31.7.12

«O reforço em destaque»

Uma das coisas que se pode ler nesta notícia é que Esmael tem sido o reforço mais em destaque no Rio Ave, nesta pré-época.
Mesmo com a ressalva de não ter visto o jogo de Moreira de Cónegos, que pelos vistos lhe correu muito bem, e sem que o que vou dizer ponha em causa o valor do atleta, não daria esse destaque ao ainda jogador do Nice.
Para mim o reforço mais em destaque tem sido o (novo) lateral direito André Costa, juntamente com Tope.
Depois juntaria Nivaldo e Marcelo a Esmael.


«Esmael vai assinar»

É notícia em O Jogo de hoje.
«Poderá assinar nos próximos dias» diz ao jornal «uma fonte» do Rio Ave, explicando que o jogador sente saudades da família (que é de Leça, Matosinhos) e quer regressar.
Até novos desenvolvimentos isto continua a ser válida.

Braga confirma que será extremo

Braga disse hoje aos jornalistas, antes do treino, que Nuno ES quer que ele seja extremo (como já se vinha a perceber).
O jogador lembrou que no Leixões já fazia essa posição e que o conta é dar o máximo pelo Rio Ave.

Se não estou enganado, Braga será ala esquerdo no sistema de 4-2-3-1.

Hassan regressou

hoje, diz A Bola.

(empate em casa frente ao Quénia; dia 11 de Agosto há a segunda mão, no Quénia)

Rodriguez: lesões são passado!

E é isso que queremos todos ouvir!

30.7.12

Plantel vai ter 27 jogadores

Há 26 neste momento, falta o defesa direito.
Nuno vai querer trabalhar com 27 jogadores, o máximo que a Liga permite inscrever.
Brito gostava de ter 25 (para tentar dar oportunidades se não a todos pelo menos ao máximo).
PS - Mourinho aposta em 22 (mais a equipa B?).

Rafinha: rescisão em vez de empréstimo

Se o jogador não é opção (e acaba por ser emprestado duas vezes por dois treinadores diferentes), que sentido faz continuar ligado ao Clube?
Como defendi esta solução para outros casos, parece-me que é uma boa medida, já que tinha mais um ano de contrato.
(falta Gilmar, outro que não teve oportunidade no Rio Ave; aliás, ainda menos do que Rafinha, que chegou a a jogar uns minutos e com boas indicações, aliás)

Vilas Boas não foi defesa direito em Moreira de Cónegos

Baseei-me no que dizia o Record e... pimba!
É verdade que achei muito estranho o recurso a AVilas Boas para defesa direito, mas se o jornal dizia.
Vilas Boas foi central, Marcelo foi lateral.
Uma coisa pode concluir-se:
- Nuno não quer apostar em Vítor Gomes para defesa direito e no sábado optou por dar a Wires a possibilidade de jogar no 'seu' lugar; como continuamos sem o segundo defesa direito (André Costa é aposta ganha, parece-me), foi preciso improvisar.

Nuno fez bem em ir

«Apenas oito treinadores das ligas profissionais aceitaram o convite do Conselho de Arbitragem da FPF para um encontro na sede da Liga, no Porto, que visava esclarecer dúvidas sobre a arbitragem e partilhar experiências para a próxima época»

Não gostei

O Jogo de sábado publica um texto de uma página sobre o 'crescimento' de Atsu no Rio Ave. Esse texto refere-se a um plano dos portistas para o desenvolvimento do jogador mas menoriza completamente o Rio Ave. Até se diz que o nosso Clube «não riscou» nada no processo.
Sinceramente não gostei, muito mais sabendo que há gente tão competente no departamento médico do Rio Ave como no do FC Porto.

29.7.12

As dúvidas de A Bola

A Bola, nas notícias sobre o Rio Ave, apresenta cinco jogadores como dúvida.
O curioso é que nenhum deles jogará no Rio Ave na próxima época.
A dúvida é, pois, onde jogarão.
- Ricardo Martins, o único dos emprestados a quem não foi dada oportunidade de fazer a pré-época, ficará certamente na segunda liga (o jogador tem sido visto a treinar na praia, para manter a forma);
- o mesmo acontece com Gilmar;
- Tiago Silva está apontado ao Ribeirão;
- de Goba e Diaby, que terão mais um ano de contrato, nada se ouviu até agora; curiosamente, pelos vistos, não regressam ao Gondomar.

O jogo de Esmael (e não só)

Falhei o quinto jogo de preparação do Rio Ave e, assim, não pude ver aquela que terá sido uma boa exibição de Esmael, eleito pelos jornalistas dos diários desportivos como o melhor em campo;
Algumas notas:
- as semelhanças com Yazalde, dizem, não são apenas visuais (aqui, para saber mais sobre o percurso do jogador);
- Esmael fez o segundo jogo a extremo, com Tomás a ponta de lança e Braga no lado esquerdo;
- o segundo golo do Rio Ave, de Esmael, foi bastante elogiado;
(A Bola)
- o Rio Ave, segundo as crónicas, terá jogado a maior parte do tempo em 4-3-3 (até Diego Lopes entrar para o lugar de Tomás), com Tarantini, Wires e Filipe Augusto (substituídos por VGomes, Soares e Pateiro);
- Vilas Boas foi defesa direito?
- Marcelo e Nivaldo (além de Oblak) foram os únicos que fizeram 90 minutos;

PS  - nenhum jogador do Rio Ave ou elemento da equipa técnica prestou declarações no final; distração?

28.7.12

Quem Rui Jorge tem para ver (sub 21)

Desde logo André Dias, mas também André Costa. E Renato Santos
Aguardemos pela convocatória.

5º jogo de preparação: vitória em Moreira de Cónegos

2-1 ao Moreirense, com golos de Braga e Esmael. [remate de Tarantini que Braga desviou]
O Rio Ave alinhou com
Oblak, André Costa, Nivaldo, Marcelo e André Dias; Wires, Tarantini, e Filipe Augusto; Braga, João Tomás e Esmael.
No decorrer do segundo tempo, jogaram ainda Pateiro, Renato Santos, Vitor Gomes, André Vilas Boas, Tiago Pinto, Diego Lopes, Soares e Feliz.
Notas:
- Rodriguez, que treinou apenas três dias, ficou na bancada;
- Oblak fez os 90 minutos, o que é uma estreia; e defendeu o primeiro penalti
- O onze da primeira parte não andará muito longe daquele que fará o primeiro jogo;
- Del Valle não jogou;
- Esmael para ser compatível com Tomás terá de ser extremo?

Não é Rio Ave mas é rio Ave

... por isso também nos interessa.
Vale a pena ver.

Treinos à porta fechada

«Alguns associados têm-se manifestado pesarosos pelo facto dos treinos decorrerem à porta fechada, impedindo-os assim de a eles assistirem. Todos temos de compreender esta opção da equipa técnica, ciente de que isso é vantajoso para este trabalho inicial que exige muita concentração» (JVC desta semana).

27.7.12

«Só o Fabinho»...

- Há algum jogador português da atualidade que gostasse de ter no plantel do Real Madrid? 

ASC quer Europa

«Queremos a manutenção o mais rápido possível e depois, jogo a jogo, poderemos conseguir o lugar a que temos direito. Claro que gostava de ir às competições europeias», diz ASC (Em O Jogo)

(o meu comentário: penso que é a primeira vez, das várias épocas de ASC como presidente, que se fala em competições europeias  no início da temporada; na época anterior, por exemplo, falava-se 'pelo menos no oitavo lugar'.)

ASC explica Fabinho

via O Jogo de hoje: «O Fabinho tem seis anos de contrato e se o Real Madrid exercer a opção no final da época, poderemos ter um bom encaixe financeiro», diz ASC, que acrescentou: «cedermos um jogador ao Real Madrid poderá ser importante na vertente financeira. O Rio Ave tem assumido cada vez mais a sua posição como Clube da 1ª liga e gostaríamos que, daqui a uns anos, estas situações não criassem tanta celeuma ou tantas dúvidas».

