30.11.12

A visita às escolas

Coincidindo com a excelente classificação, tem havido nas últimas semanas a deslocação regular de jogadores a escolas de Vila do Conde (e não apenas da cidade) e a instituições dedicadas a crianças (como a Casa da Criança).
Aplausos.
Espero que essas visitas sejam acompanhadas pelo esforço de tornar, aqueles jovens que o queiram, sócios do Rio Ave.

Balanço do primeiro terço da Liga - 5

Braga lídera a tabela dos titulares mais substituído, o que acontece em 80% das suas participações. Com a mesma percentagem de substituições está Esmael em terceiro lugar desta lista.

Titular  Substituído
Braga 10 8
Wires 10 5
Esmael 5 4
Felipe Augusto 10 3
Yonathan del Valle 4 3
Ukra 4 2
Edimar 10 1
Lionn 9 1
Tarantini 10 1
Diego Lopes 1 1
Tomás 7 1
Oblak 9 0
Ederson 1 0
Rafa 0 0
André Dias 0 0
Nivaldo 9 0
Jeferson 1 0
Marcelo 10 0
Rodriguez 0 0
André Costa 0 0
Vilas Boas 0 0
Soares 0 0
Vítor Gomes 0 0
Pateiro 0 0
Feliz 0 0
Tope 0 0
Hassan 0 0
Renato Santos 0 0

Balanço do primeiro terço da Liga - O "caso" Rodriguez

É possível que o jogador menos utilizado seja aquele que destacamos? Sim, por causa disso, precisamente.
Para o campeonato, o defesa fez 11 minutos (em Braga) e passou o resto do período ou lesionado ou pelo menos não convocado.
No dia em que se soube da notícia, escrevi aqui que podia ser a desilusão da época, mas que esperava o contrário. Para já não podia ser pior. Ainda virá a ser o titular que ASC antecipava?

PS - como se não bastasse, ficou fora da foto oficial.

Balanço do primeiro terço da Liga - 4

Marcelo, o único totalista de minutos desta Liga, é obviamente o líder da tabela dos jogadores que sendo titulares não são substituídos.


Titular Não Substituído
Marcelo 10 10
Oblak 9 9
Edimar 10 9
Nivaldo 9 9
Tarantini 10 9
Lionn 9 8
Felipe Augusto 10 7
Tomás 7 6
Wires 10 5
Braga 10 2
Ukra 4 2
Ederson 1 1
Jeferson 1 1
Esmael 5 1
Yonathan del Valle 4 1
Rafa 0 0
André Dias 0 0
Rodriguez 0 0
André Costa 0 0
Vilas Boas 0 0
Soares 0 0
Vítor Gomes 0 0
Pateiro 0 0
Diego Lopes 1 0
Feliz 0 0
Tope 0 0
Hassan 0 0
Renato Santos 0 0

Do jogo dos juniores

e da excelente vitória em Coimbra.
Confirmou-se a lesão de Baldaia, que falhou o primeiro jogo. E a estreia a titular de Nelson Monte.
Agora é preciso ganhar ao Braga, amanhã.

Os bons resultados de Paulo Morim

Os nossos ex são sempre nossos, mesmo quando estão... na Póvoa!
É o caso de Paulo Morim e dos ex-jogadores que o acompanharam esta época.
O Póvoa Futsal está em segundo lugar no nacional da segunda divisão e em lugar de subida, com seis jornadas disputadas.
Lá teríamos de o derrotar na próxima época...

29.11.12

Rodriguez voltou a jogar

no jogo-treino com o Tirsense (2-2).

Tomás não afasta a hipótese de sair em janeiro

João Tomás sobre a hipótese de sair em janeiro, de aqui já se falou: «nesta profissão a mala tem de estar sempre preparada. Vamos ver. Não é coisa em que esteja a pensar, mas temos de ter essa possibilidade [em aberto]. (...) faz parte da nossa vida».

(caso se concretize, resta-nos aceitar e desejar todas as felicidades. Mas eu gostaria que João Tomás anunciasse que gostaria de acabar a carreira em Vila do Conde)

Balanço do primeiro terço da Liga - 3


Só há 4 jogadores que cumprem integralmente os 90 minutos de jogo sempre que são chamados a jogar. Desses 4 apenas metade, Oblak e Marcelo, tem sido habituais primeiras escolhas do treinador.

Média Minutos/Utilização
Oblak90,00
Ederson90,00
Jeferson90,00
Marcelo90,00
Edimar89,20
Tarantini88,60
Wires85,00
Felipe Augusto84,60
Lionn81,56
Nivaldo78,22
Braga77,50
Tomás73,33
Esmael63,50
Ukra62,57
Yonathan del Valle49,00
Diego Lopes42,50
Vítor Gomes20,00
Tope13,25
Vilas Boas12,60
Rodriguez11,00
André Dias8,00
Feliz1,00
Rafa0,00
André Costa0,00
Soares0,00
Pateiro0,00
Hassan0,00
Renato Santos0,00

Da ideia da SAD

O Rio Ave, como todos os clubes que não têm SAD, vai ter de tomar uma decisão, até 1 de Julho de 2013.
E mais cedo ou mais tarde vai ser preciso iniciar esta discussão.
Eu gostava de deixar desde já duas notas:
- sou, por princípio, contra a criação de uma SAD para o Rio Ave, por não acreditar no modelo, mas não deixaria de comprar algumas ações caso esta viesse a ser a solução adotada pelos sócios.

(contexto para compreender o que está em causa: «Desde 1997 até hoje, o clube que não quisesse constituir uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD), teria de ficar sujeito a um regime especial de gestão, não estando obrigado a constituir um modelo societário para participar nas competições desportivas profissionais. Uma situação que será alterada com o presente diploma, que obriga os clubes a optar entre dois modelos. Ou pelo já existente regime de SAD, ou por uma sociedade unipessoal por quotas, em que o clube será o único sócio, tendo total domínio da respectiva sociedade»

Balanço do primeiro terço de Liga - sobre Nuno

Nuno é claramente uma das surpresas positivas da Liga!
Ninguém, a começar pelo próprio (penso), admitiria terminar o primeiro terço do campeonato nos cinco primeiros lugares.
E as coisas até começaram mal, com uma derrota em casa frente ao Marítimo.
Mas desde a vitória em Alvalade foram quase só sucessos (com dois fracassos pelo meio: a goleada em Braga e a eliminação da Taça de Portugal).
A surpresa acontece porque Nuno começou a carreira em Vila do Conde e é no Rio Ave que está a aprender a fazer.
Dez jornadas depois é possível dizer que equipa absorveu as suas ideias, sendo que uma delas merece especial destaque: Nuno não gosta que os jogadores façam faltas para defender porque isso é sinal de que alguma coisa falhou no posicionamento, na solidariedade entre setores e no equilibrio defensivo. O Rio Ave é das equipas com menos faltas e com melhores resultados. Nuno conseguiu.
Outra ideia positiva: o recurso a vários sistemas táticos como trunfo para contrariar os adversários.
O dado menos positivo deste primeiro terço foi a avaliação que fez da importância de João Tomás nas primeiras jornadas. Felizmente para todos nós corrigiu a tempo.

