31.3.13

Um (meio...) elogio para Nuno

Hoje, que é dia de bater em Nuno, gostava de deixar um elogio pelo arrojo tático e pela transformação da equipa.
Resultou pessimamente? Sem duvida! Mas não apenas pela própria mudança, também por outros fatores.
Já o critiquei por ter demorado a mexer na equipa, mas não o critico por ter tentado fazer diferente. Pelo contrário.
Hoje seria fácil arrasá-lo por ter aparecido com cinco defesas e apenas dois médios - ainda por cima recuados - no jogo, mas parece-me injusto.

PS - outra coisa diferente é se a equipa teve ou não possibilidade (tempo...) para treinar este esquema, de modo a ganhar rotinas. Não sei, não posso dizer, mas depreendo que sim.

Nuno arrepende-se das dispensas de janeiro?

Na entrevista final Nuno disse qualquer coisa como isto: este jogo veio demonstrar que a política de dispensas em janeiro, para valorização e projeção de ativos, limitou-nos as opções [penso que é a ideia essencial do que disse, mas admito poder estar a falhar-me algum detalhe]. Ouvi e achei que era uma espécie de resposta a isto. Neste caso, dando razão às críticas?

Um jogo estranho

Foi o pior resultado mas não foi - para mim - o pior jogo do campeonato.
Foi a maior goleada mas não foi aquele em que me senti pior no final.
Estranho?
Contraditório?
Provavelmente sim, mas como escrevi perdemos por uma soma curiosa de fatores.
Vejam-se estes indicadores finais:

Benfica
Rio Ave
Posse de bola
58%
42%
Ataques
42
32
Cantos
6
8
Remates
17
10
Um equipa que vai à Luz perder por 6-1 e tem 42% de posse bola?
Uma tem 42 ataques e marca seis golos e outra com 32 apenas um?
Mais cantos do que o Benfica?
17 remates serviram para dar seis golos???
Insisto nesta ideia: para além dos erros próprios (sobretudo na defesa), o Benfica teve uma super-mija;

(24ªj Benfica) Continuem a chamar-lhe assim, Bebé!

Oblak: 2 (voltou a não ser determinante; nos seis golos, penso que só podia ter feito melhor no 4º, pois estava adiantado. Mas - e se calhar estou a pedir muito - gostava de o ter visto fazer defesas impossíveis, daquelas que evitam golos. E isso, sinceramente, não aconteceu).
Lionn: 3 (foi dos melhores. Beneficiou muito do sistema de tres centrais para subir e esteve genericamente bem)
Rodriguez e Nivaldo: 2 (não é possível fazer uma exibição positiva quando se sofre seis golos; certamente podiam e deviam ter feito melhor);
Marcelo: 1 (um desastre: no segundo golo deixa cabecear, no terceiro está a dormir, no quarto faz um corte deficitário e volta a estar no lance do quinto; fez alguns cortes "à Marcelo", mas só na segunda parte, quando se libertou da companhia. Parece ter acusado muito o esquema tático)
Edimar: 1 (atacou menos do que Lionn e pior, sempre torto; é expulso, por uma falta desnecessária no meio campo, já com amarelo)
Wires: 1 (até gostei da disponibilidade para varrer todo o setor e não o fez mal, mas também foi expulso por faltas a meio campo)
Tarantini: 2 (apagado. O passe do golo é seu, acabou a central, mas no resto pouco se viu)
Ukra: 2 (correr, correu! quilómetros! mas alguma coisa acertada? A bola na barra ainda com 1-0. Uma noite desinspirada, que valeu pelo enorme esforço)
Hassan: 2 (foi dos que acusou mais as mudanças táticas, uma vez que a bola ando sempre pelas linhas e quase nunca lhe chegou; marcou o golo; podia ter feito mais?)
Bebé: 3 (o melhor. Faltou-lhe sempre discernimento para colocar bem a bola no passe ou remate decisivos, mas foi o principal elemento do ataque, o único desequilibrador, o único que tentou e de alguma forma conseguiu fazer a diferença. Quando corrigir alguns aspetos técnicos poderá ser um jogador de grande qualidade)
Braga: 1 (não fez a diferença nem deu nas vistas)
Diego Lopes: 2 (viu-se mais Diego Lopes do que Braga, em certos passes e rotações de flanco)
André Costa: 1 (pouco tempo em jogo, sem nada de especial)

30.3.13

(24j Benfica) Derrota por... 6-1 (ATUAL.)

O pior resultado dos últimos anos, a maior goleada deste campeonato.
Como se explica este resultado?
É uma soma, penso, destes fatores: azelhice gigantesca da nossa defesa (que falha em vários golos), eficácia brutal do Benfica (que marca seis golos em sete ou oito oportunidades) e uma má arbitragem (além do pénalti não assinalado na primeira parte houve uma chuva de cartões e dois jogadores nossos expulsos).
Nuno arriscou no sistema táctico e não podia ter corrido pior. Tão cedo não se vai esquecer do 5-2-3. A única coisa positiva aconteceu no nosso ataque: apareceu mas desinibido do que o costume, mais solto, mais atrevido. Nota 1 para Nuno.
ATUALizo a 30/3: Uma coisa que não entendi e para que não haja mal entendidos escrevi-o ao intervalo: o Rio Ave já estava a perder por 2-0 aos 15 mas a primeira substituição fez-se apenas ao intervalo (ou seja, continuámos com cinco defesas durante 45 minutos). No final do jogo Nuno disse que «O primeiro golo que sofremos foi numatentativa nossa de sair com a bola pelas zonas laterais; o segundo foi numa bola parada, A partir desse momento assumimos que era um erro manter os três centrais». A partir desse momento?

Rio Ave perde 3-0 ao intervalo na luz

O esquema de 5-2-3 de Nuno não resultou. É verdade que em termos atacantes nem tivemos mal, mas defensivamente foi um desastre. O golos do Benfica são muito consentidos e Marcelo está no segundo e terceiro (este em concreto é um lance muito mau).
Ao Benfica saiu tudo bem. Teve cinco lances de perigo e marcou três golos. Oblak fez uma defesa de jeito. E nos até podíamos ter empatado se o livre de Ukra entra (foi à barra). Só Bebé tentou alterar o rumo.
Para agravar, ainda estamos a ser prejudicados por uma má arbitragem de Rui Costa, que perdoou um pénalti ao Benfica (Ukra é derrubado na área e ainda vê amarelo) e há pelo menos mais um amarelo (a Tarantini) completamente ridículo.
A perder por 2-0 desde os 15 minutos, esperava-se alguma reação táctica por parte de Nuno, já que continuámos com cinco defesas e a sofrer golos.

Benfica: Nuno surpreende com cinco defesas (atualizado)

Além de Lionn e Edimar, o Rio Ave joga ainda com Marcelo, Rodriguez e Nivaldo. Três centrais? No meio campo apenas Wires e Tarantini?
Grande surpresa, sem duvida.

Confirma-se: pela primeira vez o Rio Ave apresenta-se com três centrais. Mais dois médios defensivos. E três avançados (Bebe, Ukra e Hassan).
Insólito, no mínimo.
Veremos como corre.

PS - Rafael Miranda esta no banco. Kiki não.

Juniores: Rio Ave perde 1-0 com o Benfica

Juniores: jogo no Benfica

Kiki é titular e capitão!
(A seguir vai para a Luz?)

Luisinho, lembram-se?

Os jornais dizem que vai ser titular logo frente ao Rio Ave. A defesa-esquerdo.
Cá estarei para dizer que me enganei, mas na (meia) época em que cá jogou não vi nada de especial. É verdade que era extremo e que a defesa-esquerdo pode ser muito diferente.
Mas é forçoso reconhecer que quando regressou em janeiro de 2007 ao Moreirense não deixou saudades.
Vamos ouvir falar dele logo?

Tomás estreia-se hoje pelo Libolo?

Os adeptos locais desesperam pela estreia do goleador, sobretudo porque a equipa campeã está nos últimos lugares da classificação.
O campeonato angolano regressa hoje e Tomás pode estrear-se.

Logo, na Luz, inspirem-se na vitória do futsal com o Sporting

Uma interessante mensagem, a do JVC desta semana:

Mendes e a fraca época no Portimonense

Tentamos, aqui, acompanhar os nossos jogadores emprestados e - é justo reconhecê-lo - aquele de quem se fala menos é Mendes. A verdade é continua a fazer uma época abaixo das expetativas, pouco jogando nesta segunda volta e ficando sistematicamente no banco ou não sendo convocado.
Não sei se tempo mais tempo de contrato com o Rio Ave, mas estando a acabar o contrato é provável que não continue.
E é pena - ficará sempre a ideia de um jogador talentoso, que podia dar mais.