Pateiro vai ficar

ASC, no Record de hoje, diz que Pateiro vai ficar.
Depois disto não surpreende (reparem que nem temos de atualizar o plantel). «O treinador entendeu que ele merece uma oportunidade e ele tem feito por merecê-la durante a pré-época», diz ASC.

Hassan na seleção do Egito

Hassan está na seleção egipcia de sub20 e por isso não tem treinado nem jogado (informação recolhida no Record e n'O Jogo).

Ò Gil, não arranjas uma coisa destas?

Caixa Agrícola patrocina o Gil Vicente.

O meu comentário (Gil): essa Caixa não é a minha. A minha só dá dinheiro a um Gil, que sou eu. E de resto, a minha Caixa é bem generosa com o Rio Ave. Não é por acaso que a bancada coberta se chama "bancada Crédito Agrícola".

Esmael - negociações com o Rio Ave?

Talvez não seja necessário chegar à FIFA.
O presidente do Nice já reconhece que não vale a pena manter o diferendo, porque a norma de extensão dos contratos tem sido considerada ilegal em vários países.
O Rio Ave, pelo seu lado, está extremamente confiante, pois o jogador tem feito todos os jogos de preparação.
No JN ASC diz que «a FIFA tem um prazo limitado para se pronunciar». No Record pode ler-se as palavras de ASC: «todos os dias há contactos e não há má relação com o Nice».

26.7.12

Os reforços que faltam (ATUAL.x2)

via JVC:
- Oblak e Diego ficam como emprestados do Benfica, «podendo tal vir a acontecer com mais um ou dois jogadores»;
- para o lugar de Fabinho, «decorrem negociações com um defesa espanhol e com um brasileiro que já vestiu a camisola vilacondense. Tal poderá também acontecer no caso da transferência de Tiago Pinto se concretizar»

(o meu comentário: dois para o lugar de Fabinho? Mais Rodriguez e ainda um emprestado? Vai ter de sair alguém para ficarem 27?)

ATUALizo a 27/7: jogador brasileiro que passou pelo Rio Ave e (agora) é defesa direito? Adriano!
ATUALizo novamente: via jornais diários fica a saber-se que o Rio Ave procura apenas um defesa direito e um esquerdo, se TPinto sair.

8x11=?

Grosso modo, Nuno já apresentou oito onzes diferentes nos quatro jogos.
Seja pelos jogadores à experiência (e em todos houve jogadores à experiência), seja pelos que já  se foram embora (Fabinho, Mendes e possivelmente Rafinha), seja ainda pelas lesões (e não tem havido muitas mas Vilas Boas, Tope ou Jeferson já tiveram de parar), seja finalmente porque a ideia é tem sempre conjuntos diferentes, a verdade é que ainda não houve dois onzes iguais.
Ainda assim, numa primeira e rápida análise, é possível perceber que Renato Santos, Tomás e Feliz já jogaram juntos duas vezes, nos dois últimos jogos.
E que Pateiro, Vitor Gomes e Braga também fizeram a primeira parte em Matosinhos e a segunda ontem.
Quer dizer alguma coisa?

Sobre a condição física de Rodriguez

No Record ASC diz que a condição física do novo reforço «não pesou na nossa decisão», acrescentando que «o jogador não está lesionado. (...) Fizemos exames médicos rigorosos. O Rodriguez tem apenas um desvio na bacia que lhe provoca dores musculares quando é sujeito a esforços». Terá, assim «um acompanhamento especial» sempre que for chamado a atuar. «Terá de ser recuperado após cada jogo. Se isso for feito, é muito provável que se assuma como titular. Estou em crer que fará uma grande época».
Em O Jogo e no JN há mais uma ideia de ASC: a sua aquisição encerra «um certo risco». É também referido que os exames médicos foram «bastante rigorosos».

Lassina Touré vai assinar?

O Record de hoje diz que sim, para ser emprestado a um clube da 2ª Liga.
O jornal cita ASC que diz que se trata de «jogador com grande futuro».
Touré voltou a jogar ontem,  depois de também o ter feito em Matosinhos.

Ainda o quarto jogo de preparação

Em complemento a isto, mais algumas notas:
- a primeira parte foi jogada em 4-3-3 mas a segunda em 4-2-3-1, desde que entraram os 10 jogadores. Vítor Gomes e Pateiro mais recuados, depois uma linha com Renato Santos, Feliz a meio e Braga na esquerda. Tomás no centro.
- Gostei mais de Feliz pelas alas (fez dois bonz cruzamentos, um deles deu golo) do que de Renato Santos, em tarde desinspirada;
- na primeira parte Esmael foi extremo e Del Valle ponta de lança; não resultou, o que não quer dizer que não possa resultar;
- Rafa esteve melhor do que Ederson, apesar da escassez de trabalho; Ederson teve um susto, pelo menos;
- Nivaldo é grande jogador! Talvez o melhor central que apareceu em Vila do Conde desde a dupla Peu-Marcos;
- André Costa e André Dias também bastante bem, sobretudo o primeiro, que está num momento de forma espantoso;
- Soares pode vir a ser revelação; não tem medo de vir buscar a bola e joga raramente para trás; gosta de colocar a bola na frente, nos extremos, embora (neste jogo) nem sempre bem;
- Vilas Boas foi usado a central, o que representa, certamente, um sacrifício pelo coletivo, até porque, com quatro centrais, será pouco provável que volte ao lugar;
- uma nota sobre o jogo: demasiados foras de jogo, o que pode significar falta de entrosamento ou de concentração;

Rodriguez já treina

Testemunhado por A Bola esta manhã.

Mendes vai para Portimão

Emprestado por uma época, agora que os algarvios beneficiaram da incapacidade do Varzim em participar na Segunda Liga para se manterem nesse escalão.

PS - falta encontrar clubes para Rafinha e Gilmar? Rafinha jogou no primeiro particular mas Gilmar ainda não se estreou.

25.7.12

O jogo contra o Aves

Globalmente não gostei, mas a primeira parte foi pior. Foram demasiados reforços juntos com Tarantini à mistura. Os jogadores não se conhecem, não houve fio de jogo, não me recordo de um único remate à baliza adversária. Chegámos a defender bolas paradas adversárias com 11 jogadores dentro da nossa área e ainda assim a permitir que a finalização acontecesse sem oposição, felizmente sem resultados. De entre os novos destaco Filipe Augusto sobretudo pela mobilidade e facilidade de passe.
Com a mudança da equipa as coisas melhoraram, houve maior fluidez de movimentos, mas nada que deslumbre o adepto. O inevitável pai Tomás marcou o golo da ordem com assistência de Feliz que deixou algumas boas indicações.
As experiências continuam e com isso sofre a qualidade de jogo. Por agora não há que reclamar, mas ficou evidente que há ainda muito a trabalhar e melhorar.

À espera de Rodriguez (ATUAL.)

Quando Rodriguez foi oficializado como reforço do Rio Ave para 2012-13, o site do clube dizia que "Os sócios e simpatizantes do Rio Ave Futebol Clube vão puder aplaudir a chegada de Rodriguez nos momentos que vão anteceder o desafio amigável de amanhã, frente ao Desportivo das Aves."

Eu cheguei entre 10 a 15 minutos antes do início do jogo desta tarde e não vi o peruano. Ao intervalo também não houve Rodriguez e no fim muito menos. Fui eu que cheguei demasiado tarde, ou o nosso novo central não esteve mesmo no estádio?

