31.8.11

(Jogo-treino com Salgueiros 08) Gaspar e Tarantini regressam

Além do resultado, natural se tivermos em conta de que se trata de uma equipa do distrital da AF do Porto, o mais interessante que vi esta noite (parcialmente) no Padrão da Légua foi Gaspar e Tarantini recuperados.
São boas notícias.
Também gostei de ver André Dias a titular e o dinamismo de Jorginho.
Tarantini foi o médio mais recuado; Christian e Kelvin foram os extremos mas continuam o seu processo de adaptação. Kelvin foi dos que mais estranhou, porque os jogadores do Salgueiros 08 deram muita lenha e ele estava sempre a cair.
Outras notas: Dinei foi o único que fez os 90 minutos, Tomás não jogou (tal como Paulo Santos e Wires); Brito viu vários juniores em campo, o que é muito positivo

Júlio Alves no Besiktas

emprestado pelo Atlético de Madrid. Junta-se à armada portuguesa treinada por Carlos Carvalhal.

Saúdo o regresso de Vilas Boas

Vilas Boas tem características que ninguém mais possui no plantel: é brigão, teso, não tem medo de jogar feio se as circunstâncias assim obrigarem, apesar de não ser fisicamente imponente faz-se bem notar pela atitude de passa a bola mas não o adversário. Tem um estilo mais duro que nos fez falta no início da época passada. Não sei se vem para preencher a dupla função de central - trinco, mas neste momento até acho que nos é mais útil se for usado no meio-campo defensivo, até porque China está magoado.

Sobre Jean Sony, não tenho uma opinião definida. Espero que corresponda e acrescente qualidade, é tudo.

Uma nota sobre Tiago Costa: está a ser deveras atribulada a ligação do atleta ao Rio Ave. Vem, não vem, vem, está suspenso, já não está, fica, é emprestado. Tiago Costa mereceu o nosso destaque na pré-temporada, mas acabou por nunca ser uma aposta do treinador. Carlos Brito é que sabe, mas do que vi acho que o Tiago merecia mais.

Site parcialmente actualizado (ACT)

Porque já oficializa Jean Sony, mas ainda não fala da troca de Felício por Vilas Boas. (ACTualizado: o site confirmou depois de feita a inscrição na Liga)

Já quanto à actualização do plantel (uma reclamação de Vítor Carvalho ontem no 12º jogador da Linear) continua por fazer. Quem sabe agora.

Jogo com o Marítimo dá na Sport tv

É só boas notícias, hoje!
Vamos poder ver o Rio Ave na Madeira, dia 11, via televisão!

A equipa está mais forte

As contratações de Jean Sony e de André Vilas Boas deixam o Rio Ave mais forte.
Vilas Boas é uma mais-valia pela sua valentia, pela sua determinação, pela raça que demonstra (e pela qualidade). Ainda por cima, pela polivalência.
Sony é um bom defesa-direito, que vem resolver um problema que muitos rioavistas já tinham detectado: a falta que Lionn estava a fazer!
Penso que temos uma equipa forte, com muitas soluções (Brito vai ter dores de cabeça no meio campo e no ataque, se não houver lesões prolongadas), mas é verdade que nomeadamente Christian e Kelvin têm de confirmar aquilo que deles se espera (e que é muito).

PS - não há planteis perfeitos e, repito, acho que devemos estar satisfeitos. Se fosse possível, contudo, e mesmo achando que ficamos bem servidos com Vilas Boas para 'quarto' defesa, era capaz de apostar num central de qualidades indiscutíveis para rivalizar com Jeferson e Gaspar (já sobre a baliza nada digo, porque não vi o suficiente de Huanderson; jugo, contudo, saber que Brito está satisfeito com ele);

O quarto central é Vilas Boas? (ACT)

Se o plano for esse, ficamos bem servidos.