29.3.13

Kiki vai fazer falta nos juniores

Ao ser convocado por Nuno, Kiki não vai alinhar pela equipa junior que amanhã à tarde também joga frente ao Benfica. É um dos habituais titulares e fará certamente falta.
Mas se a equipa principal precisa dele obviamente que se compreende a opção - que faz todo o sentido, muito mais depois de ter assinado contrato profissional.
Espero, apenas por isso, que não seja o 19º (até porque Nuno só tem cinco médios e pelo menos três terão de jogar).

Nuno: tentar vencer o Benfica

«E vamos tentar fazer o que ainda não foi feito esta época: vencer o Benfica. É o nosso principal objetivo»

Rafael Miranda: Convocado aos 17 anos

É o mais jovem jogador a ser convocado pelo Rio Ave nos últimos anos.
Rafael Miranda, avançado, tem 17 anos feitos em janeiro.
Se não se importarem de ver um jogador com a camisola do Varzim (onde era considerado a principal mais valia da formação), têm aqui um resumo com três golos deste antigo iniciado varzinista...
Aos 15 anos esteve a treinar no Chelsea.

(24ªj Benfica) Kiki e Rafael Miranda convocados

Nuno leva 19 para Lisboa:

Guarda-redes: Oblak e Ederson
Defesas: Rodriguez, Nivaldo, Edimar, Lionn, André Costa e Marcelo.
Médios: Tarantini, Braga, Diego Lopes, Wires e Kiki
Avançados: Ukra, Hassan, Del Valle, Tope, Bebé e Rafael Miranda

- Notas:
- Kiki e Rafael Miranda são novidades (um deles pelo menos irá para o banco); no caso de Rafael trata-se de uma estreia, ainda mais curiosa porque o jogador nem nos juniores tem jogado (é juvenil)
- Rodriguez e Del Valle, como se esperava, também estão;
- de fora, além dos castigados Vilas Boas e Filipe Augusto, e dos lesionados Jeferson, André Dias e Pateiro, só Rafa, o terceiro guarda-redes nesta altura.

Fábio Faria quer empate na Luz

«São duas equipas que marcaram a minha carreira. Gostaria que o jogo acabasse empatado porque os dois clubes ganhariam pontos. Mas o Benfica precisa da vitória para ser campeão. Não vou torcer por nenhum. Que ganhe o melhor»

Por na agenda

25ª jornada: Rio Ave - Setúbal, dia 7 de abril, 17 horas.
(próximo jogo em casa)

28.3.13

Futsal: o que faltou dizer da vitória frente ao Sporting

Já aqui se publicou muita matéria sobre esta grande vitória, mas faltava acrescentar esta curiosidade: «o regresso de Cardinal à “casa” onde jogou durante duas épocas, tendo sido muito bem recebido pelos adeptos, embora não tenha podido jogar devido a lesão.»

Salários em dia

Nestes últimos dias têm-se multiplicado as notícias de atrasos nos pagamentos nos clubes profissionais de futebol; alguém dizia mesmo que não haveria muito mais do que cinco clubes a cumprir cem por cento (ou seja, a pagar o mês seguinte até ao dia 30).
Acredito que o Rio Ave é um desses cinco clubes, porque vale a promessa de ASC.
Mas, acredito também, não estará a ser fácil.
Mais: as minhas duas grandes preocupações como Rioavista são garantir a permanência no principal campeonato e ter contas equilibradas.
E nas últimas épocas o Clube tem crescido ao nível das despesas.

Nuno vai convocar Rodriguez e Del Valle

... mesmo os dois jogadores tendo passado a semana fora.
Sem Jeferson e com poucas opções no ataque, parece certo que Nuno irá contar com estes dois jogadores.

(Del Valle esteve na seleção da Venezuela mas não jogou)

10 de fevereiro...

...a data da última vitória. Em Coimbra.
Com Benfica e FC Porto para os próximos jogos arriscamo-nos a ficar dois meses sem ganhar.
Mas eu aposto na surpresa, quarta-feira, no Dragão!

O resultado de sonho depois de amanhã

1-0, golo de Diego Lopes e um penalti defendido por Oblak...

27.3.13

O melhor para Vítor Gomes

A propósito disto, também disto e ainda de outras coisas: eu acho que o melhor para Vítor Gomes foi sair do Rio Ave. Para o Vítor e para o Rio Ave.

O jogador estava com dificuldades em se afirmar no Rio Ave. Não era aposta de Nuno? Pelas minhas contas, em 8 épocas Vítor Gomes conta com 129 presenças para o campeonato, 99 a titular. A sua "melhor" época foi a passada com 24 presenças, 22 a titular. Com um empréstimo para Itália e lesões pelo meio, dá uma média de pouco mais de 16 jogos por época, 12 na condição de titular. Foi falta de aposta nas suas qualidades ou algo mais?

A minha opinião é que o Vítor foi sempre uma promessa adiada. Algo refreou a sua evolução e acho que isso criou algumas inibições ao jogador a quem, e espero que não fiquem dúvidas, eu reconheço muitas qualidades e muito valor. Mas para mim ficou sempre aquém do que podia e, se calhar em alguns momentos, deveria ter mostrado e provado. Para mim não estava a ser uma mais-valia.

Assim, a sua saída foi o melhor para todos. O Vítor tem a sua oportunidade de se mostrar num ambiente diferente, de se valorizar, de ganhar outra maturidade, de se libertar de alguns fantasmas que o poderiam estar a retrair e até prejudicar. O Rio Ave vê o jogador ganhar cotação e pode colher vantagens numa transferência futura. Só vejo coisas positivas.

O Vítor faz falta? Faz sempre falta quem tenha qualidade e tenha muita vontade de representar o Rio Ave trazendo um valor acrescentado ao clube. Faz sentido evocar o seu nome sempre que algo nos corre mal? Para mim não. Eu também sou dos que querem futebol agradável e vitórias, mas ainda não ganhei arrogância  de ter tiques de grandeza, reclamando como se o Rio Ave fosse o Sporting gastando o que eles gastam e tendo os resultados que apresentam este ano. O nosso caminho é duro, deve ser feito devagar e com cuidados. Coloquemos as coisas em perspectiva.

Quero o melhor para o Rio Ave, desejo muita sorte ao Vítor, mas neste momento acho que faz bem a ambos estarem como estão.

O adutor de Pateiro

Agora que o Rio Ave está sem médios e que Pateiro poderia ter a sua primeira oportunidade, eis que se lesiona (novamente).

(«Rafa e Pateiro - o que têm em comum?», perguntava ontem. A resposta: aparecem na mesma notícia...)

És Rio Ave, muito nosso, sem igual! (o vídeo da vitória no Sporting)

Ver e rever aqui!

Esmael continua em grande! (ATUAL)

«Gonçalves tem todos os atributos normalmente associados ao avançado moderno - força, técnica, ritmo - numa altura em que, aos 21 anos, provavelmente ainda não atingiu todo o seu potencial. Ele não teve qualquer dificuldade em adaptar-se às exigências físicas da SPL e uma eventual mudança para a Premier League não seria um problema»


PS - um milhão de euros, presidente Campos? Mais!

ATUALizo com a opinião de Luís Freitas Lobo hoje em A Bola

Fábio Faria vai integrar quadro técnico do Rio Ave

A informação é do JVC desta semana, que fala na prospeção de novos valores (o jogador confirmou-o ontem numa entrevista à SIC)

(mesmo correndo o risco de ser mal interpretado, aqui fica a minha opinião, que se baseia naquilo que penso ser o melhor para Fábio Faria: acho que o Fábio devia aproveitar estes próximos anos sobretudo para se valorizar, para estudar, para fazer várias formações, para se enriquecer, ainda por cima aproveitando o facto de o contrato com o Benfica estar a ser cumprido. Isso não impede que continue a ver jogos e a dar a sua opinião, neste caso ao Rio Ave, mas penso que deveria concentrar-se nesse grande objetivo; além do mais, se está com contrato com o Benfica, fazer observação de jogadores para o Rio Ave pode criar algum equívoco)

JVC critica dispensa de Esmael (e de Vítor Gomes)


Eu tenho a aspirina para Nuno...