ATUALizo (JPM) a 26/7: O Record diz que o jogador teve de ir a Lisboa e por isso não compareceu; já o site explica a ausência da seguinte forma:

Jogo com o Aves: segunda parte (1-0 final)

Nuno não mudou os onze jogadores no recomeço, apostando apenas em duas alterações: Ederson no lugar de Rafa e Diego Lopes no meio campo na vez do Tope.
Mas aos 10 minutos entraram 10 novos jogadores:
Ederson, Wires, vilas boas e Touré e Tiago Pinto; Pateiro, Vítor Gomes e Braga; Renato santos, tomas e Feliz.
Tomas marcou de cabeça o único golo

Já se joga contra o Aves (0-0 ao intervalo)

E começamos com Rafa, André Costa, Marcelo, Nivaldo e André Dias. Soares, Tarantini e Filipe Augusto. Tope, Esmael e Yonatan.

Jeferson está sentado na bancada com Rafinha, ambos sem se equiparem.

Rodriguez ainda não foi apresentado.

Ainda a contratação de Rodriguez

Em complemento a isto e a isto, eis mais algumas notas:
- o último jogo que Rodriguez fez foi em Fevereiro. Já lá vai meio ano. Acredito que não teremos Rodriguez, a competir, nas primeiras jornadas;
- O jogador ganhava 800 mil euros/ano no Sporting; no Rio Ave poderá ganhar 10 vezes menos, mas obviamente que não foi pelo dinheiro que o internacional peruano escolheu o Rio Ave;
- Dito isto, será um ano perdido, no sentido em que Rodriguez estará mais preocupado em recuperar do que em competir?
Sinceramente, quero acreditar que poderá ser útil ao Rio Ave.
E se assinou por um ano é porque acredita que, no final, estará a cem por cento para sair. Ora isso só será possível se jogar. E se jogar bem!
(depois há o fator Jorge Mendes: mesmo que fosse apenas um favor, pedido pelo empresário, não teríamos razões para não aceder).

A T-shirt - 8


Este vai ser o ano de André Dias?

Lembram-se do jogão que o André fez no início da época passada em Guimarães?



Eu que nessa altura achava que faria bem ao André rodar em Ribeirão, acho agora que está mais que na hora da sua afirmação. Foram apenas 180 minutos jogados em 2011-2012, mas a confirmar-se realmente a saída de Tiago Pinto, estou convencido que a aposta certa é neste jovem que anda há 3 anos a preparar-se para este momento.

Colombo e Zappa - 47


24.7.12

Fabinho já joga pelo Real Madrid

Fez toda a segunda parte da vitória da equipa de Fábio Coentrão contra o Oviedo.

Nova actualização ao plantel

Falta um defesa direito de raiz?

(clicar para aumentar)

Rodriguez já assinou

O peruano assina por um ano e já foi oficializado no site do clube. Vai ser apresentado amanhã aos sócios antes do jogo com o Aves.

O meu comentário:  é com surpresa que vejo chegar Rodriguez. Mas como este ano tem sido pródigo em negócios surpreendentes, talvez o defeito esteja na minha avaliação desta contratação. A par de Tomás, acho que Rodriguez é o jogador com maior nome já feito a jogar no Rio Ave. Espero que esta chegada não crie desequilíbrios tanto na folha salarial como no balneário. Estou convencido que Rodriguez chega para ser titular, assim o permita a sua condição física. À primeira vista é  um grande reforço, mas como qualquer outro terá de o provar em campo.

Esmael será decidido na FIFA?

O Record continua a acompanhar o caso de Esmael Gonçalves, o lusoguineense que o Rio Ave acredita poder vir a jogar em Vila do Conde, mas que o Nice não quer libertar.
O jornal diz hoje que o diferendo vai acabar na FIFA, porque o Nice se recusa a negociar, defendendo a validação do contrato até 2014.
Para já o treinador do Nice parece ter perdido a paciência com Esmael.
O Record acrescenta que é provável não haver Esmael para as primeiras jornadas.

Amanhã, 18h, novo jogo particular

Com o Desportivo das Aves, em Vila do Conde

Futsal vai custar 100 mil euros

... é o que nos dizem as contas apresentadas no domingo.
Ou seja, dobra o orçamento da época passada, o que não deixa de ser um investimento significativo para «uma equipa renovada» que quer manter-se na primeira divisão (o apuramento para o playoff dos primeiros não é assumido diretamente).
Também se confirma a criação de uma equipa de juvenis.
Mas já não se confirma, pela leitura do documento, a criação de uma equipa de futsal feminino, certamente como consequência dos problemas suscitados pela forma como estava a ser criada.

Uma espécie de primeiro onze

Atenção: isto é apenas uma brincadeira, a partir dos três jogos vistos até agora.
Vale o que vale (ou seja, nada!)

Oblak
André Costa, Nivaldo, Marcelo e André Dias
Soares, Filipe Augusto e Braga
Del Valle, Tomás e Tope

3 de Agosto, depois do jantar

Pôr na agenda: festa da apresentação do plantel do Rio Ave na Praça José Régio.

(A Ana Vinagre vai?)

23.7.12

Rodriguez, ex-Sporting, assina esta tarde? (ATUAL.x2)

Pode ser a contratação da época, como pode ser, também, a desilusão da época.
Digo isto porque aquele Rodriguez que se impôs no Braga (e brilhou na seleção peruana) seria um excelente reforço.
Mas aquele que passou a época lesionado no Sporting e, por isso, terá falhado os testes médicos no Corunha é outro Rodriguez.
Acreditando eu na competência do nosso departamento médico e com um pouco de sorte, que faz sempre falta, talvez tenhamos um grande Rodriguez como figura do Rio Ave 12-13!


ATUALizo: vamos ter de esperar pela rescisão do jogador com o Sporting; depois, então, poderemos ter notícias.
ATUAlizo a 24/7: O JN e O Jogo de hoje referem essa possibilidade; O Record refere-se ao Reis do Ave

Os melhores ontem em Matosinhos

Em complemento a isto, aqui fica uma análise individual:
Oblak: não teve trabalho
Ederson: fez duas defesas, uma delas incompleta (mas não era fácil) que deu golo
André Costa: provavelmente o melhor; quase tudo lhe correu bem
Wires: menos ousado do que André Costa, pareceu pouco rotinado na posição
Marcelo: o trabalho não foi muito, mas esteve sempre bem; 
Jeferson vai ter de se esforçar muito para ganhar a titularidade a Marcelo;
Nivaldo: seguro e consistente (mas pouco trabalho)
Touré: viu-se pouco; nada de especial (mal batido no lance do golo?)
André Dias: muito interventivo, defendeu melhor do que atacou, mas esteve muito em jogo; está um marcador de livres diretos impressionante;
Tiago Pinto: passou ao lado do jogo;
Soares: nota positiva; teve sempre a coragem de pegar na bola; nem sempre lhe saiu bem
Tarantini: discreto; podia ter rematado à baliza numa ou duas vezes mas cortou-se!
Vítor Gomes: bem se esforçou, bem quis pegar na bola, mas pouco ou nada saiu bem;
Filipe Augusto: também não foi o seu melhor jogo, mas vê-se a sua qualidade; é top!
Pateiro: só seu viu nos livres diretos mas todos sem resultado
Diego Costa: há um grande caminho a fazer entre ser bom de bola e ser bom com a bola;
Del Valle: interventivo, mas sem bons resultados; dinâmica tem;
Renato Santos: não gostei; poucas coisas saíram bem
Esmael: fisicamente é muito forte, mas quero ver mais
Tomás: já o disse, continua em forma; marcou na única oportunidade que teve
Braga: andou como extremo, mas de vez em quando fugia; nota positiva para algumas jogadas que tentou fazer a romper a defesa adversária;
Feliz: melhor do que Renato Santos, mas também inconsequente
(não jogaram: Tope, Vilas Boas, Rafa e Hassan)

Obrigado Ana!