(Vilas Boas tem mais este ano de contrato com o Marítimo, pelo que vem emprestado; nas mesmas circunstâncias vai Felício; O que é que se deseja? Que faça uma boa época e depois que renove; já agora, o mesmo desejo a Felício)

ACTualizo: a contratação de Vilas Boas é tambem boa porque 'impediu' um sobressalto que tive esta manhã, quando soube que Andrés Madrid estava para vir!

It's (Jean) Sony (defesa direito) (ACT)

Vai Tiago Costa, vem Jean Sony, do Leixões.

Bom jogador.

ACtualizo, via Lusa, com pormenores do negócio: «O Leixões vai receber, até ao final da temporada, e sem quaisquer custos, o lateral-direito português Tiago Costa, o defesa central brasileiro Marcelo e o médio brasileiro Rafinha (...) Por outro lado, o Rio Ave detém, no final da época, uma opção de compra por um valor fixado dos direitos desportivos de Sony, que tem mais um ano de contrato com o Leixões»

André Vilas Boas regressa (ACTx2)

É grande reforço para o Rio Ave 2011-2012: Vilas Boas regressa a Vila do Conde.
Felício, pelo seu lado, vai para a Madeira.

É caso para dizer: grande troca!!!!! (todos ficam a ganhar: o Rio Ave por que recebe um excelente jogador, que será muito útil e porque não precisou de indemnizar Felício; o André, porque queria regressar e vem, certamente, cheio de força; e o próprio Felício, porque pode dar nova vida à sua carreira, num bom clube. Brilhante, portanto!)

ACTUALIZO: a notícia, que está a ser muito comentada no Funchal, ainda não tem confirmação oficial; esperemos a qualquer momento essa confirmação; ACTUALIZO novamente: CONFIRMADO!

Três para Matosinhos (Rafinha, Tiago Costa e Marcelo)

«Tiago Costa, lateral-direito, Marcelo, central, e Rafinha, médio, vão representar o Leixões até final da época, por empréstimo do Rio Ave». O jornal também diz que «Com estas saídas, o plantel orientado por Carlos Brito deverá receber caras novas nas próximas horas, designadamente um lateral-direito e um defesa-central»

O meu comentário:
- A saída de Tiago Costa não é propriamente novidade; A de Rafinha também não. Já a de Marcelo é, porque era o quarto central e não teve oportunidade; alguém terá de ser, à partida, o quarto central e se vem alguém é porque a actual hierarquia se pode inverter;
- Aves, Trofense a agora Leixões como equipas que recebem os nossos joagdores;
- Cada clube pode inscrever 27 jogadores, o Rio Ave, com estas mudanças, tem um lugar em aberto?

PS - não foi, penso, uma boa estreia de Miguel Ribeiro na comunicação social.

Regresso

Por iniciativa do presidente da Assembleia Geral do Rio Ave, que teve neste processo um envolvimento que só posso elogiar, encontrei-me ontem com o presidente da Direcção do Rio Ave. Oportunidade para esclarecer (eventuais) equívocos e, da minha parte, reafirmar aquilo que me parece mais importante: a vontade de continuar a escrever sobre o Rio Ave, mas com respeito pelas diferenças de opinião. Ao mesmo tempo, para reafirmar o que sempre disse: que no Reis do Ave há espaço para outras opiniões (por exemplo se a Direcção nos entender contactar para esclarecimentos) e que, como temos feito muitas vezes, corrijirmos as informações que publicamos quando temos acesso a outros dados (por exemplo, da Direcção, se for caso disso). Podemos falhar, como é óbvio, e disso podemos ser acusados sempre que se justifique, mas as nossas intenções não podem ser postas em causa.
O encontro não podia, do meu ponto de vista, ter corrido melhor e penso estarem reunidas as condições para um regresso imediato.
Da parte do presidente da Direcação do Rio Ave ficou a promessa de passar a encarar o Reis do Ave com 'outros olhos' (como um espaço de gente que ama o Rio Ave, ainda que aqui e ali possam existir pontos de vista diferentes), pondo o passado recente para trás.