«Espírito Santo com dor de cabeça no meio campo», diz A Bola, por causa de não «poder contar com os médios André Vilas Boas e Filipe Augusto, o treinador Nuno Espírito Santo vai tentar contornar a falta de médios de caráter mais defensivo».
É mesmo difícil resolver.
Que tal Wires e Tarantini?
Outra coisa diferente - e essa sim é uma dor de cabeça para Nuno, há longas semanas, por culpa própria, acredito - é encontrar médios de caráter mais ... ofensivo! Diego Lopes? Braga?

Quem são os nossos leitores no...

Burundi!

26.3.13

Curiosidades à volta de Vilas Boas

A época não está a ser estranha para Vilas Boas apenas porque já viu quase tantos vermelhos como amarelos; também porque soma 12 jogos (em todas as competições), com três a titular; mas sobretudo porque já foi 15 vezes foi suplente não utilizado. Tantas como Ederson e Rafa, mas Vilas Boas não é guarda-redes...

PS - também houve isto, mas já esquecemos...

SAD para Académica, SDUQ para Gil Vicente

Enquanto não nos chegam notícias daquilo que a direção do Rio Ave irá propor relativamente ao novo modelo das sociedades desportivas (com a necessidade de realizar a AG em abril?), ficam estas duas informações tiradas de O Jogo de hoje: a direção da Académica vai propor uma SAD e a do Gil Vicente prefere uma SDUQ.
Atualizo, pois, este quadro:
Benfica
SAD
FC Porto
SAD
Braga
SAD
Paços de Ferreira
SAD?
Rio Ave
?
Estoril
SAD
Sporting
SAD
Vitória Guimarães
SAD
Marítimo
SAD
Nacional
SAD
Setúbal
SAD
Olhanense
SAD?
Beira Mar
SAD
Académica
SAD?
Gil Vicente
SDUQ?
Moreirense
?

Amarelos e vermelhos

No final da época far-se-á esse balanço, mas não parece haver duvidas de que, como faz muito menos faltas, o Rio Ave tem menos cartões.
Wires, com 10 amarelos, é o mais amarelado (soma das três competições).
Seguem-se Lionn, com oito, Tarantini e Nivaldo com sete (este último com mais dois vermelhos...).
Dois vermelhos também viu Vilas Boas, o que é curioso porque só tem três amarelos!
No total, 78 amarelos e 7 vermelhos,

Rafa e Pateiro - o que têm em comum?

Nunca jogaram esta época!
Nuno já pôs 26 jogadores em campo, no somatório das três competições, Mas Rafa e Pateiro não tiveram essa sorte.
E se Rafa é o terceiro guarda-redes, tendo sido convocado diversas vezes, Pateiro é um caso à parte: esteve lesionado com gravidade na primeira volta mas antes e depois houve oportunidades para se estrear. Só que Nuno deixou-o sempre a ver. Alguma coisa a ver com isto?
Pateiro termina contrato e estará certamente já a preparar o seu futuro fora de Vila do Conde.

O prestígio de Hassan sobe

... mesmo sem ter marcado na CAN Sub20.
(aqui)

O único jogador do mundo de quem se diz isto?

«Alberto Rodríguez prepara-se para atingir um feito inédito com a camisola do Rio Ave. Se voltar a ser titular na visita à Luz, o central peruano cumpre o terceiro jogo consecutivo nessa condição, ponto mais alto de uma temporada em que o fantasma das lesões voltou a pairar sobre a sua condição física»

25.3.13

Agora é fácil elogiar Marcelo...

A Bola publica hoje um artigo sobre Marcelo, ouvindo antigos treinadores do jogador. Brito não está, mas Horácio Gonçalves, que o treinou no Leixões como médio (!), aparece agora com grandes elogios...

Vítor Gomes em grande na Hungria

As informações que chegam da Hungria dão conta de uma excelente exibição do médio vilacondense no jogo deste fim de semana, que colocou o Videoton na final da Taça da Liga. Vítor foi novamente titular.

Entre o 5º e o «sonho»

Qual será menos difícil de alcançar, o 5º lugar na Liga ou a final da Taça da Liga?
Por um lado, para o primeiro objetivo, será necessário defrontar vários adversários, mas o calendário não é difícil; para o segundo, é preciso derrotar o FC Porto no Dragão, o que nenhuma equipa ainda conseguiu esta época.
Ainda assim, os dois objetivos existem, o 5º lugar e o «sonho» da Taça da Liga.
Nuno terá , entre sábado e quarta, de fazer opções.
Não acredito que o Rio Ave possa apresentar o mesmo onze nos dois próximos jogos (sobretudo por questões físicas).
E, portanto, qual será mais importante?
Eu acho que o Rio Ave deve apostar tudo no jogo de quarta, mesmo sabendo que é muito difícil vencer no Dragão. Mesmo que isso signifique entrar menos forte na Luz.
Veremos que opções Nuno faz.

Raul Moreira logo na Linear

O treinador da equipa de futsal estrá pelas 18h na Linear, para falar da histórica vitória frente ao Sporting e da também das perspetivas para o resto do campeonato.

Ainda sobre o jogo e um detalhe que me falhou: Alex foi o guarda-redes titular e fez uma grande exibição; Vítor Hugo só saiu do banco para marcar o livre que deu o 3-1. Uma jogada de mestre do míster...

Futsal: a importância de ficar em 3º lugar

Ficar em 3º ou 4º lugar nesta fase do campeonato de futsal não é indiferente: se ficarmos em 3º, e partindo do pressuposto de que vencemos o jogo dos quartos de final, podemos encontrar o Benfica na meia final. E o Benfica parece mais acessível do que o Sporting (ainda que depois do que aconteceu sábado...).

É por isso que temos de vencer os quatro jogos que faltam. E temos todas as condições para isso. Sobretudo se compararmos com o campeonato do Fundão, o nosso adversário direto:
    Rio Ave
Fundão
23 Académica (casa)
Braga (fora)
24 Fabril (fora)
Benfica (casa)
25 Operário (casa)
Piratas (fora)
26 Modicus (fora)
Sporting (casa)

PS - o campeonato pára este fim de semana

24.3.13

Ainda a vitória ontem frente ao Sporting

A Bola: «Rio Ave encerra invencibilidade do Sporting»
Record: «Rio Ave trava sequência vitoriosa do Sporting»
JN: «Rio Ave acaba com senda triunfal do Sporting»
Zerozero: «Rio Ave impõe primeira derrota ao Sporting»
Expresso: «Sporting perde pela primeira vez no Nacional de futsal»
O Jogo: «Fim da invencibilidade do Sporting»
Futsalglobal: «Rio Ave trava líder Sporting»

Vítor Hugo foi quem riu melhor...

Mal recebido pelos adeptos do Sporting, pela sua ligação anterior ao Benfica, Vítor Hugo foi quem riu melhor. E por último. A um minuto do fim, com o Rio Ave a ganhar já 2-1, o nosso guarda-redes marcou um livre direto e fez o 3-1 O jogo acabou alguns segundos depois!

PS - Vítor Hugo e Fabio Lima já estão no estágio da seleção

Ainda a derrota dos juniores

Em complemento a isto, acrescento:
Pela constituição da equipa, parece que Pedro Cunha tenta afinar alguns setores da equipa. Silvério voltou ao centro da defesa, saindo Nelson Monte. Tiago Santos também saiu do onze, ele que foi dos mais utilizados no lado esquerdo da defesa (jogou David).
No ataque, a equipa começou sem os reforços, com Nuno Santos, Bahia e Pena a titulares. Eloy e Lord começaram por se sentar no banco.

23.3.13

Futsal: Rio Ave ganha 3-1 ao Sporting

Histórico. A primeira derrota do Sporting esta época.
Renato, Paulo Leite e Vítor Hugo fizeram os nossos golos!
E sem Cardinal!
Mesmo que o Sporting se tenha apresentado uns furos abaixo do que é normal (não vi, não sei se isso aconteceu ou não), não seria qualquer equipa a ganhar no seu terreno. Muitas tentaram antes, mas só o Rio Ave conseguiu. Ainda por cima o resultado não deixa margem para duvidas e o Rio Ave esteve sempre na frente do marcador.
( de Lisboa dizem-me que o Sporting se apresentou na máxima força e que o mérito é em absoluto do Rio Ave - ainda bem que assim é!)
(foto: Record)

Juniores perdem 1-0 com Sporting

Mais um jogo mal perdido.  Boa primeira parte da nossa equipa que continua sem concretizar.  Na segunda parte o Sporting marcou um golo e ficou por aí. Uma bola nos ferros para cada equipa.  Sporting nada de especial

Rodriguez titular

na vitoria do Peru sobre o Chile (1-0).
Rodriguez deve regressar a Vila do Conde amanhã ou depois, ja que o Peru não tem jogo na terça.