Capa da revista J, suplemento de O Jogo de ontem, Ana Vinagre, que viveu 20 anos em Vila do Conde.
Para saber mais sobre a Ana, toca a arranjar a revista!
(na quinta feira da semana passada tivemos 600 acessos diferentes, e sem mulheres despidas; vamos lá bater o recorde, por favor!)

Trofense: uma equipa técnica... de Vila do Conde!

Além do professor Neca, que é vilacondense por adoção (e cá vive diariamente), a nova equipa técnica do Trofense tem mais dois elementos com ligações ao Rio Ave e a Vila do Conde: o treinador de guarda redes, Duarte, alinhou pelo menos uma época em Vila do Conde, na década de 80 e Zé Tó (Laranjeira), o treinador adjunto e preparador físico também é vilacondense.

Ainda o jogo de ontem: temos jogadores, (ainda) não temos equipa

Nuno usou 22 jogadores (dois 'onzes' em cada parte), o que reduz a possibilidade de observação. Mas parece-me correto dizer que a equipa está em construção realmente a partir do zero. Não há entrosamento entre a generalidade dos jogadores e entre os setores, sobretudo o meio campo.
Nuno está a fazer experiências, está a observar os jogadores e faz muito bem. Tem um mês ainda pela frente  e há tempo para esse entrosamento chegar.
Mas nada disso impede que se faça uma análise, até porque já houve três jogos, que pude ver.
O Leixões, que tem pouco mais de uma semana de trabalho e está cheio de problemas para fazer uma equipa, foi melhor do que nós! Isso deve fazer-nos pensar um pouco.
Tirando Filipe Augusto, não há um jogador no meio campo que pegue na bola e a distribua; e mesmo a Filipe Alberto as coisas não saíram muito bem. Braga a extremo? Posso protestar? Ganha-se um mau extremo e perde-se o melhor médio do Rio Ave!
É no meio campo, acredito, que está o busílis da questão.
Ou então os extremos terão de fazer muito mais e melhor do que mostraram.


PS - Tope fez mesmo falta; é o melhor jogador nesta altura!

22.7.12

Jogo treino em Matosinhos: segunda parte (empate 1-1)

Rio Ave com:
Ederson, Wires, Jeferson, Touré e André Dias; Filipe Augusto, Tarantini e Diego Costa; Renato Santos, Tomás e Feliz
O Rio Ave sofreu um golo depois de um mau alivio (para a frente) de Ederson. A partir daí a equipa procurou o empate, mas saiu quase sempre tudo mal, entre passes e cruzamentos. O guarda redes do Leixões não fez uma defesa, com exceçao de um livre direto muito bem marcado por André Dias. Tomáss empatou aos 90 minutos, na única e também por isso melhor jogada de todo o encontro

Jogo treino em Matosinhos (0-0 ao intervalo)

Rio Ave na primeira parte com:
Oblak, André Costa, Marcelo, Nivaldo e Tiago Pinto. Soares, Vítor Gomes e Pateiro. Del Valle, Esmael e Braga.
Comentário: jogo fraco, quase sem oportunidades de golo em que se destacou um jogador: André Costa. Excelente quer a defender quer a atacar (ousado e destemido). De resto, na generalidade, muito pobre, mas é verdade que a defesa pouco trabalho teve

Da AG: o único momento quente... (ATUAL)


... foi quando o sócio Manuel Quintela usou algumas palavras mais fortes para descrever a equipa da época passada, referindo-se com alguma frieza ao anterior treinador e a alguns jogadores que entretanto saíram. Mário Almeida foi duro com este nosso sócio, lembrando que Brito está na história do Rio Ave e que esses jogadores ajudaram o Rio Ave.

(eu que defendi a saída de Brito e a não renovação desses jogadores, devo dizer que também não gostei dos termos usados por este nosso devotado consócio; ele teria toda a razão se não tivesse usado certas palavras, que nem eram importantes para mostrar a sua ideia; o presidente da AG esteve bem)

ATUALizo a 13/8/2012: Encontrei ontem Manuel Quintela, que me expressou algum desagrado por este texto, uma vez que, lembrou (e bem), usou a palavra "limpeza", na AG, entre aspas. Com todo o gosto aqui faço esta atualização.

Da AG: Varzim aceitou acordo de 50 mil euros (ATUAL.)

Levei à AG duas questões, a mais 'quente' das quais relacionada com o pagamento dos direitos de formação de Júlio Alves ao Varzim
E levei a questão por causa disto.
ASC, primeiro, e Mário Almeida, depois, explicaram, penso, tudo. A grande novidade é o acordo entre os dois clubes, conseguido há pouco tempo, com o Varzim a aceitar 50 mil euros. Não os 260 mil que exigia nem os 60 mil que o Rio Ave dizia que eram devidos. Mas 50 mil euros! Dinheiro que o Rio Ave só não pagou porque foi notificado pelas Finanças da Póvoa de que a verba entraria imediatamente nas próprias Finanças e não no clube poveiro!
(Incrível, não é? Valeu, realmente, a pena manter a serenidade. Como escrevi a semana passada, parece-me que os sócios do Varzim andaram a ser enganados; ainda este mês, já depois de feito o acordo, continuava a falar-se em 260 mil euros numa AG varzinista; foi também revelado quer pelo próprio ASC quer por Mário Almeida que a empresa de ASC contribuiu com «uma verba muito significativa» para ajudar a esta crise do Varzim)

PS - a outra questão que suscitei tem a ver a com a necessidade, penso, de prepararmos devidamente as comemorações dos 75 anos; Se como o Clube diz, e bem, a história faz parte de nós, então que essa história seja bem tratada, e isso neste momento não acontece; ATUALizo: o presidente da AG teve a amabilidade de me contactar com esta nota: a sugestão será tida em conta mas após as eleições para os corpos sociais do Clube, no último trimestre [obviamente que gostaria de ouvir detalhes sobre outras questões, de atualidade, mas se a Direção entende que o segredo é a alma do negócio, não vou ser eu a criar problemas.]

Da AG: obras na sede vão arrancar

ASC disse que o projeto de arquitetura está a ser terminado e que a seguir começarão as obras. Faseadas, explicou, por questões financeiras. Primeiro a cobertura, depois os pisos. «Se tivermos a sorte de vender um ativo [jogador] as obras poderão fazer-se mais depressa» disse o presidente, tentado evitar endividar o Clube.
Em duas das três intervenções feitas pelos sócios na AG falou-se da sede, sinal de que o assunto continua a ser uma preocupação.
(o meu comentário: não está a ser um  processo tão rápido como poderia parecer, mas o mais importante, sobretudo nesta altura de crise, é mesmo não endividar o Clube por algo que não é estratégico).

Da AG: orçamento de 3,4 milhões com 575 mil em aberto (ATUAL.)

Acabo de passar os olhos pelo orçamento que a direcção propõe para a próxima época e ficam desde logo algumas ideias:
- um orçamento de 3,4 milhões de euros (mais ou menos o mesmo da época passada);
- um "buraco" de perto de 600 milhões de euros que terá de ser compensado com venda de jogadores;
- redução nos custos com a equipa técnica, que apesar de ser a maior de sempre acaba por ser mais barata (145 mil agora para 165 mil com Brito);
- a massa salarial para os jogadores mantém-se globalmente a mesma (ou seja, não foi possível reduzir esta parte do orçamento)
- ATUALizo: falta a verba que a Câmara virá a dar, quer para o futebol profissional quer para a formação), por limitações legais das autarquias; os direitos televisivos continuam a ser à volta de 1,8 milhões
Aprovado por unanimidade.

A estrela maior (do momento) não vai ao Mar

Tope fica em terra...