PS - aproveito, e é o momento certo para o fazer, enterrando este caso, para agradecer aos muitos rioavistas que via email, telefone, pessoalmente ou no Facebook me contactaram para tentarem saber o que se passou e manifestarem solidariedade. Agradeço-lhes sinceramente e, acreditem, também ajudaram a ultrapassar o episódio.

31 de Agosto, fecho de inscrições

Haverá alguma surpresa de última hora?

30.8.11

Também em Guimarães a falta de resultados positivos azeda as coisas

D' A Bola:

Viveram-se momentos de tensão no Complexo Desportivo dos vimaranenses. Presenciado por cerca de dois milhares de adeptos, o apronto ficou marcado pela ira de cerca de 30 dezenas de apaniguados, que, insatisfeitos com a campanha da equipa, resolveram invadir o relvado e pedir satisfações aos jogadores.

Dois mil adeptos num treino? Dois mil? Ou seiscentos? Mesmo assim é muita gente. Tenho inveja...

Ricardo Martins continua a ser opção para Rui Jorge

É um dos convocados para o jogo com a Moldávia, apuramento de 2013.

Plantel fechado

Miguel Ribeiro, em A Bola de hoje, desmente o interesse em Júlio Alves, que o mesmo jornal ontem noticiava, dizendo que não haverá mais contratações. E que só falta resolver o caso de Fábio Felício.

Colombo e Zappa (5)

Paulo Santos volta a ser o rei

Em três jornadas, Paulo Santos ganhou duas e ficou em segundo na outra.
31 pontos esta semana, mais dois do que Jeferson, Wires e Vitor Gomes.
O suplente Kelvin, com 28, ficou a seguir.
Mesmo com auto-golo, Éder não foi o titular menos pontuado (21 pontos): Tomás (20 pontos) e Christian (19) ficaram com essa 'distinção'

29.8.11

Tiago Costa, o 19º

Não é opção?

Júlio Alves - muito bem!

Fez o que devia, mas nem por isso deixa de merecer aplauso (foto: site do Rio Ave).



A boa exibição de Vítor Gomes dará para a transferência?

Como referi ontem, foi para mim a melhor prestação do Vítor em muito tempo, mas não acredito que tenha enchido o olho a possíveis interessados. O dinheiro dava jeito ao clube, mas face às limitações actuais de Tarantini e China desportivamente não era muito positivo.
Por outro lado, foi só um cheirinho da qualidade do Vítor, mas dá vontade de mais. E de ainda melhor!

28.8.11

Adepto pegado com Tomás? (ACT)

Na conferência de imprensa que ouvi pela Linear, falou-se numa altercação entre o nosso avançado e um adepto do Rio Ave. Como adepto acho que me assiste o direito de protestar quando as coisas não correm como eu gostaria. Não de faltar ao respeito aos jogadores. Já aos jogadores, por muito que ás vezes custe, cumpre o dever de saber ouvir, apesar de serem humanos e de não ser fácil ouvir algumas coisas.

A linha que separa estas duas dimensões de um jogo de futebol é por vezes ténue. Nesta altura temos é de nos unir. Não me coíbo porém de dizer que tenho ouvido várias críticas a Tomás na bancada. Todas injustas.

PS - E isto: «Pior mesmo só a atitude de mandar calar os adeptos no final da partida»

ACTUALIZADO a 29/8/11: «Furioso com as críticas que se ouviam das bancadas, João Tomás foi à rede tirar satisfações com os adeptos que o contestaram, chegando mesmo a fazer sinal de que “conversaria” com eles no exterior do estádio»;
ACtualizado com as informações deste nosso sócio: «quem for lá para tratra mal os jogadores mais vale ficar em casa...

5 estrangeiros de início

Não acontecia desde... bem, de momento não sei, mas não jogávamos com 5 estrangeiros no onze inicial há muito tempo, há pelo menos uma época.
No ano passado chegámos a ter 4 de início, nas jornadas 17 e 26 com Guimarães e Paços. Este ano acredito que o cenário de hoje se repetirá mais vezes.