Balanço do primeiro terço de Liga - 2


A lista dos jogadores com mais presenças não coincide com a dos jogadores com mais minutos somados. Nesta são 7 os reforços deste ano que aparecem entre os que têm mais tempo de jogo.

Minutos
Marcelo 900
Edimar 892
Tarantini 886
Wires 850
Felipe Augusto 846
Oblak 810
Braga 775
Lionn 734
Nivaldo 704
Tomás 660
Ukra 438
Esmael 381
Yonathan del Valle 343
Vítor Gomes 160
Ederson 90
Jeferson 90
Diego Lopes 85
Vilas Boas 63
Tope 53
Rodriguez 11
André Dias 8
Feliz 1
Rafa 0
André Costa 0
Soares 0
Pateiro 0
Hassan 0
Renato Santos 0

Posse dia 9 de Dezembro

A posse dos novos órgãos sociais está marcada para dia 9, às 10h30 no Auditório Municipal.

Balanço do primeiro terço de Liga - 1

Entre os 11 jogadores com mais presenças, 6 não estavam no Rio Ave na época que passou.

Total de Presenças
Edimar 10
Marcelo 10
Wires 10
Tarantini 10
Felipe Augusto 10
Braga 10
Oblak 9
Nivaldo 9
Lionn 9
Tomás 9
Vítor Gomes 8
Yonathan del Valle 7
Ukra 7
Esmael 6
Vilas Boas 5
Tope 4
Diego Lopes 2
Ederson 1
André Dias 1
Jeferson 1
Rodriguez 1
Feliz 1
Rafa 0
André Costa 0
Soares 0
Pateiro 0
Hassan 0
Renato Santos 0
0 0
0 0
0 0

28.11.12

Estatística da Liga: Subimos um lugar na classificação

Somos agora o 4º classificado e temos 10 pontos de vantagem sobre a linha de água. Esta é a nossa maior vantagem sobre os lugares de descida até à data. O Paços empatou ontem e ficou-se pelo 5º lugar. 

O Paços é de resto o nosso próximo adversário e ainda não perdeu fora de casa. Há sempre uma primeira vez e o nosso desejo é que isso suceda em Vila do Conde. 

Estatística da Liga: Tomás destaca-se nos golos

Tomás repartia a liderança dos melhores marcadores do Rio Ave com Tarantini, mas com este hat-trick em Setúbal distancia-se para ocupar, isolado, o lugar que tem sido meritoriamente seu nos últimos anos. O goleador vai em 7 remates certeiros, enquanto Del Valle se estreou e tornou-se apenas no 4º jogador a marcar esta época.

Destaco ainda as 4 assistências de Ukra e o facto de ainda não termos sofrido nenhum golo fora da grande área.

Estatística da Liga: de novo mudanças

A defesa era o sector que até agora estava mais estabilizado em 2012/2013, mas a lesão de Lionn e o castigo de Nivaldo vieram alterar este cenário. Nuno foi obrigado a optar por 11 jogadores que nunca tinham iniciado juntos uma partida. Foi o 7º onze inicial diferente desta temporada.

Jeferson estreou-se, Braga foi substituído pela 4ª jornada consecutiva, Del Valle foi substituído pela 3 vez em 4 titularidades e Vítor Gomes foi suplente utilizado pela 8ª vez, a 6ª consecutiva.

Estatística da Liga: o regresso às vitórias fora

E mais uma vez, conquistámos uma vantagem importante sobre um clube que costuma lutar por objectivos semelhantes aos nossos.

Foi o 7º jogo em que marcámos e o 7º em que sofremos, a 5ª vitória contra apenas 3 derrotas. E se repararem, o Rio Ave só perdeu com as equipas que têm a cor vermelha no seu equipamento. Caso para ir à bruxa?

Del Valle à espera da seleção venezuelana

Já aqui se tinha alertado, mas Del Valle reforça: «Já que as coisas me estão a correr bem aqui no Rio Ave, espero que me chamem e que tenham em conta o meu trabalho» (para o Rio Ave será bom, porque o jogadora se valoriza)

PS - O jogador prefere o 4-4-2, atrás do ponta de lança em vez de extremo.

Estatística da Liga: já só nos sobra um totalista

Tarantini foi substituído em Setúbal e com isso Marcelo é agora o único jogador com todos os minutos somados nesta Liga 2012/2013. Com o castigo de Nivaldo pela expulsão com o Arouca, os totalistas de presenças são agora 6.

Wires continua a aguentar-se com 4 cartões e é o único às portas da suspensão.

3 jornadas mais tarde, voltamos a ter 19 convocados.

1º aniversário do Jornal Vilacondense

... assinalado com um suplemento especial dedicado ao Rio Ave (entre vários textos, uma entrevista a ASC).
Parabéns ao Vilacondense e que faça muitos destes (aniversários e suplementos).

Futsal: agora foi o guarda-redes

Lesão de Vítor Hugo e paragem de (pelo menos?) duas semanas.
É preciso ir à bruxa?????

27.11.12

Estatística da Liga: Tomás vence pontuação semanal do Rei do Ave

Foi a 2ª vez que Tomás venceu e com isso conseguiu subir ao 9º lugar, passando Lionn.

Tarantini continua líder enquanto o castigo a Nivaldo lhe custou 2 lugares, caindo até ao 8º posto.


«João Tomás por mais dois anos»

é o título de O Jogo de hoje (uma página).
Lá dentro ASC não é tão claro como parece o texto, dizendo apenas «pode fazer mais um ou dois anos», mas que «é cedo».

Afinal podem ser quatro golos (ATUAL)

Lembram-se disto? Pois parece que o árbitro Tavares insiste em que o golo é de Tomás e o Rio Ave pode pedir à Liga que clarifique (via Record).
Para já, na Liga o golo ainda é de Del Valle.

ATUALizo: Del Valle diz que o golo é dele.

Colombo & Zappa - 55

Dois jogos para perder?

Na segunda-feira ouvia na Linear Raul Moreira mostrar-se muito preocupado com os próximos dois jogos (no Fundão, que foi ganhar a Porto Salvo, e Sporting) face às limitações da equipa, quer de lesões (Coelho e Julinho?) quer de castigos (Cardinal, com mais um jogo, e agora Israel).
Pois eu era capaz de dar esses dois jogos como perdidos e pensar já no 'recomeço' do campeonato, a 15 de dezembro, em Coimbra. Aí, sim, para ganhar.
Estou com isto a dizer que vamos entrar em campo derrotados? Claro que não, mas talvez interesse perceber o que é realmente importante e onde vale a pena apostar (frente ao Fundão teremos seis jogadores disponíveis, além dos três guarda-redes, o que vai implicar um sacrifício gigantesco).