21.7.12

Tomás não define objetivos concretos

« temos de pensar em consolidar o Rio Ave no principal escalão do futebol português. É importante para o clube e para a cidade. Individualmente, é óbvio que quero continuar a ser útil ao Rio Ave, mas sem deixar que essa vontade ultrapasse a barreira dos objectivos colectivos. Estou a sete golos de atingir os 100 tentos na Liga portuguesa e seria lindo alcançar essa meta»

Jogador do Burkina Faso à experiência

Não, A Bola não se enganou.
Lassina Touré é defesa central, natural do Burkina Faso e jogou no Tourizense.
A Bola de hoje diz que em boas hipóteses de ficar. O zerozero já o dá como contratado!

Tomás, capitão

Sem surpresa, o JN avança hoje que Tomás foi eleito (pelos colegas, depreende-se e não escolhido pelo treinador) capitão.
Na sua ausência, Vilas Boas, Tarantini e Vítor Gomes são os sub.

20.7.12

Algumas notas sobre os empréstimos ao Gondomar

Em complemento a esta informação, aqui ficam algumas notas:
- Os marfinenses Goba e Diaby, que estiveram em Gondomar, não continuam; perderam o vínculo ao Rio Ave?
- além destes ainda há Tiago Silva, avançado, apontado ao Ribeirão.
- da lista do ano passado havia ainda Viana, Emanuel Novo (na UD Oliveirense) e João Vitor (no Vianense); depreende-se que este último também já não está ligado ao Rio Ave;
- dos sete, seis da formação (um recuperado) e um contratado, que vem do Atlético);
- haverá ainda jogadores para emprestar a clubes da segunda liga (Gilmar, Rafinha e Mendes)

Qual é o facto mais interessante de toda a pré-temporada?

De todo o futebol luso, não só do Rio Ave?

A cedência de Fabinho ao Real Madrid!

Se fosse feita por um dos 3 cancros do futebol uso, enchia jornais durante uma semana.

Atualizámos o plantel

(já sem Mendes e Fabinho; voltaremos a atualizar com as próximas entradas...)
(clicar para aumentar)

Somos jovens, somos tantos

O João Paulo já tinha falado no assunto, mas uma imagem ajuda:

(clicar para aumentar)

o plantel é muito jovem. 17 jogadores (68% do plantel) têm menos de 26 anos.

Tomás será uma espécie de pai para muitos deles! (JPM)



19.7.12

Empréstimos vão continuar

O Conselho de Justiça rejeitou o fim dos empréstimos. ASC: «É uma ótima notícia e premeia a nossa luta. Fomos uma voz que se levantou contra essa decisão, porque já tínhamos jogadores em cima da mesa conversados com FC Porto e Benfica. Não tinha cabimento», responde António Silva Campos, congratulando-se por poder ficar com Oblak e Diego Lopes em regime de cedência do emblema encarnado, ficando na expectativa de outros acertos»

Três jogadores para contratar; todos na defesa

ASC  em A Bola: «Temos três posições em aberto para reforçar, que são defesa-direito [Fabinho], esquerdo [Tiago Pinto dificilmente ficará] e central»

Ainda a crise do Varzim (10 milhões de euros?)

Surpreendente esta frase de Macedo Vieira: nos últimos anos, a Câmara Municipal "deu ao clube mais de 10 milhões de euros".
10 milhões de euros?????

Diálogos imaginários 28

- Tu vais ser o novo defesa direito...
- ... e espero que ninguém te venha contratar!

Os sete jogadores do Rio Ave que vão para Gondomar

Tiago Graça, defesa (formação Rio Ave)
Henrique Sampaio, defesa (ex-Esposende, formação Rio Ave)
Gil Santos, defesa (formação Rio Ave)
Eduardo/Edu, médio (formação)
Júlio Santos, médio (formação)
Hernani Fortes, avançado (ex-Atlético)
Igor Lopes, avançado (formação)
(Em A Bola, que fala em «moeda de troca» com a contratação de André Costa ao Gondomar))

Colombo & Zappa - 46


Faltam-nos defesas, mas quantos?

Eu também acho que continua a faltar-nos um central. O passado recente devia servir de lição. E foram logo duas épocas seguidas em que o eixo central da defesa ficou só com 3 elementos, com os problemas que todos sabemos. Quanto a defesas-direitos, talvez nos falte um, ou nem isso. A solução pode já estar no plantel. Não se confirmando a saída de Vítor Gomes, temos uma opção muito válida para a posição. A outra é Wires. Qualquer um deles já desempenhou essas funções e, pelo que vi, cumpriram e bem. E assim, de 9 passamos a ter 7 médios a lutar por 3 lugares.

Ainda o negócio de Fabinho (ATUAL.x2)

Em complemento a isto, eis algumas notas:
- ganhámos algum dinheiro com o empréstimo?
-Uma coisa é o Real Madrid ter contratado o jogador, outra ter sido um empréstimo. Pelo menos no imediato, porque a médio prazo se abrem sempre boas perspetivas.
- No mundo normal, o Rio Ave não empresta jogadores ao Real Madrid, mas...
- Espero que o presidente Campos aproveite a AG de domingo para dar aos sócios alguma informação sobre os três defesas direitos que saíram em duas ou três semanas
- ATUALizo: Fabinho vai jogar no lugar de um jogador que o Real Madrid vendeu ao Bayer Leverkusen por cinco milhões de euros; ninguém duvida que ASC pretende fazer os melhores negócios para o Rio Ave, mas neste caso fica uma certa sensação de frustração; para quem assinou por seis anos (com uma cláusula de rescisão alta, deduz-se), um empréstimo a custo zero parece... pouco!
ATUALizo novamente: «Foi um bom negócio, visto tratar-se de um jogador de elevado potencial. O Mourinho vai seguramente apostar nele, (...) Se o Real exercer a opção de compra as verbas em questão serão muito importantes para o Rio Ave», adiantou António Silva Campos»

A tshirt - 7

18.7.12

O que sinto quando olho para o Varzim?

Acima de tudo alívio por ver que o Rio Ave navega em águas muito mais serenas.

Hoje, por respeito, não me apeteceu picar nenhum dos meus conhecidos varzinistas. Não quer dizer que amanhã não o faça, mas não é por arrogância bacoca. Andarmos picadinhos uns com os outros faz parte da rivalidade, da proximidade incapaz de seguir o ditado que diz que sopa do vizinho é melhor que a nossa. Se a maré virar (espero que nunca...) serão eles a usarem as mesmas brincadeiras contra nós e temos de as aceitar com desportivismo e desejar que os papeis se invertam mais uma vez.

Coisas que eu não percebo

O negócio da venda de Fabinho é uma delas. Divide-me até. Por um lado custa-me olhar para o Rio Ave e sentir que quase parece um entreposto de jogadores que não criam laços com o clube nem dão alegrias aos sócios. Na história e nas contas fica quase unicamente o registo da venda, da comissão, que recebemos por colocar numa montra um "artigo" que não é nosso, que quase parece estar à consignação. Sinto que se perdem laços e até alguma identidade. Mas por outro lado, não posso ser indiferente à necessidade de manter as contas do clube em dia. E essas contas não sou eu que as pago, não sou responsável por elas. E basta olhar aqui para o lado para ver no que pode resultar de ter as contas descontroladas.
O equilíbrio entre estas duas facetas do futebol dos nossos dias é muito complicado de encontrar. O que desejo é que se respeite o nome do clube e possamos, enquanto clube, andar de cabeça bem levantada.

Ao jogador desejos de boa sorte. Chegou como uma promessa que não vemos concretizar-se, mas acho que todos percebemos que pelo tamanho do potencial que trazia, seria areia a mais para acamar no leito do Rio Ave.

P.S: e já são duas vendas ao Real Madrid, algo que deve ser quase caso único em Portugal.

Fabinho no Real Madrid B! (ATUAL.)

É mais uma transferência surpreendente, porque Fabinho apenas fez um jogo de preparação pelo Rio Ave, apesar dos seus créditos na seleção brasileira de sub-20.
Acredito que temos uma pequena percentagem do passe, mas se pagar um mês de ordenados já não está tudo perdido. Ainda assim, para quem assinou por seis anos, meio milhão seria o mínimo (digo eu, que sou bom a mandar palpites...)!
(temos é que arranjar com urgência um defesa direito, já que este é o terceiro que sai sem ter jogado pelo Rio Ave!!!!!)