3ªj Olhanense - Era de ganhar.

Começar os jogos com bolas nos paus tem dado mau resultado. É um engano para quem fica à espera de um jogo empolgante. E deixa-me preocupado porque não construimos nem destruímos, andamos longos períodos a cheirar a bola, com a equipa partida em duas, uma que defende e outra que ataca, sem falarem uma com a outra. O colectivo está mal. O adversário jogou macio, mas foi matreiro. Soube jogar com a nossa falta de ideias, rendilhou o jogo a meio-campo, perdeu tempo com mestria e nem precisou de grande poder de fogo: Éder foi infeliz e fez autogolo e de resto apenas uma bola na trave, na mesma que Vítor Gomes já acertara no início do jogo.
Carlos Brito leva 1 de nota. Falta fio de jogo a esta equipa. E faltou ousadia nas substituições. O mister nunca baralhou o jogo, optou sempre por alterações directas, acreditando que quem entrava podia fazer a diferença. Até mexeu duas vezes ao intervalo, mas não deu. Este jogo era de ganhar.

(3ª J Olhanense) - um a um (Jeferson)

Paulo Santos - 3. Sem mácula. Não me parece que tenha falhado no golo.
Tiago Pinto - 2. Competente a defender, mas sem apoiar o ataque.
Jeferson - 3. A falha no canto que deu golo é colectiva, porque na sua área de actuação foi impecável. O melhor.
Éder - 3 teve o azar de fazer autogolo.
Zé Gomes - 2. Sem comprometimentos.
Wires - 2. Lutador, sim mas também muito estático.
Braga - 1. Sem chama.
Vítor Gomes - 3. Achei que foi o seu melhor jogo em muito tempo, esteve menos complicativo, mas foi mal acompanhado.
Atsu - 1. Estreia absoluta infeliz. Ainda desalinhado com o resto da equipa.
Tomás - 1. É difícil marcar se a bola não chega lá. Quando saiu da sua zona para procurar o jogo também não esteve bem.
Saulo - 1. Voluntarioso, mas pouco produtivo.
Kelvin - 2. Agitou o jogo, foi o destino da maioria dos passes da segunda parte, mas pedir-lhe para fazer tudo era demais.
Yazalde - 1. Uma ou outra arrancada apenas.
Jorginho - 1. Infelizmente não trouxe nada de positivo.

Colombo e Zappa (4)


Já se conhece a equipa de futsal

para a próxima época, que começa no segundo sábado de Outubro. Equipa forte em perspectiva.

O jogo nº 50 de Saulo?

Se for titular ou entrar logo, Saulo completará o jogo nº 50 pelo Rio Ave.

(e fará parte do lote dos cinco jogadores em actividade com 50 ou mais jogos: Ze Gomes, 165; Gaspar, 110; Vitor Gomes, 95 e Wires e Tarantini com 70; por curiosidade, vejam as eventuais diferenças)

27.8.11

(3ª j) Yazalde e Christian convocados

Yazalde e Christian são as novidades (além de Marcelo), numa lista onde não estão, por lesão, Gaspar, Bruno China, Tarantini, Pateiro e Mendes e Rafa e André Dias por opção.

O novo Messi é esperança para amanhã

«The 19-year-old, nicknamed ”New Messi”...»

26.8.11

Rio Ave nunca ganhou ao Olhanense em Vila do Conde

O Rio Ave jogou duas vezes, nos últimos dois anos, para a primeira Liga com o Olhanense cá e nunca ganhou. Nem empatou.

Fábio Faria no Paços de Ferreira

Não se concretizou esta hipótese; agora vai jogar contra nós.

26 de Agosto de 2011, um dia negro para o Rioavismo

Sim, um dia negro.