Paulo e Maravalhas

Uma coincidência curiosa: hoje fazem anos dois jogadores ligados mutuamente: Paulinho (18) e Maravalhas (16), os titulares das equipas juniores e juvenis. Mais: Maravalhas será provavelmente o sucessor de Paulinho na equipa júnior!

PS - já agora, tambem André Costa faz 20 anos hoje.

Uma promessa de ASC

«os objectivos traçados vão ser integralmente cumpridos sem receios ou desvios»

Filipe Augusto e Fabinho pré-convocados no Brasil (ATUAL)

O selecionador Emerson Ávila convocou 27 jogadores, sendo que até ao início da competição serão descartados cinco elementos, para o Campeonato sul-americano sub-20, a disputar no início de 2013.

ATUALizo: O Record diz que Filipe Augusto poderá ficar dois meses fora de Vila do Conde e que a concentração é já a 10 de dezembro, caso se confirme a convocatória. O jornal também adianta que o Rio Ave quer atrasar a saída do jogador para depois da  12ª jornada, a 16 de dezembro.

E Del Valle?

Os 3 golos de Tomás em Setúbal que lhe permitiram chegar aos 101 em termos absolutos na 1ª divisão, ofuscaram os 2 golos e a exibição de Del Valle.

O venezuelano teve um primeiro terço de Liga início algo intermitente, mas parece estar agora mais adaptado e a surgir com contributos mais positivos para a equipa. Falta saber se convenceu Nuno a dar-lhe mais oportunidades e tempo de jogo. 

Porta fechada?

Eu que até estou de férias ia dar um pulinho ao estádio, mas "Esta terça-feira a equipa verde e branca regressa aos treinos, pelas 10h30 (porta fechada), no nosso Estádio". A tantos dias do próximo jogo, porquê o treino de hoje de porta fechada?

Tomás, o rei da semana

Sem surpresas, o goleador Tomás foi o jogador mais pontuado do Rio Ave na jornada 10. Tomás conseguiu 40 pontos em 41 possíveis. Depois dele vêm Del Valle com 32 e Ukra com 30.

O menos pontuado dos titulares foi Jeferson que teve 20 pontos, menos 1 que os suplentes Tope e Vilas Boas.

26.11.12

Só para ir atualizando a contabilidade

ÉPOCALIGATAÇA LIGATAÇA PORTUGAL
2009-2010621
2010-20111600
2011-20121123
2012-2013723
TOTAL4067

TOTAL de golos de Tomás em Vila do Conde: 53

Os golos do Bonfim

para ver aqui


Tomás: a idade é o trunfo

Há duas épocas o Sporting pensou contratar João Tomás, mas prevaleceu este argumento: vamos contratar um jogador de 35 anos?! As dúvidas não tinham a ver com a qualidade do atleta, mas com o medo das reações públicas, sobretudo por se estar a investir num jogador 'sem futuro' [o que vindo do Sporting não deixa de ser completamente irónico...].
Também Paulo Bento justifica a não convocatória de Tomás com a idade [embora haja quem garanta que tem a ver com empresários, mas eu não acredito...].
Será caso para dizer: enquanto continuarem a pensar assim, ganha o Rio Ave (e, já agora, Tomás, penso eu)!

PS - o que não significa que uma saída não seja um cenário a considerar. Quanto mais ele marcar, mais provável pode ser a saída...

Ainda o jogo de ontem - ATUALIZADOx3

duas notas:
-O Setúbal queixou-se muito da arbitragem e eu gostaria de ter uma ideia mais completa. Infelizmente os resumos das televisões e as crónicas dos jornais desportivos não nos dão uma visão global. Já vi que o quarto golo do Rio Ave nasce de um fora de jogo e terá havido uma mão de Jeferson, que poderia ter dado penalti (já o Rio Ave ganhava 1-0). Acredito, contudo, que esses dois erros não alteram o merecimento da vitória. [sim, talvez fosse preferível nada dizer, mas quero continuar a ter a mesma legitimidade, quando somos beneficiados e quando somos prejudicados]. ATualizado a 27/11: vão fazer queixa formal.
- se o Setúbal tem queixas, e parece que sim, da arbitragem de Jorge Tavares, nada justifica o clima intimidatório que rodeou o trabalho dos jornalistas, sobretudo da reportagem da Linear, que ia assinalando os golos do Rio Ave. Tanto quanto soube, Paulo Vidal irá hoje apresentar queixa na Liga de Clubes e faz muito bem!

(ATUALIZAÇÃO: a imprensa de Setúbal não fala da intimidação à comunicação social, também se queixa do árbitro, mas elogia o Rio Ave "fez o que lhe competia")

ATualizo a 29/11:
(do Record)

O primeiro hat-trick de Tomás na Liga ao serviço do campeonato.

Pela pesquisa que efectuei de todas as épocas de Tomás ao serviço do Rio Ave, esta foi a primeira vez que o nosso nº 9 fez 3 golos num único jogo da Liga. Aos 37 anos!

Se não errei nas contas, são 79 jogos para a Liga e 40 golos marcados. Dá uma média de mais de meio golo por jogo.

Que idade tinha Tomás quando chegou ao Rio Ave? 34. Quantas épocas são? Vai na 4ª, sendo que na primeira de Rio Ave saiu em Fevereiro para as Arábias.

Coisas que me deixam com pena e coisas que me irritam

Fico com muita pena de não poder ver um jogo com tantos golos como o Setúbal - Rio Ave, ainda por cima com uma vitória nossa. Só já depois das 10 da noite de ontem soube o resultado e foi uma agradável surpresa!

Irrita-me, porém, que hoje de manhã ao ver os noticiários do canal público de TV, tenha que levar com menos de um minuto de resumo do jogo, ainda por cima sem o primeiro golo do Rio Ave. Que vergonha, RTP! Ai se fosse de um jogo daqueles 3 cancros...

Um desejo para Tomás

e que chega de fora.

"Não sei o que vai fazer quando um dia destes achar que já chega. Sei que seria muito bom que pessoas como João Tomás pudessem continuar ligadas ao futebol, com algum poder."

 (destaque meu)

Que mais dizer?

(última página do Record de hoje)

Não é meu, não é teu, é de quem o...