ATUALizo a 19/7: O Record diz que Fabinho foi emprestado ao Real Madrid; O Rio Ave já empresta jogadores ao Real Madrid!!!

O Varzim volta à segunda B...

... porque não arranjou o meio milhão de euros para pagar as dívidas (e não vai jogar na Liga de Honra onde ascendera por mérito próprio). 
Pessoalmente não é uma notícia que me alegre. Alegre foi o dia da descida de divisão, por ter sido por razões desportivas, não este, que resulta de má gestão do clube vizinho. 
Como sabem, gosto de picar os varzinistas e defendo uma rivalidade saudável, mas não o farei hoje. Os varzinistas só têm culpa por não terem, antes, arranjado um rumo diferente para o seu clube (se é que era possível). A atual gestão há muitos anos que vinha anunciando este desfecho.

Não há jogo de apresentação oficial? (ATUAL)

Pela leitura deste texto fico a com a sensação de que ainda não está marcado.
Ou é o jogo com o Guimarães?

ATUALizo a 19/7: A Bola garante que é com o Guimarães, dia 4.

Nuno

Ontem, ainda que muito brevemente, tive oportunidade de conhecer o nosso novo treinador, pessoa que nunca tinha encontrado, nem sequer profissionalmente nos meus muitos anos de jornalista.
O que mais me impressionou foi a convicção com que apresentou as suas ideias. Nuno não está à experiência nem anda à procura de testar o que julga estar certo para o Rio Ave (e para o futebol em geral). As ideias de Nuno estão muito bem arrumadas na sua cabeça e quem não soubesse não diria que o encontro com o Marítimo será o seu primeiro jogo oficial.
A nossa troca de cumprimentos terminou com um convite (como sinal da confiança que os rioavistas devem ter na equipa) para ser um dos nossos convidados da 4ª Tertúlia Reis do Ave, em maio do próximo ano. Nuno aceitou.

Mais um defesa central?

Do meu ponto de vista sim.
Primeiro porque nas duas épocas anteriores tivemos más experiências também só com três homens para essa posição, depois porque o campeonato é longo e há três competições, finalmente porque poderia ser a oportunidade para iniciar um jovem valor (da nossa formação?).
Outra coisa diferente é andar a fazer experiências...

Outra vez jogadores à experiência?

Até prefiro pensar que A Bola se enganou quando diz, hoje, que há mais um jogador à experiência, no caso um defesa central.
A ser verdade não aprendemos!

Ambição

Soube que uma das medidas inovadoras pensadas para esta época é o pagamento de prémios apenas se a equipa estiver acima do 8º lugar.
Se se concretizar, só posso aplaudir. Por várias razões:
- é preciso que o discurso seja coerente com a prática, com as decisões do dia a dia (ou seja, não faz sentido definir objetivos com alguma ambição e depois pagar prémios por classificações e/ou resultados que não o são).
- é um sinal claro para os jogadores e a equipa em geral; 
(neste sentido já não compreendo tão bem alguns receios que tenho ouvido por começarmos o campeonato com o Marítimo; o Marítimo é do nosso campeonato, muito mais em Vila do Conde! E quando dizemos o contrário já estamos a ser incoerentes com essa ambição; no fim, até pode ser que o Marítimo vá à UEFA e nós fiquemos em 10º, mas não podemos partir derrotados, como aconteceu tantas vezes no passado).

17.7.12

A equipa mais jovem (de sempre)?

Ainda é cedo para se fazer comparações com outras equipas, mas parece-me que passámos da equipa mais 'velha' do campeonato (passado) para a mais nova (ou das mais novas).
Mais de metade do plantel tem menos de 23 anos, o que é ao mesmo tempo notável e até um pouco assustador!
Há uma aposta nos jovens e mesmo com o empréstimo de Mendes, Ricardo Martins, Gilmar e Rafinha, ainda ficam no plantel Feliz (tem 23), Renato Santos e Marcelo (da 'safra' do ano passado), mais aqueles que agora vieram e os que cá estavam (infelizmente poucos, Rafa e André Dias)

Ideias de Nuno sistematizadas em A Bola

(clicar para aumentar)
(Tendo havido uma aposta grande em extremos - Tope e Del Valle - não percebo que se diga que haverá menor dependência de extremos; mas cá estaremos para perceber melhor isso)

Um mês para o campeonato e tudo pronto?

Como aqui se constatava, falta um mês para o campeonato começar.
E ao contrário do que tem acontecido noutras épocas, vamos entrar no último mês de preparação com o plantel definido.
As dúvidas são residuais e apontam para a possível saída de Tiago Pinto, a situação de Esmael e se três defesas centrais são suficientes.
Ou seja, o esqueleto da equipa já existe e o plantel tem agora um mês para interiorizar aquilo que Nuno quer.

PS - há poucos portugueses entre as contratações, é verdade, mas se os jogadores portugueses têm ofertas de 10 mil euros do Chipre não nos é possível (nem desejável) competir com esses campeonatos.

Hassan treina hoje

Está confirmada a informação que aqui avançámos na semana passada. A Bola diz que foi por problemas de  visto que Hassan não chegou.

Mendes sai (mais Rafinha e Gilmar)

A pouco e pouco o plantel fica definido - e ainda falta um mês, o que não podemos deixar de elogiar!
Dos jogadores que estiveram no estágio há três que vão sair: Mendes, Rafinha e Gilmar.

Algumas notas:
-Fica assim esclarecido o 'mistério' relacionado com Mendes.
- Mendes não teve sorte, até agora, em Vila do Conde mas também por isso é fundamental jogar. Depreende-se que Nuno terá feito uma opção entre ele e Renato Santos e que, ficando, com Del Valle, Mendes teria poucas hipóteses de jogar; que consiga um bom clube (pode ser da Liga de Honra) onde finalmente possa mostrar o valor que lhe reconheço e onde possa realizar pelo menos 20 jogos;
- Rafinha e Gilmar também não fizeram boas épocas em 2011/12; de Rafinha já tivemos oportunidade para ver uns minutos, de Guilmar nada há a dizer; que tenham muito sucesso, para voltar em força;
(Ricardo Martins também será emprestado, mas no seu caso nem fez a pré-época)

Mais uma muralha no castelo? (ATUAL.)

Huanderson, nosso ex-guarda-redes, pode estar a caminho de Guimarães.

Como sempre, desejamos boa sorte ao atleta, menos contra nós. Uns franguinhos a nosso favor caem sempre bem...

ATUALizo (JPM) com mais informações de ex-atletas do Rio Ave; Saulo e Milhazes vão para Chipre

16.7.12

Tiago Pinto quase, quase de saída?

Vários jornais dão hoje Tiago Pinto de saída.
Até se diz que o jogo de ontem foi o último que fez pelo Rio Ave.
Para o futebol espanhol.
Saragoça?

Diálogos imaginários 27

- É melhor voltar a jogar com a seleção de Vila do Conde?
- Se for preciso eu posso trazer os rapazes da equipa de ciclismo..
- Não é preciso, basta trocar o Oblak pelo guarda redes do Sindicato dos Jogadores

Esmael Gonçalves envolvido em diferendo jurídico

O Record de hoje diz que o avançado Esmael, que o Rio Ave quer contratar e ontem foi um dos que alinhou, está envolvido num diferendo jurídico: de acordo com o jornal, Esmael assinou com o Nice por um ano, mas o clube francês acionou uma cláusula de opção por mais dois anos, que o Record, citando vários argumentos, diz ser ilegal (ou pelo menos não reconhecida pela FIFA e já abolido em Portugal).
Em França, o treinador do Nice diz que espera por Esmael esta semana para começar a treinar. E uma outra notícia coloca Esmael na órbita de Jorge Mendes (eleque atualmente é representado pela empresa firsteleven ISM).
O Record diz que o Rio Ave está interessado em Esmael como jogador livre. «A batalha jurídica está servida e vai aquecer em breve».