Deixa-me muito triste que o João Paulo suspenda a colaboração com o Reis do Ave. Mas compreendo-a e não posso deixar de a apoiar. Há coisas que valem mais do que o Rio Ave.
Outras valem menos. Uma das que coisas que vale menos que o Clube é esta maneira estapafurdia como a Direcção trata um dos seus associados mais proactivos e que mais tem feito para promover o Clube.
A Direcção tem um problema de comunicação grave e outro ainda mais sério de auto-estima.
A Direcção tem tido um papel fundamental na credibilização do Clube e cai na mais elementar esparrela de querer silenciar quem emite uma opinião diferente da sua? E o que se segue? E falo em Direcção, no plural, porque ainda não vi um único Director demarcar-se da posição assinada pelo presidente no site oficial. Ou todos concordam ou assobiam para o lado.

Há guerras mais importantes a travar, meus senhores! Não vi, por exemplo, ninguém sair em defesa de João Tomás na questão da selecção. E olhem que no discurso dele falou do Clube de uma forma que nos devia deixar a todos muito orgulhosos!
Este episódio envergonha-nos como Clube. Muito! Tenham bom senso, saibam ouvir opiniões que diferem das Vossas! Homens grandes também são aqueles que reconhecem as suas faltas, não os que embarcam em dogmas como se fossem donos da verdade.

Viva o Rio Ave Futebol Clube que não merecia isto de quem o dirige nesta data.

Tarantini integrado no treino de hoje

A notícia do site oficial refere, no entanto, que o médio requer "ainda a atenção próxima do Departamento Médico", pelo que ainda não deve ser opção para o jogo com o Olhanense.

Gaspar é outra incógnita. Uma mexida já certa é a saída de Pateiro lesionado. Se Gaspar não recuperar obriga a duas alterações. Zé Gomes continuará no onze?

Colombo e Zappa (3)

25.8.11

Fim de colaboração no Reis do Ave

Interrompo neste momento a colaboração de muitos anos com o Reis do Ave - o mesmo é dizer a minha participação como autor de textos sobre o Rio Ave na blogosfera.
Faço-o, como penso que imaginam, com muita pena e tristeza, porque falar/discutir o Rio Ave é algo que sempre fiz com mais prazer do que sacrifício.
Mas há um momento em que é preciso saber parar - nos últimos tempos tive conhecimento de situações que põem ou podem pôr em causa a minha integridade pessoal e, sobretudo, profissional e que não me permitem continuar a escrever sobre o meu Clube.
Prometo voltar quando o exercício da liberdade de expressão for entendido tanto um direito como um dever no universo rioavista. De resto, continuarei a acompanhar o nosso Rio Ave e, dentro do que me for possível, a animar o Gil, para que prossiga este projecto, que visa, sempre visou, ajudar, à nossa maneira, a fazer um Rio Ave melhor.

Aos leitores que venham a lamentar esta minha decisão, apenas uma palavra: escrevo em blogues sobre o Rio Ave desde 2003! O que escrevi foi sempre assinado e está online. Se paro, acreditem, é porque sinto que não tenho alternativa.

Milhazes no Chaves

Dos que saíram do Rio Ave faltava conhecer o destino de Milhazes.
Vai para Chaves, ser treinado por Eusébio.
(foto: GD Chaves)

PS - como sempre acontece aos nossos ex-jogadores, desejamos os maiores sucessos a Milhazes, mas é forçoso reconhecer que é um grande passo atrás na sua carreira. Que possa, depois, dar dois em frente!

Tomás a aquecer para domingo?

«Dois golos de João Tomás deram esta manhã uma vitória ao Rio Ave num jogo-treino disputado à porta fechada em Vila do Conde»

PS - ninguém se lesionou, certo (vai fazer oito meses e continuamos sem China)?

Mário Reis logo na Linear

Mário Reis, que enquanto jogador e treinador esteve ligado durante 14 anos ao Rio Ave, é o entrevistado de logo de Paulo Vidal, nas Memórias Vivas.
Mário Reis tem o seu lugar na história no Rio Ave.

Jorge Sousa, lembram-se?