Del Valle não jogou?

Argentina, 3 - Venezuela, 0.
Yonathan Del Valle não consta.

«Bebé regressa na Luz»

Quem ler apenas o título - e há muita gente que o faz, por diversas razões - achará que o Record está muito bem informado; que Nuno ou alguém da equipa técnica deu essa dica ao jornal. Estranho, não?
Depois vai-se a ler e percebe-se que «Bebé é candidato a entrar no onze» ou que «Nuno pode optar por apostar novamente num trio atacante, com Ukra a juntar-se ao egípcio e a Bebé». Fiquei mais descansado... (e não é por Bebé ser ou não titular...)

22.3.13

Selecionador do Perú preocupado porque Rodriguez não joga

... regularmente no Rio Ave.
Jogo esta noite frente ao Chile.

(hoje tambem: Del Valle pode defrontar James e martinez, antecipando o duelo de dia 3)

Como é possível uma coisa destas?

(será preciso ir ao psiquiatra???)

Rio Ave - Sporting x2= 7

Rio Ave e Sporting vão-se encontrar duas vezes este fim de semana (juniores e futsal).
Com estes dois jogos, serão sete os encontros realizados.
Com balanço positivo para nós: três vitórias em futebol e duas derrotas em futsal.
Veremos no final da tarde de sábado como fica a contabilidade.

PS - a equipa de juniores do Sporting tem vários talentos; mais uma razão para irmos ao campo de treinos, apoiar a nossa equipa, claro.

Dois dias de descanso

Quem sou eu para falar do que não sei, mas Nuno, ao optar por dar dois dias de folga, está a reconhecer algum desgaste físico na equipa? Podia ter optado por um jogo-treino, apesar de não ser grande fã.
A grande preocupação deve ser, agora, ter a equipa em forma para o dia 3, no Dragão.

21.3.13

Hassan regressa mais cedo? ATUAL. sim

O apuramento do Egito para as meias finais da CAN sub20 pode ter como consequência o regresso antecipado de Hassan. É que, segundo a A Bola, o Egito já está apurado para o Mundial de sub20, este verão na Turquia e isso era a condição fundamental para a participação de Hassan na competição. Ou seja, falharia a meia final e a eventual final.

ATUALizo a 22/3: sim, Hassan regressa a Portugal já amanhã, como escreveu no seu Facebook

O incrível Mister Esmael

Os Rioavistas estão de boca aberta com o que Esmael está a fazer na Escócia.
Sobretudo porque é muito diferente do que fez em Vila do Conde, onde também teve as suas oportunidades e desiludiu. Adaptação?
Por um lado há diferenças entre o tipo de futebol que se joga em Portugal e o da Escócia, mais atlético e direto, que beneficia um jogador como Esmael. E tirando o Celtic, o nível das equipas é fracote.
Mas - se calhar a começar pelo próprio Esmael - há que reconhecer que a surpresa é geral. E isso está a apontar o jogador para patamares mais elevados. O que é uma grande responsabilidade para ele.

PS - um milhão por Esmael? O jornal escocês fala em menos de 600 mil.

Os lenços brancos: «um tanto precipitado» (JVC


'Tão a gozar, ou quê?'

Ainda a marcação do jogo da Taça da Liga para as 16h45 de uma quarta-feira.
Está tudo grosso ou quê?
18h já seria uma hora má, mas 16h45????
Em qualquer competição profissional jogar à quarta-feira, dia de trabalho, já não é bom, mas à quarta e àquela hora????
Culpo em primeiro lugar o presidente da Liga, que - por este andar - está a deixar saudades de Valentim Loureiro! Deixar que a TVI transmita o jogo àquela hora é matar o futebol e abandonar quem gosta dele.
Quem é que consegue sair do trabalho (na zona de Vila do Conde) às 16 horas para estar no Dragão 45 minutos depois?
Lamentável!

20.3.13

Tarantini estica liderança

Tarantini voltou a reforçar a liderança e tem agora 16 pontos de vantagem sobre Oblak no prémio Rei do Ave. O médio venceu pela 3ª jornada consecutiva, algo que apenas Edimar tinha conseguido entre as jornadas 2 e 4. Tarantini é lider há umas impressionantes 17 jornadas e aconteça o que acontecer, será sempre o jogador que em mais jornadas liderou esta pontuação em 2012-2013.
Nos 11 mais pontuados, Edimar fecha o pódio e Lionn passou Nivaldo, ocupando agora o 8º lugar.

Meia-final da Taça da Liga já tem data e tem transmissão televisiva - Actualizado

É dia 3 de Abril, quarta-feira às 16h45 no Dragão.

Uma boa hora para... ouvirmos o relato pela rádio! Quem vai ao Dragão a estas horas?

Actualização: A Bola diz que o Rio Ave anunciou o jogo, mas no site ainda não há notícia sobre o tema; terão confundido o Reis do Ave com o site oficial? Ou então há outra fonte que eu desconheço.

Actualização 2: E chega a confirmação da Liga: 3 de Abril às 16h45 com transmissão na TVI!

E 18 jornadas depois,

estamos de novo abaixo do 7º lugar. Perdemos duas posições, mas olhando para os objectivos que o treinador agora assumiu, só 1 ponto nos separa do 5º classificado.

Cada vez mais deficitários em golos

Aumenta o fosso entre golos sofridos e marcados. São 30 os que já sofremos contra apenas 26 marcados.

Mais uma vez sofremos um golo dentro da grande área, o 29º nessa zona do terreno.

Esmael interessa a clubes de Inglaterra e Espanha

É ASC quem o diz a um jornal Escocês. A noticia vem hoje em O Jogo. (mais)
ASC está surpreendido com Esmael - quem não está?

Mais uma inovação

Sem poder contar com Hassan, Nuno teve de criar o 18º onze inicial diferente em 23 jogos. Destaco o facto de Rodriguez ter ganho preferência sobre Nivaldo. Foi a 2ª vez que o peruano foi titular em 2 jogos seguidos.
Foi a 14ª vez em que Nuno fez a 3ª substituição depois do minuto 85. Em 7 ocasiões vencíamos, mas numa delas acabámos por empatar (jornada 5 contra o Porto em casa). Em 3 jogos estávamos empatados e em 4 perdíamos.

Confirmado: Hassan não joga na Luz

O Egito ganhou o segundo jogo e apurou-se para as meias finais (26 de Março). O avançado não jogará frente ao Benfica.
Hassan continua sem marcar na competição.

Os golos de Tarantini

Desde que Tomás deixou o Rio Ave que Tarantini deixou de marcar. Coincidência ou algo mais? Se é algo mais, tanto pode ser falta de sorte (ou azar, o que não é a mesma coisa...) como a falta de... Tomás. Ontem na Linear, Carlos Costa dizia que o médio se ressente da falta dos movimentos do ponta de lança, que não lhe deixam espaços para entrar e rematar.

Há 5 jogos sem ver o padeiro - Corrigido

Sim, há 5 jogos que não vencemos (e não 4... Obrigado Paulo!). Ultimamente os adversários ouvem o nosso nome e pensam logo que vão pontuar.

Voltámos a não marcar golos e em sentido inverso sofremos pelos 9º jogo seguido. A última vez que não sofremos golos foi em Barcelos na jornada 14.

Dois castigados para o jogo com o Benfica

Filipe Augusto e André Vilas Boas vão falhar a deslocação à Luz. Augusto viu o 5º amarelo, enquanto Vilas Boas foi expulso do banco. Wires continua à bica com um total de 8 amarelos.

Uma quebra psicológica da equipa?

Acredito que o Rio Ave ainda ganhará mais dois ou três jogos até final da época e que ficará nos oito primeiros, mas depois do que se viu frente ao Moreirense parece-me que se pode falar numa quebra anímica da equipa.
Nuno ainda usou - e bem - a jogada psicológica da luta pelo 5º lugar, mas dá a ideia de que a equipa, no seu íntimo, já não acredita.
Muito mais do que termos perdido, no domingo o que me chocou foi uma apatia quase geral, como se os jogadores estivessem já a pensar nas férias.
Espero, sinceramente, que não seja isso, que tenha sido apenas um dia muito mau (porque já houve outras derrotas em Vila do Conde esta época em que sem termos jogado bem até merecíamos ganhar; domingo nada disso aconteceu);

19.3.13

Por na agenda

Benfica - Rio Ave, sábado, dia 30, às 20h30h
(antes, às 15h, o Rio Ave joga no Seixal com o Benfica, em juniores)

Xavier, conhecem?