«O segundo golo do Rio Ave criou muitas dúvidas: a quem foi atribuído afinal o tento? Inicialmente pensou-se que seria a Del Valle, depois correram algumas informações que os árbitros teriam atribuído a João Tomás e cerca de uma hora após o final do jogo a certeza»

Nuno no final do jogo

Muito bem: «Temos de felicitar o João Tomás, os colegas que estão em campo sentem o esforço diário que ele faz para continuar a jogar. Está de parabéns, mas a equipa produz muito para que o João Tomás continue a marcar golo

25.11.12

Tomás no clube dos centenários!

Com os três golos que marcou, Tomás soma nesta altura 101 golos no principal campeonato.
Um clube de elite, como se pode ver por este quadro do Record:
E o nosso avançado tem todas as condições para ultrapassar algumas figuras míticas do futebol português, como Yazalde, Domingos ou Oliveira! Além disso, teremos pela primeira vez o Rio Ave presente nesta tabela


(10ªj Setúbal) 5-3 no Sado; três de Tomás

Depois de um jogo completamente inglório na época passada, o Rio Ave foi a Setúbal ganhar por 5-3!
Três de Tomás e dois de Del Valle.
Quarta vitória fora (Sporting, Estoril, Moreirense e agora Setúbal) em cinco jogos.
17 pontos, os mesmos de Braga.
Palmas também para Nuno que, com o sistema tático diferente, surpreendeu o adversário.

Rio Ave ganha em Setúbal por 4-1 ao intervalo !

Dois de Tomás e dois de Del Valle.
(segundo a Linear, quatro golos em cinco oportunidades!)
52º de Tomás com a camisola do Rio Ave 100º do mesmo jogador na primeira Liga!

(10j Setúbal) Nuno surpreende com 4-3-3

Nuno surpreendeu ao alinhar um 4-3-3 esta tarde em Setúbal (para o campeonato o Rio Ave não joga em 4-3-3 desde a derrota da primeira jornada, com o Marítimo).
Surpreende também porque pensei em 4-4-2, com Vítor Gomes.
Em vez disso, Nuno atrasou Tarantini e juntou Braga e Filipe Augusto.
Na frente Del Valle juntou-se a Tomás e a Ukra.

(Tomás marca o primeiro aos 10', o seu 51º, depois do que marcou em Arouca)

PS - André Costa foi o 19º, com Wires a defesa direito.

Ainda a vitória em Coimbra

Volto à vitória em Coimbra, para fornecer mais elementos, já que não há outra forma de sabermos o que se passou.
Rio Ave com Paulinho, Nini (David aos 80'), Nelson, Silvério e Tiago Santos; Daniel, Ruben, Kiki, Nuno Santos (Ryan aos 90), Bahia e Miguel Costa (Diogo Mota aos 62').
Nuno Santos marcou aos 81 minutos (o melhor marcador da equipa). 
Bahia foi expulso aos 85, por acumulação de amarelos.


Rio Ave perde 5-0; segunda parte sem história

Com tantas limitações e a perder 3-0 ao intervalo, a segunda parte não teve história. O Rio Ave apenas com dois jogadores no banco e sem alguns dos melhores, sofreu mais dois golos e acabou por não dar luta.
Valeu muito pela primeira parte, em que o Rio Ave mostrou duas coisas: excelente organização e atitude e muitas carências no ataque (que já vêm, aliás, de épocas anteriores). Sem Cardinal parece que ninguém sabe marcar golos.
Ainda sobre o nosso guarda-redes, a quem deixei críticas no texto da primeira parte. Não sei se não terei sido injusto, mas uma coisa é certa: não foi aquele Vítor Hugo que conhecemos e de que o Rio Ave precisa/ou.
O Benfica tem melhores jogadores e não mostrou mais do que isso, sinceramente.
Melhor em campo: Israel.

PS - arbitragem muito contestada pelos adeptos do Rio Ave, justamente, mas não gostei de ver Cardinal a criticar o árbitro, à entrada do balneário. Agravar o castigo (ainda há um jogo para cumprir) é que não!

Rio Ave perde ao intervalo (3-0) com o Benfica mas joga melhor!

Que injustiça, que azar!
O Rio Ave tem jogado muito melhor do que o Benfica e contudo está a perder por 3-0!
Como se explica?
É mais fácil do que parece!
Tivemos mais oportunidades de golo mas entre o poste, a arte de Marcão e a azelhice (sobretudo de Cristiano, que podia e devia ter inaugurado o marcador), ficámos em branco.
O Benfica teve uma eficácia notável, assim explicada: Vítor Hugo talvez pudesse ter feito melhor no primeiro e (sobretudo) no segundo golos e no terceiro estávamos com menos um, por expulsão de Israel.
Mais notas:
- além de Coelho e de Cardinal, ficámos sem Julinho no aquecimento (lesionado); a dois minutos do fim, também sem Israel por vermelho direto, bem mostrado, mas que se segue a um lance em que há penalidade a nosso favor não assinalada.
Em suma: entre falta de sorte, arbitragem e alguma falta de qualidade, acabámos a perder.
Uma coisa é certa: uma equipa com estas contrariedades e que joga com esta qualidade só pode merecer o nosso aplauso!
Vamos para a segunda parte, mantendo o mesmo espírito!

Rio Ave inscreve-se nas provas europeias

«Vamos inscrever a equipa para as provas europeias", afirmou [ASC]», «Nestes dois mandatos, só no primeiro ano é que não o fizemos, pois sabíamos das dificuldades que se nos apresentavam para entrar nos cinco primeiros lugares. No entanto, fomos acusados de falta de ambição. Não voltará a acontecer. E repare-se: mesmo ficando no 12.º lugar, no ano passado, estivemos muito perto da Liga Europa... Se não estivéssemos inscritos teria sido muito mau para o Rio Ave», garantiu o líder do conjunto de Vila do Conde»; «Num plano futuro, a visão da Liga Europa poderá ser uma realidade, mas só daqui por alguns anos, pois estamos a solidificar uma estrutura»

A propósito recordo  que disse ASC na entrevista ao Record: «E seria muito feliz se... [resposta] O Rio Ave conseguisse uma presença nas competições europeias, porque iria ficar também na história do Rio Ave».

324 votos (recorde)

Depois dos 100 votos de 2008 e dos 132 de há dois anos, as eleições de ontem registaram 320 votos a favor, 3 abstenções e 1 voto contra, o que se traduz na mais expressiva votação de sempre na história do Clube. Excelente, sem dúvida.

Apenas uma nota:  se é «facto inédito de, imediatamente a seguir à abertura da urna eleitoral pelo Presidente da Assembleia Geral do Clube, terem sido os técnicos e os jogadores os primeiros a votar», isso significa que antes não se 'obrigava' estes mesmos colaboradores a fazê-lo?

Ganhar ao Benfica?