Foi o árbitro do jogo Rio Ave - FC Porto da época passada, em que os portistas foram claramente beneficiados e com isso o Rio Ave acabou derrotado.
Pois está de regresso a Vila do Conde para apitar o jogo de domingo.

«Onda negativa»?

Diz Vítor Gomes: «No domingo jogamos em casa e perante um adversário com semelhanças em relação a nós. À partida pode revelar-se como o jogo certo para garantirmos os três pontos. O actual momento é uma fase natural, mas o nosso objectivo é marcar golos. Não podemos entrar numa onda negativa pois o campeonato começou há pouco. Mais tarde ou cedo os golos vão aparecer» (nem é bom pensarmos nisso, sequer!)




24.8.11

31 de Agosto

Falta exactamente uma semana para o mercado fechar;
O Rio Ave, tanto quanto parece, tem a casa arrumada e fechada naquilo que é essencial.
Poderá sair alguém no meio campo, além de Fábio Felício, que pode rescindir.

Pessoalmente, e para considerar o plantel como um dos melhores dos últimos anos, via com bons olhos um defesa direito de inegável qualidade (se é Tiago Costa ainda não o pudemos ver).
Com Yazalde, já podemos ficar mais descansados quando Tomás tiver que descansar.


Colombo e Zappa



A carne toda ou...?

Irá Brito cumprir o 'ritual' de pôr Christian primeiro a suplente, como fez com Kelvin?
(foto: site oficial)
Ou vai dar um abanão na equipa, cuja produção atacante tem sido deficiente (no domingo o perigo veio essencialmente de Braga e de Wires!), apostando na dupla de extremos que veio do Dragão?
Brito não é homem para grandes mudanças e tem muita preocupação com o balneário (respeito pelos que já cá estão e que treinam todos os dias, por oposição aos que acabaram de chegar). Mas se Saulo e Pateiro não estão a render...

PS - depois o campeonato pára uma semana; quando regressar já teremos Yazalde a cem por cento; e Bruno China?

23.8.11

Paulo Santos lidera rei do ave

Sem surpresa, depois de um primeiro e de um segundo lugares, Paulo Santos lidera a tabela à segunda jornada.

(site Rio Ave)
61 pontos para o nosso guarda-redes, mais três do que Braga, no segundo posto.
Seguem-se: Jeferson, 57 pontos, Wires, 53 e Tiago Pinto com 50.
Abaixo dos 50 pontos os restantes jogadores, incluindo o vencedor do ano passado, Tomás, com 46. O primeiro vencedor, Gaspar, tem 48.
Uma vez que o onze foi repetido nos dois jogos, é possível falar na tabela dos titulares, e Pateiro, com 42 pontos, é o menos pontuado.

PS - já foram utilizados 17 jogadores; Rafinha, com 8, é o menos pontuado.

Jorginho

Pateiro, disse-o aqui, é a desilusão deste início de época; mas e Jorginho?
Ainda não foi titular, tem apenas uma dúzia de minutos e não está a ser fácil...

Vandinho - uma grande figura

Todos os rioavistas, penso, guardam de Vandinho a melhor imagem possível.
Ele também guarda de nós boas e justas recordações.
Sorte para Vandinho, na equipa onde jogou João Tomás e que agora tem Azenha como treinador...

Gaspar é baixa para domingo? (ACT)

«Gaspar deverá ser reavaliado durante esta semana pelo departamento clínico do emblema vila-condense, sendo ainda uma incógnita a sua utilização na partida com o Olhanense»

Actualizo: Pateiro também?



Ilações a tirar de domingo

O que fica deste resumo:

- Zé Gomes sem agressividade no lance do golo e Gaspar mal colocado;
- Jeferson quase a marcar na própria baliza;
- Paulo Santos a hesitar;
- Braga a tentar;
- (não se vê, mas há o grande grande remate de Wires)

Wires é o rei (ACT)

Wires somou 26 pontos e ganhou a segunda jornada do Rei do Ave.
Logo atrás o vencedor da semana passada, Paulo Santos, e também Braga, com menos dois.
O terceiro foi Vítor Gomes, com 22.
O titular menos pontuado foi Gaspar, com 15 pontos, menos um do que Pateiro.
Em contrapartida, quer Éder quer Kelvin, suplentes, somaram mais pontos, 20 e 19, respectivamente.