Mendes - o que se passa?

No blogue escrevi que no jogo de sábado não jogaram Vilas Boas, Rafinha, Gilmar e Mendes. Via site apenas se contra explicação para a ausência dos três primeiros.
E Mendes?

Protocolo com o Gondomar assinado

Via jornal A Bola de ontem ficámos a saber que foi assinado no sábado um protocolo com o Gondomar  que «entre outras alíneas, inclui a cedência de jogadores».
A Bola diz que deverão ir sete jogadores para Gondomar (2ªB), entre jovens saídos da formação e outros que estiveram a rodar na época passada.

Yazalde?

No sábado vários adeptos comentavam a dispensa de Yazalde do Braga e a possibilidade voltar a Vila do Conde.
O que vou dizer a seguir não põe em causa o valor do jogador, que nas últimas épocas em que esteve em Vila do Conde cumpriu sempre satisfatoriamente.
Mas acho que devemos apostar em jogadores nossos, em jogadores que possamos depois vender (incluindo aqueles em que temos mais de metade do passe...).
Além do mais, parece-me que o plantel está fechado na frente, com nove elementos para três posições.

PS - isto não pode ter sido verdade!

"Eu tenho dois amores"? (ATUAL.)

«O Benfica é o clube que eu amo. É o clube do meu coração»

ATUALizado a 27/7/2012: «O Fábio é coração vermelho, vermelho. É benfiquista, benfiquista»

Regressa o futebol de praia


Arranca esta sexta-feira aquele a que Federação de Futebol chama o1º Campeonato Nacional de Futebol de Praia. O Rio Ave marca presença (juntamente com Guimarães, Varzim e Esposende, no grupo 1).
Havendo mais informações cá estaremos...

A tecnologia anda no ar

Depois de um período em que a coisa mais avançada que entrava no relvado era o telemóvel, agora a tecnologia está bem presente.

Nesta foto pode ver-se um recetor wireless e, atrás do banco do quarto árbitro, um computador portátil. Para, tanto quanto percebi, captar o comportamento cardíaco de vários jogadores que alinharam com um aparelhos colados ao corpo, que iam enviando a informação para o PC.

15.7.12

Uma dúvida (ATUAL.)

Agora que o estágio terminou, os treinos continuarão a ser abertos apenas 15 minutos?
ATUAlizado: sim.

Olá Rio Ave

Eu ainda não tinha visto nada do Rio Ave desta época e hoje só pude ver cerca de 15 minutos. Deu pra ver a equipa do sindicato obter um golo (dizer "marcar" parece-me excessivo), Tope desperdiçar uma oportunidade e pouco mais. Ainda assim serviu pra abrir o apetite. Opiniões sobre os novos atletas e sobre a forma como a equipa se porta em campo ficam para quando as tiver.

Notas individuais do segundo jogo-treino (Tope)

Eis os jogadores que mais se destacaram, do meu ponto de vista:
André Dias: muito interventivo e muito acertado
Marcelo: confirma as melhores expetativas; temos homem para discutir a titularidade com Jeferson e Nivaldo;
Filipe Augusto: confirmou bons sinais do jogo anterior, mas esteve menos presente, foi menos 'decisivo'
Tomás: está em forma;
Tope: o melhor de todos; força e técnica podem fazer deste jogador uma das revelações da época;
André Costa: nem parece que se fez jogador a extremo; elemento com qualidade e com potencial;
Braga: confirmou o que de melhor se espera dele; qualidade no passe, bom na jogada individual e ainda marcou;
Yonathan: quis fazer varias vezes tudo sozinho, mas viram-se pormenores muito interessantes~
Diego Lopes: jogou poucos minutos e só deu para ver que tem qualidade técnica
Dos outros não há muito a referir, seja porque pouco trabalho tiveram (caso dos guarda-redes, embora Oblak possa aprender com o erro, ou dos centrais) seja porque estiveram apagados (Vitor Gomes, Renato Santos, Tiago Pinto, Pateiro, Fabinho) seja porque não reuni notas suficientes para ter uma ideia (Soares, Esmael). Há ainda aqueles que estiveram ao seu nível habitual como Wires e Tarantini.
(Fabinho)

Segundo jogo-treino: empate (ATUAL.)

O Rio Ave empatou esta manhã com uma equipa do Sindicato dos Jogadores a um golo. O Rio Ave esteve a perder com um golo caricato em que Oblak rematou contra o rabo/costas de um adversário e a bola entrou; já no fim, Braga empatou de livre direto.
Um jogo com apenas um sentido, em que o Rio Ave desperdiçou uma dezena de boas oportunidades e em que Nuno fez alinhar 23 jogadores:
1ª parte
Ederson (Oblak aos 30'); Fabinho, Marcelo e Jeferson e André Dias; Wires, Vitor Gomes e Filipe Augusto; Renato Santos, Tomás e Tope;
2ª parte
Oblak (Rafa aos 60'), André Costa, Marcelo (Diego Lopes aos 80'), Nivaldo e Tiago Pinto; Soares, Tarantini e Braga; Yonathan, Esmael e Pateiro
(não jogaram: Vilas Boas, Rafinha, Gilmar e Mendes)
Em complemento ao comentário, algumas notas:
- o Rio Ave jogou, parece-me, em 4-3-3, pelo menos não notei diferenças face ao que acontecia com Brito;
- na segunda parte, Braga e Pateiro alternaram como extremos esquerdos, o que no caso de Braga me pareceu estranho; ATUALizo a 16/7: esta minha observação mereceu um reparo crítico por parte de um amigo que esteve também a ver o jogo; para ele o Rio Ave jogou, sobretudo na primeira parte, com dois médios mais recuados e depois três médios atrás do ponta de lança (4-2-3-1). Se sim, peço desculpa mas não foi isso que vi; quem entrasse no estádio até poderia pensa que era uma equipa de Brito (o que em si próprio não é negativo).
- com a saída de Marcelo e a entrada de Diego Lopes o Rio Ave (tambem porque estava a perder?) jogou com três defesas: pareceu-me gente a  mais no meio campo, mas isso é normal numa altura em que ainda falta um mês para o campeonato.
- Dos novos jogadores parece que não há um rematador; Pateiro (quatro vezes de livre, todas para fora, e uma do meio campo) e Braga foram os únicos que tentaram;
- Os lateriais subiram pouco no terreno, em auxílio ao ataque, e só André Costa foi a exceção;

(daqui a pouco as notas individuais)

14.7.12

Os negócios do futebol que me intrigam

Ontem, na mesma edição em que se noticiava que o Benfica rejeitou 11 milhões de euros por Cardozo, ficou a saber-se  que o Braga vendeu Pizzi ao Atlético de Madrid (quatro épocas) por 12 milhões de euros!
Como se não bastasse, o Atlético de Madrid emprestou-o ao Corunha!
12 milhões de euros por um jogador que não vai à seleção????
Eu não acredito!

Tope e as tripas

Via twitter é possível acompanhar a adaptação de Tope Obadeyi a Portugal, já que o jogador é pródigo na publicação de tweets (e assim aproveita para matar saudades dos amigos que deixou em Inglaterra).
O mais curioso de todos é aquele em que conta que foi experimentar a gastronomia do norte de Portugal, sem saber do que se tratava; saíram-lhe os intestinos do porco.
Tope parece que não gostou da surpresa...

Rio Ave volta a França?