Num texto que escrevi no Terras do Ave disse que esperava que, daqui a pouco, o Rio Ave desse réplica ao Benfica, tal a diferença entre as duas equipas (e o Rio Ave jogará sem Coelho, lesionado, e Cardinal, castigado).
O antigo guarda-redes do Benfica, Vítor Hugo, diz, contudo, que «vamos entrar para vencer como fazemos em todos os jogos».
Vamos a isso!

Uma ideia para patrocínio...


24.11.12

Uma época inesquecível (entrevista a Raul Moreira7)

Termina aqui a sequência de sete textos que abrigaram a entrevista feita a Raul Moreira, uma entrevista que serviu para conhecer melhor o pensamento do nosso treinador, os objetivos da equipa e as suas próprias características.

Se me permites, queria terminar dizendo que é um privilégio, para mim, poder treinar uma equipa como esta, onde salta à vista um misto de experiência e irreverência, mas acima de tudo uma equipa com muita qualidade e espírito de sacrifício.
A experiência do “avô” Paulo Leite, a imprevisibilidade do Formiga, os passes teleguiados do Israel e a velocidade do Lipa são sinal de magia e qualidade.
Com a coragem do Rato, a entrega do Renato, a audácia do Julinho e a competência e dedicação do Cris, posso prometer a quem nos apoia inequivocamente que, lutaremos com todas as nossas forças para que esta época seja inesquecível.
Estes campeões não poderiam desenvolver as suas tarefas com qualidade se não tivessem o apoio de toda a equipa diretiva, o nosso secretário técnico, os meus colaboradores, Rui, Filipe e Bruno e o indispensável Tiago.
Marquem presença nos nossos jogos pois o vosso apoio é um grande incentivo ao nosso bom desempenho.
Um abraço a todos!

Outro
(a entrevista na íntegra aqui).

PS - amanhã há jogo no Pavilhão, frente ao Benfica (11h15)

(10ªj Setúbal) Sem Esmael... e Rodriguez

Nuno levou 19 no autocarro:
Guarda-redes: Oblak e Ederson
Defesas: Jeferson, Edimar, André Dias e Marcelo
Médios: Tarantini, Vitor Gomes, Braga, André Vilas Boas, Filipe Augusto, Diego e Wires
Avançados: João Tomás, Ukra, Del Valle, Hassan, André Costa e Tope

Notas: 
- André Costa chamado;
- Esmael de fora
- Lionn e Pateiro de fora por questões médicas; Nivaldo por castigo
- Também em Vila do Conde ficaram Rafa, Rodriguez, Soares e Feliz.

Juniores; Rio Ave vence em Coimbra

1-0.
E o regresso às vitórias, sinal de que a 'crise' já lá vai!
Oito pontos de vantagem para os lugares 'perigosos'.
(A Académica falhou um penalti)

A construção do plantel (entrevista a Raul Moreira6)

6) Sabendo que vários jogadores apareceram no Rio Ave por terem falhado apostas iniciais (portuguesas ou estrangeiras), manter a motivação elevada é um grande desafio?
«As coisas que transpiram para fora não são por vezes a realidade, nem de longe nem de perto.
As contingências inerentes à atual situação económico-social do Pais e da Europa não nos passaram ao lado e limitaram-nos a escolha, em vários fatores, desde a primeira a hora.
O orçamento que a Direção do clube atribuiu à secção foi igual ao da época passada o que nos obrigou a uma gestão criteriosa e tremendamente meticulosa pois não poderíamos errar nas contratações.
A vinda do Fábio Lima e do Coelho foram primeiríssimas escolhas, pois apesar de jovens são já duas certezas de grande qualidade do Futsal Português.
Numa primeira fase, as contratações do Israel e do Formiga não foram equacionadas pois estes dois atletas já tinham assumido compromisso com o Lamas Futsal, daí termos tentado contratar outros atletas disponíveis no momento. Posteriormente, tivemos conhecimento que, primeiro o Israel e depois o Formiga, tinham conseguido “libertar-se” do acordo que tinham feito com o Lamas e foram contratados pouco tempo depois. 
Como disse anteriormente, o Vitor e o Cardinal “caíram do céu”.
O Cardinal está entre os 3 melhores jogadores portugueses da atualidade e é um dos melhores finalizadores do Mundo e o Vitor Hugo é tão só, para mim, o melhor guarda-redes Português, sendo por este facto, que o “gigante” Alex tem jogado esta época menos tempo do que o normal.
Qual é o treinador português que ousava recusar estes dois atletas?
Por isso, a Direção do Clube foi sensível ao facto de podermos ter no plantel estas duas mais-valias e reajustou para valores próximos, mas ainda abaixo, do orçamento de há duas épocas, para que pudesse ser possível contratá-los.
Temos um plantel curto, mas de grande qualidade, escolhido com critério e seriedade, tendo eu a certeza absoluta de que todos os atletas estão, desde o primeiro dia, mais do que motivados para colocarem o Rio Ave nos lugares cimeiros do principal patamar do Futsal Português, tentando fazer história e colocando o Rio Ave no lugar que bem merece. 

(a entrevista na íntegra aqui).

Quando nos elogiam muito...

... eu desconfio que é para nos adormecer.

Já não bastava Jesus, agora é o treinador do Setúbal: «o Rio Ave está a fazer uma época fantástica»

O plantel já votou

e eu também (sem reservas, para pegar na curiosa ideia que se lia na imprensa local, esta semana: «é desejável que os associados votem, revelando apoio ou reserva em relação aos futuros dirigentes»).

(jogadores, equipa técnica e funcionários são sócios e votaram antes do treino, garantem os jornais de hoje)

Cardinal e a Espanha (entrevista a Raul Moreira5)

Admites perder o Cardinal entretanto (para outro campeonato)?
«À semelhança do Vítor, a vinda do Cardinal para o Rio Ave foi possível devido à conjugação feliz de vários fatores. Ninguém, à exceção de mim e do meu grande amigo Camarão, achava ser possível trazer o melhor pivô Português e um dos melhores finalizadores do mundo para o nosso Clube.
Nem os mais otimistas acreditariam ser possível, mas… ele aí está, de corpo e alma e com o seu enorme espírito de conquista! Custou mas valeu a pena.
É um grande profissional, com uma vontade de vencer tremenda e que estará cá de passagem, pois a sua ambição é do tamanho do mundo. Espero que futuramente consiga concretizar os seus dois objetivos de carreira, que são jogar na Liga Espanhola e no Barcelona, pois mostrou recentemente no Mundial que tem mais do que qualidade para isso.
Por isso, se a proposta não for da 1ª Liga Espanhola, penso que teremos todos o prazer de ver o “artista” marcar muitos golos pelo Rio Ave».

(a entrevista na íntegra aqui).

Nuno quer esquecer o passado

Será uma boa opção? Ou o jogo de Arouca é para não esquecer?