ACTUALIZADO a 31/8 com a ligação online

22.8.11

E agora Júlio Alves?

Fez vários jogos mas não foi um dos que mais se destacou; fez um mundial bastante discreto.
Ainda assim está de parabéns e não o devemos esquecer.
 Vendido ao Atlético de Madrid, deve ser emprestado ou jogar na equipa B.

PS - virá a Vila do Conde oferecer a camisola da selecção ao Museu do Clube?

Mais (menos...) do futsal

Ainda não se conhece a equipa para a próxima época*, mas vai-se sabendo quem não está.
Depois da saída de Ricardo Santos e de Teixeira, agora é a vez de Hugo 'Ramada' sair, que vai para a República Checa (fonte Facebook do jogador).
Sempre o disse, foi um dos bons elementos do plantel da época passada;

* Via site dos Ultras há diversas novidades sobre a nova época; a confirmar-se é quase uma equipa totalmente nova;

Feliz já na Trofa (infelizmente)

Feliz treinou hoje pela primeira vez na Trofa.

É com pena que o vejo partir;
Mais: se não tem tido o problema no olho e não tem sido dispensado, tenho a certeza que teria feito melhor do que Pateiro, a grande desilusão deste início de campeonato (se antes ainda havia alguma dúvida, agora...).
Acreditando sinceramente que Pateiro ainda vai dar muito ao Rio Ave, repito a crítica a Brito: um jogador não pode ser afastado por ser velho, ainda por cima quando está a render; mas o mesmo se aplica a um jovem; e Feliz poderia ter-nos sido muito útil.

Injusto para com João Tomás

No país do 'respeitinho', quem pensa pela sua cabeça tarde ou cedo é criticado; João Tomás ontem não marcou e mereceu uma crítica como esta.
Injusto porquê? Porque fazer depender de um jogo a avaliação de uma época é perfeitamente desajustado. Se no próximo jogo marcar três, as coisas mudam???

PS - a opinião do jornalista do Mais Futebol é legítima, como é óbvio e João Tomás não pretende agradar a todos. Mas não está isenta de crítica, nomeadamente quando esta é fundamentada.

Brito faz diagnóstico da derrota

Brito, como sempre, muito lúcido no final; análise ao jogo sem subterfúgios.
«A Académica ganhou bem, não tenho problemas em dizê-lo. Eles marcaram e nós não. É justo. Na primeira parte, a equipa ficou amarrada em si mesma, pareceu-me algo receosa, talvez porque a Académica vinha moralizada. Penso que podíamos ter colocado o adversário em sentido, ainda na primeira parte, mas não conseguimos. O último terço da nossa equipa não está a funcionar da melhor maneira, estamos a conseguir sair bem em transição e mesmo em ataque continuado, mas a sequência do último passe, ou do cruzamento, não está a sair»

(2ª j- Académica) Negativo

A derrota (1-0) em Coimbra não chega para se poder dizer que o Rio Ave está a ter um mau início de campeonato, mas também ninguém poderá dizer que o arranque está a ser positivo (óptimo é o da Académica). Mas após as duas primeiras jornadas, só podemos melhorar e o que conta são os números do fim.
Mais preocupante terá sido a exibição - quer pelo que se ouviu quer pelo que se viu nos resumos da noite, o Rio Ave produziu pouco ataque, com dois remates de Braga e um de Wires (os três de longe) e um cabeceamento de Tomás. Dois jogos, zero golos. Só Braga cria perigo?
Brito apostou no mesmo onze de Braga, num sinal de confiança na equipa, mas com maus resultados, preferindo uma integração progressiva de Kelvin (de suplente utilizado a titular no próximo domingo; foi Pateiro quem saiu para ele entrar, mas só ao intervalo) e também me enganei em relação a Zé Gomes/Tiago Costa.