Liverpool??????
Eu não.
(Trata-se de um atleta juvenil, sub-17, que chegou ao Rio Ave em dezembro, vindo do Boavista; e pelos vistos tem um bom empresário...)

Futsal: seleção chama Vítor Hugo

Justo!

Os lenços brancos causaram perplexidade

(em O Jogo de hoje)

Futsal: próximo jogo é com o Sporting (CORR.)

domingo de manhã (11h20)
Transmissão na RTP
Afinal o jogo é sabado, às 18h, e sem transmissão.

Nuno, o caminho para o divórcio

Caro Nuno,

eu não sou daqueles que fica muito tempo a carpir mágoas. Quando algo não está como quero, corto o mal pela raiz. Não quero com isto dizer que acho que se deve ir embora. Não! Eu não agito lenços brancos, que exagero!, as coisas são para colocar em perspectiva, nem quero que se demita. O título deste postal é só pra enganar, mas também pode ser lido como uma espécie de pré-aviso. A verdade é que o Nuno não deve andar distraído (embora às vezes o pareça com a análise que faz aos jogos) e por certo já notou que há um virar de costas ao seu trabalho por causa dos resultados em casa. 

Como rioavista preocupado com a situação, em vez vir para aqui para lhe apontar um dedo acusador, venho para lhe sugerir algumas medidas:

1 - peça ao presidente para pintar o estádio de outra cor, para retirar os símbolos do Rio Ave ou até para lhe mudar o nome;
2 - passe a treinar naquele relvado magnifico que existe nas novas instalações da Agros; assim pelo menos dava-se-lhe algum uso prático;
3 - sugira ao presidente que os jogos em casa sejam em Melgaço. Porquê Melgaço? Porque gosto de Melgaço e sempre podíamos depois celebrar vitórias ou esquecer derrotas com dois copos de Alvarinho; ou já agora em Grândola que anda muito na moda, apesar de eu desconhecer se há por lá alguma "pomada" digna de registo;
4 - se não fôr possível fazer os jogos em casa em Melgaço ou em Grândola, use o balneário dos "Visitantes" sempre que jogar em Vila do Conde. E já agora, passe a usar também o banco do "Visitante". Se achar necessário, mande os bancos para o lado da bancada descoberta. Pode ser que assim consiga enganar os jogadores e os convença que estão a jogar fora.

Na esperança que as minhas sugestões possam trazer as vitórias tão desejadas, despeço-me com amizade.

Rioavistas saudações,

Gil, sócio 1414

Tarantini é mais uma vez o rei da jornada

Melhor jogador da jornada: Tarantini!
33 pontos para o médio, mais três do que Oblak.
Seguem-se  Marcelo, com 29 e Lionn com 27.
O titular menos pontuado não foi um mas dois: Filipe Augusto e Diego Lopes.
Nenhum suplente conseguiu mais do que 17 pontos, no caso Del Valle.

18.3.13

Colombo & Zappa - 68

Ainda os lenços brancos de ontem

Há pouco perguntaram-me se o facto de nada ter dito neste texto era uma forma de apoio a quem quer ver Nuno fora do Rio Ave.
Eu, que pensava que a minha opinião estava bem clara aqui, aproveito para dizer:
- nunca defendi nem defenderei a saída de um treinador que cumpre os objetivos. Outra coisa completamente diferente é uma eventual renovação, mas este não é ainda o momento para se falar nisso.
Nuno já nos deu várias alegrias e temos 30 pontos. Ponto final.
O que não impede uma avaliação muito crítica do que aconteceu ontem.

Ainda a derrota dos juniores em Setúbal

Novamente sem Silvério, mas com João Paulo no eixo da defesa;
Nuno Santos cumpriu castigo: ataque com Bahia, Eloy e Pena (Lord entrou aos 75 minutos).
Mateus estreou-se como suplente utilizado.
(quem viu diz que o empate seria mais justo)

Feliz contra Ricardo Martins

Feliz está a revelar uma faceta goleadora! Ontem marcou mais um pelo Ribeirão, no duelo famalicense. Mas a equipa onde alinham Paiva, André Carvalho e Ricardo Martins ganhou por 4-2, com um golo de Kuki.
(terceiro golo de Feliz neste regresso ao Ribeirão)

St. Mirren ganha a Taça da Escócia e Esmael volta a marcar

3-2 no final e mais um golo do avançado emprestado pelo Rio Ave!
(sexto golo desde que chegou)
PS- retirei isto do Facebook; muito bem Esmael (que não chegou a jogar com Fábio Faria)

(23j Moreirense) O comentário ao jogo de ontem

Não me lembro de, por opção, ter retardado tanto o comentário ao jogo. Preferia não ter de escrever, mas penso ser uma falta de respeito para com os nossos leitores.
Assim, e acrescentando que apenas me refiro ao jogo de ontem, aqui vai:
- o Rio Ave entrou a perder, com o esquema tático desenhado por Nuno (uma espécie de 4-4-2 tosco]. Braga não era nem segundo avançado nem ponta de lança; Ukra estava na direita, isolado, Diego Lopes não seria titular no Benfica B (independentemente de poder vir a evoluir muito).
- Nos primeiros 45 minutos, o Rio Ave teve três lances na área e apenas um podia ter dado golo. É muito pouco. A equipa esteve apática, desinspirada e, apesar da candidatura ao 5º lugar, pareceu desmotivada.
- No segundo período não estivemos melhor: as substituições de Nuno em nada resultaram e parece ter-se abatido um desânimo quase geral. Um ou dois lances de perigo é muito pouco.
A Nuno, neste jogo, dou nota zero - não foi capaz de montar uma equipa com ambição, não encontrou soluções ao longo do jogo e penso que é de questionar o facto de termos ficado sem dois pontas de lança (Tomás e Esmael) sendo previsível a convocatória de Hassan para o campeonato sub20 africano. Falta de planeamento? [nota: não questiono o empréstimo de Esmael, que agora seria fácil de fazer, mas quase de um momento para o outro termos ficado sem alternativas - e sem ter havido lesões].
Também critico Nuno pela incapacidade de, semana após semana, construir uma equipa que ganhe jogos em casa.
Resultado justo?
O Moreirense foi mais competente, fez o que o seu treinador pediu e marcou um golo. Nós fomos incompetentes, por isso...
(muitas vezes no futebol confunde-se querer com atitude; se fosse por querer, eu e muitos Rioavistas eram titulares; atitude é mais do que isso; e isso faltou a quase todos. Tarantini disso não pode ser acusado)

PS - insisto: não misturo uma análise mais global da época com este jogo ou com um jogo em concreto.

(23ªj Moreirense) Um-a-um: só Tarantini (e vários zeros)

(uma nota prévia: para a nota ser positiva [3] não basta não jogar mal, é preciso jogar bem; e o que aconteceu ontem é que alguns jogadores não jogaram mal mas também não jogaram bem; outros, só jogaram mal; por isso - e pela primeira vez desde que dou notas - há vários jogadores com zero pontos)
Oblak, Lionn, Marcelo, Rodriguez, Wires: 2 pontos (lá está, não jogaram mal mas também não fizeram nada que se distinguir)
Tarantini: 3 (o único que merece nota positiva, o único que fez realmente alguma coisa para se distuinguir)
(galeria zerozero)
Edimar, Ukra, Tope: 1 (no caso de Edimar, onde estava no golo do Moreirense? no caso de Ukra, foi dos mais lutadores, mas saiu alguma coisa bem? Tope não teve tempo para mais)
Braga, Diego Lopes, del Valle, Filipe Augusto, Bebé: 0 (só jogaram mal)

17.3.13

Nuno não viu o mesmo jogo que a maior parte dos Rioavistas!

Não só não pediu desculpa pela exibição lamentável da equipa como disse, no final, que «Iniciamos o jogo bem, controlamos e tivemos bastantes ocasiões para conseguir concretizar. Mantivemos bom equilíbrio, conseguimos criar, mas não fomos eficazes».
Bastantes ocasiões?
Uma!
«Iniciámos o jogo bem»?
Nos primeiros 20 minutos nem à área adversária quase fomos!
Esta leitura do jogo é preocupante!