23.11.12

O Rio Ave sem Coelho (entrevista a Raul Moreira4)

4) Esta equipa sem Coelho será muito diferente?
A imagem da equipa não será diferente sem o Coelho, visto que, hoje, a equipa do Rio Ave vale pelo seu todo, pela sua identidade e pelo constante assimilar de processos de jogo pretendidos.
Agora o rendimento da equipa é que poderá ser afetado, mas isso só saberemos depois, porque ainda não fizemos sem ele nenhum jogo do Campeonato.
Tenho a noção de que, dentro do plantel, não tenho outro atleta com as mesmas características, por isso é que ele era o Jogador mais utilizado, jogando sempre acima de 30 minutos por jogo.
É uma baixa muito grande, porque o Coelho é um grande atleta, e um excelente rapaz.
Será, na minha opinião e se trabalhar da forma que o tem feito, o futuro fixo da Seleção Portuguesa, e juntamente com o Fábio e o Vitor Hugo, chamado nas próximas convocatórias
.

(a entrevista na íntegra aqui).

Vamos ser obrigados a criar uma SAD?

Foi aprovado ontem pelo governo o novo Regime Jurídico das Sociedades Desportivas, que diz que «as entidades que queiram participar em competições desportivas profissionais deverão fazê-lo necessariamente sob a forma de sociedade comercial desportiva, podendo escolher entre uma sociedade unipessoal, por quotas, em que o clube único seja o único proprietário, ou, em alternativa, uma sociedade anónima, com a participação de um mínimo de cinco acionistas, podendo ter o respetivo capital aberto ao investimento público».
Vem aí uma SAD, portanto... E inimitável presidente da Liga apoia.

Porquê os 8 primeiros (entrevista a Raul Moreira3)

Terceira pergunta a Raul Moreira:
Com várias estrelas na equipa, as responsabilidades aumentaram, certamente. Continuas a falar nos oito primeiros? Porquê?

As responsabilidades inerentes a uma equipa do Rio Ave que compete na 1ª Divisão são enormes.
São enormes porque desde que esta equipa Diretiva dirige a “Nau”(o clube), ninguém está acima do clube e dos seus interesses.
O principal interesse instituído, hoje, no Rio Ave é vencer, atingir os objetivos a que se propõe com trabalho, elevação e grandeza, para que o nome do clube e da Cidade sejam sempre projetados e divulgados para o exterior pelos melhores motivos. Nada mais!
Por isso, desde que regressei, confirmei que houve mudanças profundas e sérias na secção do Futsal, mudanças essas que ao longo deste ano e meio se acentuaram ainda mais.
Isto tudo para te responder à tua pergunta e dizer-te que a única estrela é a EQUIPA! É o RIO AVE!
Só pensando desta forma poderemos colocar a nossa equipa constante e regularmente no patamar mais alto do Futsal Português, e não andarmos a subir num ano e descermos no seguinte, como sempre aconteceu anteriormente.
Para isso ser possível, lutamos muito para conseguir construir um plantel de qualidade, juntando aos 7 “campeões” que ficaram da temporada passada, seis jogadores de inegável qualidade, todos Internacionais A, não só como atletas mas também como homens e como profissionais.
Hoje, nada é feito ao acaso no Rio Ave!
Precisamos este ano, acima de tudo, de atingir os oito primeiros, atingir o Play-Off, algo nunca conseguido na historia do clube. É necessário não entrarmos em euforias e termos os pés bem assentes na terra.
A nossa equipa é uma equipa com uma base completamente nova, ao contrário de todas as outras (à exceção do Freixieiro e do Operário) que permaneceram na 1ª divisão. É uma equipa permanentemente em evolução e crescimento.
 
Roma e Pavia não se fizeram num dia… 
O Play-Off será o nosso “Titulo”, e por ele lutaremos até à morte 

(a entrevista na íntegra aqui).

Ainda Wires ou André Costa (ATUAL)

Perante a lesão de Lionn, Nuno optou por Wires.
Curioso é que na pré-época, e até chegar Lionn (o que só aconteceu a tempo do último jogo), André Costa foi quase sempre a opção para o lugar, sobretudo do quinto jogo para a frente (foi defesa direito no 5º, 6º e 7º jogos, enquanto Wires jogou sempre no meio campo).
Com isto não estou a dizer que Nuno é incoerente, até porque pode muito bem dar-se o caso de não ter apostado em Wires naquele lugar por já saber o que ele vale. Estou apenas a dizer que me parece que André Costa é um dos jovens valores desta equipa e que merece uma oportunidade.

ATUALizo: confirma-se, Lionn está fora do jogo de Setúbal.

Jorge Jesus responde

... à pergunta que muitos de nós fazemos...
E não tem dúvidas: «Rio Ave é a equipa sensação deste campeonato»

A paragem e as três próximas jornadas (entrevista a Raul Moreira2)

2) Que análise fazes desta paragem (prejudicial, benéfica)?
Para já, e antes de recomeçarmos a competir, digo que não veio em boa altura.
Vínhamos de 3 vitórias consecutivas, a motivação e a autoconfiança estavam em níveis altíssimos e para agravar a situação tivemos a lesão do Pedro Coelho, que era só o jogador com mais tempo de jogo e o melhor marcador da equipa.
Quando começarmos a competir teremos mais factos consumados e reais para podermos responder concreta e objetivamente a esta pergunta, sabendo no entanto que as três próximas jornadas são, com certeza, as mais difíceis de todo o Campeonato. 


(a entrevista na íntegra aqui).

A manutenção (entrevista a Raul Moreira1)


À semelhança do que aconteceu na época passada, passadas cinco jornadas do campeonato de futsal enviámos algumas perguntas a Raul Moreira, cujas respostas vão ser publicadas até domingo. Aqui fica a primeira:

1) Que balanço fazes das cinco primeiras jornadas?
R.: Os pontos conquistados provam que, melhor arranque que este só se tivéssemos ganho nos Leões de Porto Salvo e fizéssemos o pleno.
É com enorme satisfação que olhamos para a tabela classificativa e sentimos que o 4ª lugar do momento é uma pequena “recompensa” pela grande dedicação e pelo enorme espírito de sacrifício perpetuado por todos desde o inicio dos trabalhos.
Mas é bom frisar que, apenas passaram seis jornadas e precisamos de muito mais pontos para fazermos história, isto é, ficarmos nos oito primeiros e cumprir o objetivo previamente traçado: a tão desejada e nunca alcançada manutenção. 


(a entrevista na íntegra aqui).

Especulando sobre o jogo de domingo

(clicar sobre a imagem para aumentar)

Na versão 9 para Setúbal, teríamos 3 estreias no onze inicial: André Costa, Jeferson e Soares. Nenhum deles soma qualquer minuto jogado na Liga.