O JVC desta semana diz que os vários-jogos treino desta pré-temporada estão dependentes de uma possível deslocação a França.
Seria o regresso.
(os jogos seriam/serão com Leixões, Aves, Moreirense, Guimarães e Gil Vicente)

1995/96 - saudades

Em cima da esquerda para direita: Gama, José Manuel, Sérgio, Nélson, Afonso, Martins, P.Lima Pereira.
Em pé: João Marafona, Carlos Brito, Luís Coentrão, Camberra, Henrique Calisto, Lúcio, Marcos, Sérgio China, Renato, A.Lima Pereira e Luís Raposo (secretário técnico).
Sentados: o massagista Joaquim Costa, Resende, Zacarias, Rifa, Gamboa, Mesquita, Omer, Graça, Helinho, Baíca e António-Pintalocha-Rodrigues (sapateiro).

Esta foi a equipa campeã da Divisão de Honra em 1995/96

Jogadores
Jogos
Minutos
Golos
Amarelos
Vermelhos
Nélson G.R.
34
3060

3

Mesquita D.D.
32
2880
1
3

Marcos D.C.
32
2865
5
7

Martins D.D.E.
31
2776
1
4

Sérgio China M.
32
2645
4
3
1
Gamboa E.D.E.
30
2622
9
7

Camberra M.
32
2465
1
4
1
Baíca Av.
30
2313
6
2

A.Lima Pereira D.C.
28
2039
1
4

Omer P.L.
30
1985
19
5

Gama E.D.E.
28
1667
5
2

P.Lima Pereira M.D.
26
1595

8
2
Carlos Brito D.C.
19
1373
2
2
1
Resende D.E.
13
867
1
1

Rifa D.E.
15
807



Emanuel M.
21
521
1
3

Helinho P.L.
7
416
1
1

João Pedro P.L.
12
407
1


Graça D.D.
5
175



José Manuel D.E.
2
55



Sérgio G.R.





Afonso G.R.





Renato M.





Luís Coentrão M.







(obrigado ao Rui Manuel, pelo regresso à colaboração com o reis do ave)

13.7.12

Falta Hassan

Dos jogadores da nossa lista há um que não vamos ver quase de certeza no domingo de manhã: Hassan ainda não se juntou ao estágio e só o deve fazer, deduz-se, na próxima semana.
E se vários jornais portugueses já deram o seu ingresso no Rio Ave como certo, também no Egito não há dúvidas.

Jogo domingo às 10h

O segundo jogo de preparação é domingo às 10h da manhã, frente a uma seleção do Sindicato dos Jogadores

O esquema tático de Nuno é o 4-2-3-1?

É O Jogo que o refere na edição de hoje, dizendo que é este o modelo que está a implementar.
Dois médios mais recuados, um criativo e dois médios-ala, que no fundo são extremos, a cruzar para o ponta de lança?
Veremos, mas eu, pelo perfil dos jogadores que têm sido contratados, ia mais pelo 4-3-3.
(sobre o 4-2-3-1, que a seleção espanhola usa)

O trocadilho inevitável

In...Feliz.

O que se passa com Pateiro

Alguns dos nossos leitores terão ficado surpreendidos com a presença de Pateiro na equipa que jogou sábado passado. Eu, de certa forma, fiquei.
Tanto quanto julgo saber a decisão do Rio Ave continua a ser a mesma: libertar Pateiro para ele rescindir e procurar outro clube. Mas o jogador não estará muito pelos ajustes. E à falta de uma proposta melhor (que não será fácil de aparecer, pelo menos vinda de Portugal), cumprirá em Vila do Conde o ano que tem de contrato.
Ninguém o pode censurar.
Embora possamos lamentar.
Pelo Rio Ave e por ele próprio.
Não é já uma questão de ele ser opção ou não ser. É sobretudo por percebermos que, se ficar, não terá grandes hipóteses: para o lugar que ele desempenha melhor, extremo, Nuno já tem várias hipóteses; para o lugar a que ele jogou na época passada (e em que o colocámos no nosso esquema) haverá certamente melhores opções.
O que vai fazer Pateiro?

Fábio Paim - lembram-se dele?

Andou pelo Rio Ave na época 2008/2009.
Nunca mais recuperou...

Yonathan assina por três anos

De acordo com o JN de hoje e a comunicação social venezuelana, Yonathan  vai assinar por três anos e não ser emprestado pelo Auxerre ao Rio Ave.
Se assim é, é mais um ativo para o nosso Clube.
E mesmo que, como consta, o Auxerre mantenha uma percentagem em caso de futura venda, isso só significa que aposta no valor de um jogador que vem para Vila do Conde relançar a carreira (o Auxerre tinha contratado o venezuelano por quatro épocas e só cumpriu uma), também ao nível da seleção, de onde tem estado ausente.
«Estoy contento. A uno a veces se le cierra una puerta, pero cuando se da cuenta tiene muchas otras abiertas", dijo Del Valle, después de que sus representantes le comunicaran ayer la noticia. "Si se me da este chance, hay que aprovecharlo al máximo y hacer las cosas bien»

12.7.12

Brito interrompe o silêncio...

... para falar de Atsu!

(Se não me escapa alguma coisa, a última vez que Brito falou em público foi logo após a última jornada; até agora tem estado em silêncio completo)

AG dia 22


(realizar a AG em Julho é o mais acertado; errado foi colocar Junho nos estatutos)

Yonathan já treina em Ofir

O extremo venezuelano em que Nuno aposta chegou a Portugal na última madrugada, mas já trabalhou às ordens de Nuno Espírito Santo no apronto da manhã desta quinta-feira, em Ofir.
Yonathan (e não Jonathan) vem por empréstimo do Auxerre (França), a que está ligado contratualmente. Fez na época passada 8 jogos e marcou apenas um golo.

Que marque meia dúzia destes em Vila do Conde!

Anulado jogo-treino com o Marítimo

diz o JN de hoje.
Terá alguma coisa a ver com o facto de o Marítimo ser o primeiro adversário do Rio Ave?

11.7.12

Filipe: Augusto ou Souza? (ATUAL.)

Como é que havemos de chamar a Filipe? Augusto ou Souza?

ATUALizo: Filipe Augusto, como aparecerá na camisola.

O Rio Ave cumpriu! (ATUAL.)

O Feirense quer continuar na primeira Liga e pôs um advogado a analisar todos os processos dos clubes. Resultado: encontrou irregularidades em nove e só sete se safam. O Rio Ave é um deles, o que só nos pode deixar muito satisfeitos/orgulhosos
(em A Bola de hoje)
ATUALizo: «V. Setúbal impedido de inscrever jogadores». Ou seja, tirando os quatro clubes com mais poder económico, sobram Rio Ave e Moreirense. É caso para dizer: estamos a trabalhar bem!

Esmael à espera da rescisão do Nice?

Esmael Gonçalves, como ontem escrevi, está no estágio.
O Record captou-o ontem


Os clubes da Madeira muito mal habituados!

«Os dois clubes de futebol profissional a disputar a I Liga, Marítimo e Nacional, recebem 1,785 milhões de euros cada um. Sofreram um corte na ordem dos 21%, relativamente aos 2,244 milhões atribuídos».
1,785 milhões é quase tanto como aquilo que o Rio Ave recebe dos direitos televisivos!
«Penso despedir-me do dirigismo desportivo ainda antes da época começar. Porventura, iremos analisar juridicamente a eventual extinção do clube e da SAD»

PS - também é provável um corte relevante do subsídio da Câmara de Vila do Conde, mas ninguém pensará em demitir-se por causa disso!

Objetivos para a próxima época (8º lugar?)

Até agora Nuno disse que apontava para a primeira metade da tabela, o que é um objetivo claro, mas não tão claro como apontar para um determinado lugar (o que não é fácil conseguir exatamente).
Ontem João Tomás falou em «firmar o Rio Ave como uma das melhores equipas Liga» e em «fazer bem melhor do que na época passada». Em O Jogo pode ler-se que Tomás falou no oitavo lugar como uma «perspetiva animadora».