Futsal: empate a um golo

Excelente jogo do Rio Ave, que lutou muito para conseguir empatar e só não ganhou porque a equipa adversária teve aquela "mija" que lhes permitiu segurar tudo. Gostei muito da atitude da nossa equipa que tudo fez para ganhar, frente a um adversário igualmente de qualidade.
O mais importante: o Rio Ave não acusou psicologicamente a falta de Cardinal e vimos grandes exibições de Formiga, Israel e ... Coelho. Sim, voltou em grande!

Futsal: Rio Ave perde 1-0 ao intervalo

Bom jogo, com o Rio Ave a ter boas oportunidades mas a não conseguir marcar. Já o Fundão, que é uma boa equipa, teve mais sorte e mais acerto.
Um bom jogo, que podia esta empatado, mas em que nos faltou uma ponta de sorte.

Contra o Moreirense, um a um

Oblak, Edimar, Rodriguez, Marcelo, Lionn - 3
Wires 2
Ukra, Diego Lopes, Braga, Filipe Augusto, Bebé, Del Valle, Tope, 1
Tarantini 4. E vai ser o unico jogador com direito a comentário. Não fez um jogo brilhante, mas foi o unico jogador que se destacou positivamente, seja porque teve a atitude correcta, seja porque esteve em todo o lado a fazer tudo e  a faze-lo bem.

23j- Mas que pobreza franciscana!

O Papa Francisco deve estar a rezar pelo Rio Ave, porque quando se evoca os pobres algures no canto do dicionário da bola há-de aparecer o nome do Rio Ave desta tarde na definição de pobreza. A ausência de Hassan explica alguma coisa? O vento?  Alguma coisa sim, mas pouquinho. O problema é de estrutura, de incapacidade de jogar contra equipas que não dão espaços e que nos entregam o controlo do jogo. Esta tarde foi desanimador. Nuno leva nota 1. A equipa nunca funcionou, nunca teve rasgos, soluções, criatividade. Para ir à Europa é preciso muito mais. Espicaçar os jogadores não funcionou. Eu que achava que Nuno tinha estado bem a assumir a candidatura não acreditava que conseguissemos e agora mais céptico estou.

Nuno viu lenços brancos à saída do relvado

(e isso já não se via em Vila do Conde há muito tempo; anos?)

Rio Ave perde com o Moreirense 1-0

Jogo miserável, provavelmente o pior da época (mas já são tantos os mas jogos que começa a ser difícil escolher o pior).
Tudo saiu mal, a uma equipa desanimada, sem força e em que parece que alguns jogadores não entraram em campo.
O Moreirense marcou na única oportunidade de golo, mas o Rio Ave na segunda parte não teve uma oportunidade a serio.
Escrevo estas linhas ainda na bancada, mas espero que Nuno peça desculpas aos Rioavistas daqui a pouco. Foi uma exibição inadmissível.

Empate a zero ao intervalo com o Moreirense

Mais um mau jogo (pelo menos uma má primeira parte...) que se resumiu a dois lances perigosos, defendidos por cada um dos guarda-redes.
Um jogo muito confuso, com o Rio Ave a ter muitas dificuldades em organizar o ataque. Tudo muito confuso, muito denunciado e sem, parece, forças.
O 4-4-2 não está decididamente a funcionar.

ps - cheguei a ter saudades do futebol da época passada!

Nivaldo e Bebe no banco

Braga, Rodriguez e Diego Lopes no onze. 4-4-2 em perspectiva?

Egito ganha 2-1 e Hassan foi titular

Não marcou, mas teve um pontapé ao poste.

FC Porto vai desistir da Taça da Liga?

Pinto da Costa, em declarações ao Porto Canal, disse estar a pensar o que fazer com o facto de ter sido a Liga de Clubes a recorrer da decisão que permite ao FC Porto continuar na Taça da Liga; O presidente dos portistas deixou no ar a ideia de desistência.

Ainda o sexto lugar (CORR) +ATUAL

O nosso leitor e amigo VP complementa estas informações com mais estas:

«No caso do V. Guimarães não vencer a final da Taça, não teremos ninguém a entrar diretamente na fase de grupos da Liga Europa.
Nesse cenário, tal como o Paços em 2009/10, Marítimo em 2010/11 e Nacional em 2011/12, em teoria o Rio Ave entraria na 2.ª pré-eliminatória e teria de passar 3 adversários até chegar à fase de grupos [e não dois como escrevi].
O triunfo da Académica no Jamor mudou tudo para 2012/13, dado que agarrou a vaga do Cup Winner e puxou os outros um patamar para cima.
Por isso só teremos certezas a seguir à final da Taça, até porque podemos ficar em 6.º com o V. Guimarães abaixo na tabela e precisarmos que eles percam mesmo para entrar na 2.ª pré. Cenário ainda muito volátil. Vamos ver no que dá»
Obrigado

ATUALizo a 18/3/13, com mais dados: «O atual modelo uefeiro para a Liga Europa implica 3 pré-eliminatórias mais o que eles chamam playoff. Ou seja, a ronda decisiva que dá acesso à fase de grupos e onde já entram clubes que chegam das prés da Champions. O melhor exemplo para aplicar à realidade rioavistas é o do Marítimo de 2010/11, que eliminou o Sporting Fingal, Bangor City e depois levou um arrepio do Bate Borisov. Seria um pouco essa a nossa sorte. Com o ranking elevado de Portugal éramos capazes de ter adversários acessíveis, mas depois no playoff já seria preciso botar abaixo um cabeça-de-série... O pior disto? Começar a competir oficialmente por volta de 15 de julho, com viagens possivelmente aborrecidas pelo meio, algo que não está no ADN rioavista e que obrigaria a iniciar os treinos a meio de junho ou quanto muito na 3.ª semana»



16.3.13

Juniores perdem em Setúbal

A equipa acabará por ganhar um ou dois jogos, acredito, mas o objetivo será, penso, fugir ao último lugar da fase de campeão. Apenas por questões simbólicas.
Para já, e ao quinto jogo, segunda derrota.

(23ªj Moreirense) Na máxima força

Nuno chamou 18:
Guarda-redes: Oblak e Ederson
Defesas: Rodriguez, Nivaldo, Edimar, Lionn, André Costa e Marcelo.
Médios: Tarantini, Braga, André Vilas Boas, Filipe Augusto, Diego Lopes e Wires
Avançados: Ukra, Del Valle, Tope e Bebé

Notas: Jeferson (lesão) e Hassan (seleção) são os unicos indisponiveis;
O que quer dizer que Rafa, André Dias e Pateiro ficam de fora por opção.

Benfica já vende bilhetes para o jogo com o Rio Ave

... mas sem dia nem hora!

15.3.13

Rio Ave - Porto na taça da Liga

O Conselho de Justiça decidiu manter a primeira decisão e o FCPorto vai mesmo defrontar o Rio Ave na Taça da Liga. Mais uma vez se prova que para certas equipas as leis são especiais... 

Rui Jorge voltou a esquecer-se de André Costa

O selecionador sub21 esqueceu-se novamente de convocar André Costa para a seleção de sub21.
Só pode ter sido distração. Se na última convocatória, André não estava a jogar, para esta Rui Costa não deveria ter ignorado os dois jogos que fez.

Eu e o apuramento europeu

Abro uma exceção e republico na íntegra o texto que escrevi para o Terras do Ave desta semana (crónica mensal sobre o Rio Ave):

O Moreirense vem para o empate

... e se nós não mudarmos alguma coisa ainda se arrisca a sair de Vila do Conde com três...

Nuno e o 5º

«É um objetivo possível, tendo em conta que ainda estão 24 pontos em jogo. Independentemente do que as outras equipas possam fazer, temos de nos focar em conquistar os pontos suficientes para poder garantir esse lugar»,

Tarantini, o (super) homem de Nuno

O Rio Ave soma esta época 29 jogos (22+5+2 da Taça de Portugal).
O jogador mais vezes solicitado por Nuno é Tarantini, com 26 jogos. E sempre titular.
Ou seja, falhou apenas três (um deles por castigo, nenhum por lesão).
Edimar, Wires e... Braga surgem logo a seguir, com 25. Mas enquanto Edimar foi titular nos 25 jogos, Braga só o foi em 16 (23 para Wires).
Marcelo e Ukra fizeram 24 jogos - e mais uma vez a diferença, Marcelo sempre a titular, Ukra 'só' em 20.
PS - Tarantini também era um imprescindível para Brito. Mas qualquer um reconhece que as diferenças são muitas. E não apenas pelos sete golos que Tarantini já marcou esta época. Com Brito era sobretudo o homem das compensações defensivas e dos equilibrios no meio campo; com Nuno é isso e muito mais. Não por acaso foi o melhor jogador da equipa em três das últimas seis jornadas (e falhou uma por castigo...); nestas seis jornadas não marcou qualquer golo e isso não o impediu de se destacar!