Porque a Taça de Portugal ainda mexe

pelo menos entre os adeptos, um balanço em números daquilo que fizemos:

- 2 jogos, um em casa e outro fora,  vitória em casa, empate fora nos 90 minutos e derrota no prolongamento;
- 20 jogadores utilizados com Ederson, Jeferson e Tarantini totalistas de minutos;
- 7 cartões vistos, 4 amarelos, um duplo amarelo, 1 vermelho;
- 3 golos marcados e 3 golos sofridos. Tomás foi o único marcador.

A conferir aqui.

A pergunta que muitos de nós fazemos


Qual é o verdadeiro Rio Ave?

«O Rio Ave da segunda parte com o Benfica ou o Rio Ave que empatou com o FC Porto nunca perderiam em Arouca! Já o Rio Ave de Braga, do segundo jogo com o Freamunde ou mesmo da primeira parte em Moreira de Cónegos...» (excerto do texto que escrevi no Terras do Ave desta semana)

Já agora, em divergência com o JVC: Nuno não é apenas treinador de 11 ou 12. É de todos.

22.11.12

JVC bate em Nuno

Crítica muito contundente do JVC a Nuno e a alguns jogadores por causa da eliminação da Taça:
«(...) tal ficou a dever-se às discutíveis opções do treinador e a certa sobranceria de alguns jogadores, parecendo haver pouco interesse na continuidade na prova. (...). Quem treina o Rio Ave tem que perceber que aqui não deve ser aplicada a 'moda' da gestão de jogadores feita no Porto ou Benfica, onde os plantéis são homogéneos e com qualidade globalmente boa. Por outro lado, houve jogadores a pensar que as camisolas do Rio Ave eram suficientes para vencer, mas enganaram-se. (...) Exibições positivas para Ederson, André Vilas Boas, Tarantini, Vítor Gomes e João Tomás, que não mereciam o resultado negativo» (Wires, Nivaldo, Jeferson, André Dias, Felipe Augusto, Esmael, Hassan, Del Valle e Tope foram os outros jogadores utilizados).

1, 2 ou 3 alterações para domingo (ATUAL)

Segundo A Bola será uma.
Mas sem Lionn e Nivaldo terão de ser duas. (ATUAL. Lionn já treina; será a tempo?)
E se Wires for defesa direito até serão três (com a entrada de Vítor Gomes)

Aí está o manifesto eleitoral

Um aplauso, desde já.

Algumas notas, que saúdo mais efusivamente, por serem novidades:
- o livro da história dos 75 anos!
- Investimento nas redes sociais, actual veículo privilegiado de comunicação interna e externa;
- Reposição da Loja Online com a apresentação de uma estrutura modernizada;
- Renovação da Imagem do Estádio;
(e um novo relvado)

Há vida para além de Tomás?

Longa vida ao capitão Tomás, mas obviamente que não podemos ficar indiferentes à tomas-dependência desta época.
O plantel tem vários atacantes mas só Tomás marca golos!
Nuno tem dado várias oportunidades a Esmael e poucas a Hassan.
São jogadores diferentes, é verdade, mas no momento decisivo são todos iguais: ou marcam ou não marcam!

21.11.12

21 de Novembro de 2004

Oito anos depois, evoco o empate do Rio Ave na Luz, 3-3.
(A perder 3-1 ao intervalo, demos a volta com a entrada de Paulo César e Gama)
Recordar os golos em especial o 3-3 de Jacques, a passe de Gama!
(foi aliás uma época fantástica, ganhámos ao Benfica na segunda volta por 1-0 [golo de Miguelito, obrigado M.] e terminámos em oitavo. Carlos Brito foi o treinador)

Rodriguez regressa (ATUAL)

Pouco mais de um mês depois, Rodriguez volta a treinar sem limitações. Agora precisa de pelo menos duas semanas para recuperar a forma física, pelo que talvez o tenhamos para o próximo jogo da Taça da Liga.

ATUALizo com o que acabei de ler no Record de hoje: com todo o respeito pelos dois jornalistas quee escrevem esta notícia, mas dizer que Rodriguez é a melhor alternativa para jogar em Setúbal parece-me um disparate. E não é apenas porque há Jeferson, é sobretudo porque Rodriguez está parado há mais de um mês e começou agora a treinar. Até podia ser o jogador mais resistente...

Agora falta o manifesto eleitoral

Conhecida a lista, espero que ASC partilhe com os rioavistas algumas linhas sobre o que pensa fazer neste terceiro mandato, na linha do que fez há dois anos.

20.11.12

Lista finalmente conhecida; duas promoções a vice-presidente

A explicação para o 'atraso' é esta: «a listagem da Direção evidenciava ligeiras falhas nos nomes, números de sócios indicados como candidatos e subscritores nos termos estatutários»

Dos nomes, algumas novidades:
- há dois novos vice-presidentes, o das instalações e o da formação: Renato Lapa e José António Pereira substituem Pedro Reis e Artur Ramos. Pedro Reis continua na área, mas como vogal. O Artur não (ao que sei por razões profissionais).
Renato Lapa já foi presidente do Touguinha e sobe de vogal.
(foto de Renato Lapa, tirada do seu Facebook)
E José António Pereira, que já foi presidente da Junta de Bagunte, também sobe de vogal a vice-presidente.

De resto há algumas trocas de nomes e de funções, mas no essencial tudo fica como estava. 

(a lista anterior e a nova)

A dúvida de Nuno para domingo

Se mantiver Wires na direita, vai precisar de meter alguém no meio campo. E nesse caso o nome de Vítor Gomes é o mais óbvio. Se optar por jogar com Wires no meio campo, André Costa é o candidato à direita
(mas não me parece, já que, se assim fosse, faria sentido que André Costa tivesse jogado em Arouca, por várias razões. Se jogou Wires, é porque Nuno também o quer a defesa direito em Setúbal)

Chorar...

Com um Braga-FC Porto e um Arouca-Beira Mar (e sem o Sporting...), ficaria mais fácil cumprir o sonho da Taça.
Agora choramos...

O treinador do Setúbal, domingo...

... Jorge Mendonça, treinou o Desportivo de Vilar!
(jogou no Rio Ave, na formação)

(ter-se-á encontrado com Mozer?)

Os jogadores também votam?

Pelo menos alguns dos jogadores do plantel são sócios. Espero que votem.

19.11.12

Juniores: dar a volta!

Se a equipa de juniores estivesse a lutar pela metade de baixo da tabela, quatro jogos sem ganhar (incluindo dois empates) não seriam tão estranhos.
Mas numa equipa que nos habituou a ser tão regular, e a somar vitórias atrás de vitórias, é caso para ficar preocupado.
Pedro Cunha tem pela frente o maior desafio desta época - recuperar mentalmente os jogadores! Mas, como aconteceu no ano passado, por exemplo, o treinador dos juniores já mostrou que agarra bem os momentos de pressão.

