, porém, alguém pode ser duas coisas ao mesmo tempo. Num jogo e na vida».
Luís Freitas Lobo em A Bola de hoje.

13 comentários:

Gonçalves disse...

Gostei quando li na bola o comentário de LFLobo. Agora a história do Fábio C é um pouco complicada, antes de saír para o Benfica, no RA era um jovem com os seus pequenos/grandes problemas familiares (julgo muitas pessoas sabem quais eram) mas tinha sempre 2/3 pessoas que o conseguiam controlar e fazer-lhe ver o caminho a seguir, para além da "Madrinha" que apesar de todos os problemas ainda o apoia e muito (espero que FC consulte este blog, ele sabe a quem me refiro) também sou um grande apoiante de FC, o que ele precisa para estar bém, e isto já vem das camadas jovens do RA é quem o compreenda/perceba/entenda a razão de ele por vezes não ter a cabeça no sítio. Infelizmente não tenho tido possibilidades de estar com ele quantas vezes queria, já o apoiei muitas vezes e não é por ter uma atitude menos boa que vou dexar de apoiar, nessas alturas é que devemos apoiar/ajudar para que no futuro proceda de forma diferente. Neste sentido o Presidente anterior (PC) consegui-o e foi dessa forma que foi para o Benfica.
O FC faz-me lembrar um antigo jogador do RA (JOEL) com quem ainda sou amigo, um dia chega à minha beira e diz-me "estou com um grande problema, perguntei-lhe, o que se passa, quando ele me diz que tinha mais uma pessoa para dormir no seu apartamento e não tinha cama, fiquei preocupado porque aquela cabeça não estava a funcionar e no Domingo seguinte o RA jogava, então lá lhe disse - 1 colchão resolve o problema, aí até os olhos se riram, com este pequeno pormenor aquela cabeça ficou limpa. São destes pequenos gestos que o FC necessita para andar sempre com a cabeça limpa. Quando os que rodeiam FC conseguirem através de pequenas acções limpar aquele cerebro, irão ver o profissional que ele é.

Unknown disse...

O Sr. Gonçalves já disse tudo...

Pedro disse...

SR Gonçalves nao sei quem é mas tb conheço o fabio muito bem e sei quem é essa "madrinha" que fala ou pelos menos imagino , disse aqui coisas que sao verdadeiramente importantes e realistasou seja disse tudo. abraço a todos.

Anónimo disse...

fábio que a meio do mês costuma pedir adiantamento ao ordenado do mês seguinte... tem juízo, pá!

João Paulo Meneses disse...

tenho informações de que Henrique Maia tem tentado exercer uma influência positiva no FC

Gonçalves disse...

Peço desculpa JPM, mas julgo que Henrique M, não tem poder de influência sobre o FC, para mais, quando a empresa gestora da carreira (gestifute/Jorge Mendes) não o culpo a ele directamente mas aos seus adjuntos, que só veem euros à sua frente. Então vejamos lembram-se de Hugo Viana (sobrinho de JM) por onde anda ele, os adjuntos do JM com a sua conivência não olharam para a carreira que ele podereia ter, mas sim para os contratos.
Espero bem que com o FC não seja a mesma coisa. Esses adjuntos poderiam acompanhar mais de perto FC, como acompanharam à cerca de 2 anos, ainda para mais um deles mora em Vila do Conde.
Infelismente o interesse é dinheiro.
Obs: Desculpem o desabafo, mas tenho conhecimento de causa presencialmente.

Pedro disse...

O anonimo isso é totalmente falso , nao digas coisas que nao sabes ou tentar aqui destabilizar quem quer que seja.

Anónimo disse...

Pois mas do Falica ninguém fala!

Força RAFC

Anónimo disse...

Verdade verdadeira! A meio do mês o rapaz já anda teso e a pedir adiantado! Podem não acreditar, mas é tão verdade como o clube se chamar Rio Ave Futebol Clube.

Às vezes a melhor maneira de ajudar alguém é apontar-lhe os erros e chamá-lo à razão. Ele que procure ajuda.

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse...

k me parece é k há muita gente com o objectivo de estragar a vida e difamar o Fábio e muita dor de cotovelo...

Anónimo disse...

O Fábio ainda está a tempo de emendar. Espero que consiga. É um grande jogador!

Anónimo disse...

O Fabio Coentrão não é o único caso mal acompanhado no Rio Ave.
Não é possível o Rio Ave FC vender o passe de alguns jogadores formados no clube e a partir desse momento deixar de os acompanhar.
O que está a acontecer ao Rio Ave FC é muito grave para o futuro do clube. Se não vejamos; o clube vende o passe do Miguelito e do Coentrão ao SLB e o SLB percebe que enfiou o barrete...
Porque é que o FCP não quiz esses dois jogadores? Porque sabe que não basta um atleta ter qualidades técnicas. É preciso também terem boa formação como homens.
No caso do Muiguelito, infeslimente não singrou no SLB; em relação ao Fábio Coentrão, o problema é pesicológico. Como o problema do Carlos Martins é pesicológico...
Assim sendo, o Rio Ave FC começa a ser conhecido no futebol como um clube que forma jogadores com pouca qualidade profissional ou com pouca formação como homens para jogar em clubes grandes.
Desta forma, começa a ser dificil voltar a enganar o Benfica e o Sporting. O Porto, esse não se deixa enganar porque está bem perto...
O Rio Ave tem de se preocupar em formar bons jogadores de futebol mas tambem bons homens; caso contrário deita por terra a formação do clube.
É preciso premiar os atletas do clube que cumprem as regras do clube e com bom aproveitamento escolar.
No FCP, passam grandes jogadores; por exemplo, o grande Maniche, certo dia foi visto às 6 da manhã numa discoteca, em dias que o regulamento do clube proibe tal situação.
Pois bem; quando chegou a casa não conseguia entrar! É que alguem do FCP, imcumbido de o vigiar, pregou duas tabuas na porta da casa do Maniche...
É não é por isso que ainda estes dias o Maniche disse que gostava de regressar ao Porto.
E se o Rio Ave e o Benfica fizessem isso?...
Qualquer ser humano tem direito a gozar a vida! O que não tem direito é de roubar o clube que lhe paga e brincar com os sentimentos e paixão dos seus sócios e adeptos.
Quando o Rio Ave FC e o Benfica formarem uma estrutura profissional como o FC Porto e outros médios clubes, não vão perder dinheiro a pagar a algumas pessoas para tomarem conta dos profissionais dos respectivos clubes, vão é ganhar muito dinheiro, pois o prestigio e o respeito vai aumentar e os resultados desportivos tambem.
Meus amigos, no futebol, devem de haver dias que, treinadores, dirigentes e jogadores devem andar a aliviar o stress; juntos até. Mas há dias que devem ser sagrados para o clube e respectivos aletas; deitar sedo e sedo erguer...