Um grande Rioavista

A entrevista de João Alvão, ontem na Linear, foi deliciosa.
Ouvimos alguém que dedicou/dedica uma parte da sua vida ao Rio Ave, sendo nesta altura diretor (futsal jovem), jogador dos veteranos e ainda treinador dos guardas-redes de futsal jovem.
Além do mais João Alvão foi nosso jogador (guarda-redes) na década de 70.
São estes casos, de gente que trabalha pelo e para o Rio Ave sem nada receber, que nos enchem de orgulho.
(varias imagens em que aparece João Alvão aqui)

Amanhã o primeiro jogo de Hassan

Gana-Egito, 19h30 (na Argélia).
Acompanhar tudo da CAN Sub20 aqui,

14.3.13

O objetivo europeu para ganhar o jogo de domingo

A Bola de hoje lembra que Nuno assume o objetivo europeu após o empate na Madeira que contribuiu para a pior sequência da época (quatro jogos sem ganhar, somando apenas dois pontos).
Eu, que pensava que Nuno o ia fazer antes do jogo com o Estoril, como forma de subir os níveis de motivação e responsabilização dos jogadores, percebo que o faça agora - temos um jogo para ganhar domingo e todos os trunfos são necessários.

O sexto lugar dá acesso à Europa?

Se o Guimarães ficar à nossa frente e for à final da Taça de Portugal, o sexto lugar dará acesso à Liga Europa (diz A Bola, que não esclarece se será à terceira pré-eliminatória)

Teremos um Rio Ave diferente no domingo?

Tirando os jogos com o Sporting (que, infelizmente para eles, pouco conta...), e aqueles com o Benfica e o FC Porto que não ganhámos, ainda ninguém saiu feliz dos Arcos esta época. Em alguns casos encolhemos os ombros com o empate, noutros ficámos mesmo zangados. Por isso a pergunta que todos os Rioavistas fazem nesta altura é - que Rio Ave vamos ter domingo?
Um Rio Ave dominador, que assuma as responsabilidades, que domine o meio campo e que... ganhe ou um Rio Ave frouxo, desinspirado, confuso?
Só Nuno e os jogadores podem dar a resposta.

Futsal: Preparar a próxima época

Uma das vantagens da boa época da equipa de futsal é podermos começar a preparar, atempadamente, a próxima época.
E, mais do que no futebol, onde a oferta é muita e diversificada, fazer uma equipa a tempo pode fazer toda a diferença.
Raul Moreira já mostrou que tem bom conhecimento da realidade e que sabe construir uma equipa com pouco dinheiro.
Assim a Direção lhe dê meios para, pelo menos, manter o nível desta época

13.3.13

Estatística 22: Tarantini destaca-se mais um pouco

Tarantini foi o nosso jogador mais pontuado da semana. É a sexta vez que tal acontece em 2012-2013. O nosso médio aumenta assim para 13 pontos a vantagem que tem para o 2º classificado que é Oblak. Edimar fecha o pódio. São os únicos 3 jogadores já com mais de 600 pontos acumulados. Nos 11 melhores Nivaldo subiu ao 8º lugar por troca com Lionn.

No resto da tabela apenas mais uma alteração: Hassan passou Bebé e é agora o 14º mais pontuado.

Futebol e futsal: dois em um

Depois da boa experiência (pelo menos para o futsal...), do último jogo em casa, também o jogo com o Fundão foi adiado para domingo, no final da partida com o Moreirense.
Teremos direito a duas vitórias?

Estatística 22: Na classificação tudo na mesma

A tabela classificativa continua igual, pelo menos para nós. 6º lugar, 13 pontos de vantagem sobre o 15º lugar.

Se - ACT

eles lessem o nosso blogue, veriam que estão errados!

- ACT: já corrigido.

Futsal: o jogo mais importante da época

Os jogos mais importantes da época ainda estão para surgir, serão os dois (três?) do play off, mas até lá o jogo deste sábado frente ao Fundão é o mais importante de toda a época.
Porque é o nosso adversário direto e ganhou-nos na primeira volta, porque precisamos dessa vitória para garantir o terceiro ou quarto lugar e porque não temos Cardinal e a equipa tem de ter a mesma reação que teve na Luz;
Não temos obrigação de ganhar ao Benfica ou ao Sporting, mas ao Fundão sim!
Sábado Domingo lá estarei!

PS - por falar em jogo com o Benfica, o comentador da RTP dizia durante a transmissão que o Rio Ave se apresentava frente ao Benfica com menos 150 treinos,  e que isso fazia toda a diferença, por não ser uma equipa profissional (uma realidade que não existe no futebol).

Estatística 22: Penalty!

Ainda não fiz a devida pesquisa, mas não me recordo do último jogo do Rio Ave em que o resultado final foi ditado pela marcação de penalties para ambas as equipas. Esta temporada foi o 7º penalty contra nós que resultou em golo num total de 9 já assinalados. A nosso favor foi o 3º golo.

Já na 1ª volta o Nacional beneficiou de uma grande penalidade no jogo com o Rio Ave. Na altura Oblak defendeu!

Oito penalties, cinco seguidos

Record e O Jogo dão hoje destaque ao facto de o Rio Ave ser a equipa com mais penalties sofridos (oito, juntamente com o Olhanense) e de ter sofrido cinco nas últimas quatro jornadas.
Não é um facto a que devamos ficar alheados, mas importa dizer que tem havido em vários destes penalties culpa própria - alguns sofridos de forma infantil.

A primeira e a segunda volta de Edimar

Edimar é um dos melhores jogadores do Rio Ave e um defesa esquerdo de top - um dos cinco melhores do campeonato, do meu ponto de vista.
Mas é forçoso reconhecer que esta segunda volta está a ser menos brilhante do que a primeira.
Menos audaz no ataque? Menos confiança? Alguma desmotivação?

O funeral do Tozé

O Rio Ave fez-se representar ao mais alto nível (com o presidente, presidente-adjunto e vários vice-presiedntes) ontem no velório do nosso ex-médico.
Logo no funeral será a mesma coisa.
Aplauso.

Estatística 22: retomado o caminho dos pontos.

A 2ª volta começou com 4 jogos seguidos sempre a pontuar, mas duas derrotas seguidas abrandaram o nosso ritmo. O empate na Madeira reposiciona-nos na direcção certa. Ainda por cima, agora que Nuno assumiu a candidatura a um lugar europeu, o Rio Ave ficou com vantagem directa sobre o Nacional.

Ainda a propósito do Nacional, coincidências entre os jogos das duas voltas: 1 penalty para cada lado em ambos os jogos e Manuel da Costa também expulso tanto cá como na Madeira.

Estatística 22: Rodriguez titular pela 4ª vez

Rodriguez foi utilizado pela 4ª vez a titular contra o Nacional. O central foi apenas utilizado pela 5ª vez, num total de 9 vezes em que foi convocado. Marcelo jogou a defesa-direito em consequência da lesão de Lionn. O lateral ressentiu-se da lesão muscular e acabou por ser o "19º jogador", a 2ª vez que tal lhe acontece esta temporada.

12.3.13

Colombo & Zappa - 67

A opção por Marcelo frente ao Nacional

Nuno tinha André Costa, que fez os dois últimos jogos, disponível. Mas optou por Marcelo, como lateral direito.
A opção surpreendeu e pode ser interpretada como menor confiança nas qualidades do jovem ex-Gondomar.
Eu não faço essa leitura.
Para mim, Nuno terá preferido um defesa em vez de privilegiar o ataque - é que André Costa é um lateral muito ofensivo e Marcelo pouco ou nada subiu no terreno.
Não terá resultado como se esperava, mas não foi uma opção disparatada.

Sem Hassan...

...o que irá fazer Nuno?
No Dragão jogámos em 4-4-2 (Hassan castigado), mas talvez não seja a melhor forma de ganhar ao Moreirense.
Pela lógica, precisamos de um ponta de lança - e a dúvida é quem será?
No início da época tínhamos três jogadores com características para o lugar (Tomás, Esmael e Hassan) e neste preciso momento nenhum.
Del Valle?
É o mais provável, mas reconheçamos que as várias tentativas feitas até hoje não têm resultado.
Bebé poderia ser outra hipótese, mas não me parece que tenha qualidades para ser um jogador de área.
Ainda vamos acabar no 4-4-2, com Braga e Diego Lopes a entrar entre os extremos.