PS -  baixa importante na equipa, Baldaia saiu lesionado em Matosinhos. Foi a primeira vez que não fez os 90 minutos. E saiu logo após marcar o golo que empatou o jogo. Foi substituído por Pedro Santos, que se estreou, outro ex-FC Porto..

Nuno vai tirar ilações?

Vamos ver por setores o que foi diferente ontem:
- Oblak não foi o guarda-redes, mas Ederson não falhou;
- A defesa foi muito diferente, mas Lionn estava lesionado e Jeferson foi titular na época passada. Nivaldo é da primeira equipa e só André Dias não;
- O meio campo tinha dois dos três habituais titulares (Tarantini e Filipe Augusto) e só Vítor Gomes era 'novo';
- no ataque é que Nuno fez algumas experiências, já que deu confiança a três jogadores que não são titulares ou não o têm sido (Tope, Del Valle e Esmael).
A aposta em alguns jogadores não terá resultado.
Nuno vai 'reagir'?

Voltámos a ser notícia

Única equipa da primeira liga eliminada por uma formação de divisão inferior, o Rio Ave é hoje notícia em todo o lado.
Infelizmente!

PS - Mais uma vez não posso dizer que tenha gostado do que disse Nuno no final do jogo. Que o Rio Ave perdeu porque Nivaldo foi expulso. Ora, sem querer tirar importância à irresponsabilidade do jogador, o Rio Ave já estava a perder nessa altura. E, pelos relatos, o Arouca estava a justificar a vitória. Relvado escorregadio???? O Rio Ave tinha obrigação de fazer mais e falhou! Sinto nas palavras de Nuno uma desresponsabilização do coletivo pela derrota.

18.11.12

Rio Ave fora da Taça; «Vais partir...»

O Rio Ave foi derrotado por 2-1 após prolongamento e já está fora da Taça.
Estivemos sempre a perder e só empatámos com um golo de Tomás a cinco minutos do final (que garantiu o prolongamento).
Rio Ave com Ederson, Wires, Jeferson, Nivaldo e André Dias; Tarantini, Vítor Gomes e Filipe Augusto; Tope, Esmael e Del Valle (4-3-3, portanto, como se imaginava).
Nivaldo foi expulso ainda na primeira parte, por acumulação de amarelos em menos de 10 minutos (o que é isto, num dos jogadores mais experientes e com mais responsabilidades no plantel????).
Não critico Nuno por ter dado oportunidade a outros jogadores (sobretudo na defesa e no ataque), porque se tem 27 deve pô-los a jogar, critico, isso sim, a falta de empenho (que outra explicação?) dos que entraram em campo. Única crítica ao mister: tirou, ao intervalo, Esmael e meteu Vilas Boas, com o Rio Ave já a perder. Uma aposta  defensiva que tirou alternativas quando, depois, foi preciso dar mais gás ao ataque.
Mais algumas notas:
- pelos relatos, Ederson foi o melhor ou um dos melhores do Rio Ave; isso diz tudo;
- Tomás continua a ser o único a marcar pelo Rio Ave;começa a ser preocupante;
- Primeiro desaire da carreira de Nuno; sonhar não basta;
- Clemente marcou pelo Arouca.

Que esquema tático para logo?

Nuno,parece-me, gosta mais do 4-4-2 e tem razões para isso.
Já resultou em muitos pontos, começando por vitórias fora.
É, à partida, menos ofensivo do que o 4-3-3, mas o Rio Ave parece dar-se bem com ele.
Daqui a pouco em Arouca a dúvida é se Nuno vai ter dois extremos a servir o ponta de lança ou se irá referir repetir Moreira de Cónegos e Estoril (agora sem Ukra)?
Da lista de opções feitas até agora não dá para ter uma ideia. Nuno usou o 4-3-3 nos dois jogos da Taça da Liga e da Taça de Portugal.
O que, penso, faz sentido, já que o esquema tático deve ser um fato que vestimos em função das circunstâncias e não uma farda, como no caso de Brito.
A minha aposta? Um 4-3-3, para tomar conta das operações o mais cedo possível.

19, quando?

Nuno fez até hoje 13 convocatórias (9 para o campeonato, duas para a Taça da Liga e duas para a Taça de Portugal).
Só três vezes chamou 19 jogadores e sempre em jogos fora para a Liga: Sporting, Braga e Estoril. Ou seja, em três dos quatro jogos fora, porque para Moreira de Cónegos foram 'apenas' 18.
Vai ser preciso mais algum tempo para definir um padrão (que provavelmente não existirá, resultando, antes,   do momento da equipa e de alguns jogadores), mas já se percebeu que é mais adepto de chamar os que se podem equipar.

17.11.12

Segunda derrota dos juniores

O Rio Ave perdeu 2-1 com  o Leixões esta tarde (empate até ao fim e golo da derrota nos descontos).
Segunda derrota consecutiva, o que pode significar alguma 'crise' de confiança na equipa, já que é o quarto jogo sem ganhar (dois empates [Penafiel e FC Porto] e duas derrotas [Varzim e Leixões]).
O importante é garantir um lugar na fase final e sábado voltamos a jogar fora, em Coimbra.

(Taça de Portugal) Uma nova defesa em Arouca

Nuno leva 18 a Arouca:
Ederson, Rafa, Jeferson, Nivaldo, André Dias, André Costa, Diego Lopes, Soares, Tarantini, João Tomás,  Hassan, Vitor Gomes, André Vilas Boas, Filipe Augusto, Del Valle, Tope, Wires e Esmael.

Notas:
-saíram Oblak, Lionn, Marcelo, Edimar, Braga e Ukra;
- continuam entregues a cuidados médicos Rodriguez, Pateiro, Feliz e Lionn.
- quatro defesas (mais Wires?) André Costa(ou Wires), Jeferson, Nivaldo e André Dias.
- não sobra mais ninguém dos 27.

Marcelo a subir...

A cotação de Marcelo sobe...
No último jogo do Rio Ave, por exemplo, os emissários do Middlesbrough e do Osasuna deslocaram-se a Vila do Conde e estiveram muito atentos à exibição do defesa-central frente ao Benfica. [e até foi o pior jogo de Marcelo!]

(mas se tudo continuar a correr bem com Marcelo vamos ter mais notícias como esta)

16.11.12

Coisas que não se percebem

Faz algum sentido que não se divulgue a lista candidata aos corpos sociais do Rio Ave Futebol Clube?
Das duas, uma: ou é segredo ou falta de consideração pelos rioavistas!
(já passaram dois dias!)

Ederson, Jeferson, Vítor Gomes e?

São as minhas apostas para domingo.

Nuno dá a entender que sim: «Vou apresentar a melhor equipa», assegurou, deixando entender, no entanto, que mudará uma ou duas peças em relação à formação normalmente apresentada»