Estatística 22: uma novidade para Marcelo

Marcelo é a par com Olblak o jogador do Rio Ave com mais minutos na Liga. O que nunca lhe tinha acontecido até domingo era jogar a defesa-direito. Foi uma estreia. Essa opção de Nuno fez com que o onze inicial de domingo fosse o 17º utilizado pelo treinador. André Costa que tem jogado a lateral na ausência de Lionn desta vez não foi a primeira escolha para o lugar.
Noutra nota, Bebé foi substituído pela 7ª vez consecutiva. Das 10 utilizações que leva na Liga sendo 9 a titular, Bebé só uma vez completou os 90 minutos de um jogo.

Morreu o dr. Pacheco Ferreira

Médico do Rio Ave durante cerca de 25 anos, sucumbiu à doença.
Ainda há algumas semanas o vimos na bancada, assistindo a mais um jogo do seu Clube (pelo Rio Ave até se especializou em medicina desportiva).
Amigo pessoal do Tozé (e seu paciente), escrevo estas linhas duplamente penalizado.
Espero poder associar-me a uma homenagem póstuma no domingo no Estádio.

Tarantini volta a ser o rei

Está a ser uma época fantástica para Tarantini!
Voltou a ganhar o Rei do Ave e a ser o melhor da jornada.
29 pontos para o médio, 28 para Ukra.
Seguem-se Oblak, Edimar e Nivaldo, com 27.
Bebé, com 18 pontos, voltou a ser o titular menos pontuado, menos do que os 21 de Del Valle e Diego Lopes, dois suplentes utilizados.

11.3.13

Diálogos imaginários 47

- Se me perguntarem porque é que meti o Braga ontem aos 89 minutos?
... respondo que o Brito também meteu o Saulo em Santa Maria da Feira...

Ainda o empate dos juniores

Em complemento a isto:
- Silvério não jogou e regressou João Paulo.
- Lord voltou a ser titular (com Nuno Santos e Bahia), mas os nossos dois golos foram marcados por Ruben e Pena;
- Zé Diogo foi suplente utilizado;
- Nuno Santos foi expulso;

Ainda as SAD e os investidores

Volto ao texto do nosso vice-presidente Pedro Soares para deixar mais umas notas: tanto quanto percebo a argumentação é construída no pressuposto de que haverá investidores.
Insisto: a minha opinião é mais 'filosófica' (sobre o tipo de Clube que queremos), mas não deixo de questionar que a opção pela SAD cairá se não aparecerem investidores. E como viverá uma SAD sem investidores? Haverá investidores interessados em apostar no Rio Ave?
Teremos, por exemplo, um tecido empresarial na nossa zona capaz de fazer com o Rio Ave o que a Associação Empresarial de Paços de Ferreira está a fazer com o clube deles? (mesmo que desconheça quanto vale a mudança de 'naming')?

Vítor estreia-se a titular na goleada do Videoton

Depois da primeira chamada à equipa, na semana passada, Vítor Gomes foi titular este fim de semana. E logo com uma goleada fora por 4-0!

Paixão e Machado

Os nossos dois 'amigos' juntaram-se bem...
«Bruno Paixão, que é um excelente árbitro, mas que tem, de facto, uma particularidade na forma como olha para o jogo: olha para o jogo como o Vítor Gaspar olha para os números, ou como o Passos Coelho olha para a gestão deste país, tentando olhar para a aritmética sem ver aquilo que se passa na realidade»

PS - indiscutivel o penalti cometido por Rodriguez (tal como o outro); o nosso jogador nem tenta jogar a bola. Há uma falha geral e grave da defesa (depois de Bebé ter perdido a bola), mas talvez o peruano pudesse ter tentado jogar de outra maneira; ver imagens aqui


10.3.13

Nuno acaba de assumir objetivo europeu (ATUALx2)

Na conferência de imprensa no final do Nacional-Rio Ave o nosso treinador assumiu a luta pelo 5º lugar que dará acesso à 3ª pré-eliminatória da Liga Europa.
"Quando já decorreu boa parte do campeonato, estamos no quinto lugar e assumimos que queremos esta posição e vamos lutar por isso."
mais:
«Quando já decorreu boa parte do campeonato, a partir do segundo terço que estamos no quinto lugar, quando faltam oito jogos assumimos que queremos o quinto lugar e vamos lutar por isso (...) Nunca podíamos perspetivar um futuro sem querer uma coisa que ainda não temos. Temos 30 pontos, o primeiro objetivo está conseguido, e, por isso, agora temos mais um objetivo. (...) Temos um sonho: o nosso sonho chama-se a Taça da Liga. Nós temos uma meia-final da Taça da Liga para jogar e temos o sonho de estar na final», assumiu o jovem treinador do Rio Ave»

Juniores continuam sem ganhar (2-2 ao Nacional)

Perante aquela que parece ser a equipa mais fraca da fase final, o Rio Ave desperdiçou a oportunidade de somar a primeira vitória.
Terceiro empate em quatro jogos.
Mesmo assim, continuo a dizer, o balanço é positivo.
Na próxima semana vamos a Setúbal, tentar a primeira vitória.

(22j Nacional) Rio Ave empata no Nacional

1-1
O Rio Ave esteve a perder (penalti, segundo os relatos, provocado por Rodriguez) e empatou  também de penalti (Hassan).
O Nacional esteve os últimos 15 minutos a jogar com nove.
Lionn ressentiu-se e Marcelo foi o defesa-direito; Filipe Augusto foi o pivô atacante do meio campo (Braga e Diego Lopes no banco).
Um empate fora, perante uma equipa candidata à Europa, é um resultado positivo.
Um empate perante uma equipa que jogou tanto tempo com nove parece pouco.
Terá Nuno feito tudo o que podia/estava ao seu alcance para chegar à vitória?
É o terceiro penalti seguido que o Rio Ave provoca e que acaba por ser determinante na perda de pontos.

Futsal: derrota por 4-2 na Luz

Excelente segunda parte do Rio Ave até ao momento em que o Benfica fez o 3-2, numa oferta de Israel. A partir daí o Rio Ave ja nao conseguiu reagir e o adversário ainda aumentou.
Bom jogo do Rio Ave, que só falhou nas desatenções individuais. Não foi apenas a oferta de Israel (no 3-2), também Fábio voltou a ter uma desatenção, que originou o 1-0 do Benfica.
O Rio Ave teve várias oportunidades de golo (as melhores oportunidades até ao 3-2 são nossas) que não concretizou. Podíamos nós ter feito o 3-2 e acabámos por sair derrotados.
Nota positiva, perante um adversário que tem melhores jogadores mas não melhor treinador.
O melhor em campo: Vítor Hugo, apesar da boa exibição de Formiga (aquele golo falhado!!!) e da subida de rendimento de Coelho.

PS - Cardinal fez falta? O melhor jogador do campeonato faz sempre falta e com ele em campo podiamos ter ganho; esteve no banco os 40 minutos e portou-se muito bem!

Futsal: empate a 2 golos ao intervalo

E estivemos a ganhar 2-1, mas consentimos o empate a 15 segundos do fim.
Um Rio Ave muito personalizado, a defender muito bem e a dispor de algumas oportunidades para marcar.
Vítor Hugo defendeu uma grande penalidade.
Formiga marcou o nosso primeiro golo.

Juvenis ganham ao Varzim e são campeões de série

2-1.
Campeões de série a duas jornadas do final.
Imagens do segundo golo e da festa!

Parabéns de todos os Rioavistas.
(mais aqui)

Futsal: Rio Ave, a equipa surpresa

diz a RTP; que veio a Vila do Conde perceber o que se passa.

PS - a reportagem da RTP fala numa coisa interessante, os custos desta época; julgo não estar errado se disser que 12-13 custa o mesmo do que 10-11, a época anterior na primeira divisão. As diferenças estão à vista...

Do nosso amigo Machado...

«Rio Ave está a fazer carreira brilhante»

Outras do nosso amigo...

9.3.13

«Centro de Formação do Rio Ave FC»

Chama-se assim, agora?
Posso andar distraído, mas parece-me a primeira vez que leio esta expressão (nada contra, como é evidente).

A propósito, jogo dos juvenis com o Varzim logo às 15h