Domingo espera-se uma vitória.

PS - negativo: a lesão de Gaspar; já estará ok para domingo?

21.8.11

(2ª j- Académica) Kelvin convocado (e André Dias!)

Brito chamou 19 para Coimbra:
Guarda-redes: Huanderson e Paulo Santos
Defesas: Gaspar, Tiago Costa, Jeferson, Tiago Pinto, Zé Gomes, André Dias e Éder.
Médios: Vitor Gomes, Braga, Rafinha, Jorginho e Wires.
Avançados: Pateiro, Kelvin, João Tomás, Dinei e Saulo.

Notas:
- Kelvin está!
- André Dias também;
- Rafinha volta a estar;
- além de Mendes, China e Tarantini, ainda a recuperar, falham a convocatória Rafa e Marcelo (além de Yazalde e Christian);
- em relação à convocatória anterior, sai Gilmar, já na Trofa.

Ribeirão: apenas um?

Seriam cinco, mas afinal - segundo A Bola de ontem - ficará apenas um jogador do Rio Ave, Tiago Silva.
O médio João Vítor, que também foi emprestado pelo Rio Ave, e está nesta foto, parece que foi dispensado, diz a mesma fonte. E o jornal diz que do Rio Ave não chegará mais nenhum jogador.

Rio Ave, Setúbal e Sporting: «colisão»

... de equipamentos.

(3ª jornada) Jogo domingo às quatro

Aí está um jogo para ver em família.
Rio Ave - Olhanense, 16h

20.8.11

Trofense quer Rafinha

Diz A Bola de ontem.
Fica a ser o Rio Ave B, com quatro jogadores do Rio Ave!

27? (ACT)

De acordo com o Record, «O presidente do Rio Ave confirmou ainda que "o atual plantel de 27 jogadores será reduzido para 25" e que "estão já a ser estudadas alternativas de colocação em outros clubes de dois atletas que integram o grupo de trabalho"».
Pelas minhas contas são 26 (PS, H e Rafa; ZG, TC, G, J, Eder e Marcelo, TP e AD; W e BC; Tarantini, VG, Braga, Jorginho e Rafinha; Dinei, JT, Y, Christian, Kelvin, Saulo, Pateiro e Mendes), pois o Rio Ave já anunciou a saída de Feliz (aqui está desactualizado).
Se não estou enganado, ai portanto um e não dois. Mas O JOgo de hoje tambem fala na saída de dois.

Se são mesmo dois para sair, estaremos também a falar de André Dias (por causa de Pateiro poder jogar a defesa?);  É que há, agora, várias novas opções para Brito: Yazalde, por exemplo, pode ser o substituto de JT; Kelvin pode jogar no meio campo; Pateiro tambem pode jogar mais recuado; Dinei não vai ter muitas opções, parece; Mendes é um caso à parte, talvez possa rodar em Janeiro; de Rafinha já se falou)-

ACtualizo a 21/8/11: O Record de ontem explica que os os dois, dos 27, são Fábio Felício, que vai rescindir, e Rafinha. Sem surpresa, portanto.

19.8.11

O primeiro treino a 26

foi hoje.

(a 26, mas sem China)

PS - e a inscrição de Kelvin está feita.

Plantel fechado? (ACT)

O plantel está neste momento com 26 elementos (já sem Feliz).
É mais um do que Brito queria e mais um do que a 'regra' de dois jogadores por posição (além dos três guarda-redes).
O excesso está no meio campo, onde há cinco jogadores para dois lugares: Vítor Gomes, Tarantini, Braga, Jorginho e Rafinha.
Brito até pode ficar com 26, ninguém morre por isso, mas Rafinha precisa de jogar, ainda por cima porque já deu sinais de qualidade.
Brito vai ficar à espera de alguma venda até dia 31.

PS - fechado nas entradas? Pode sempre aparecer um bom 'negócio'

ACTualizo com a confirmação deste cenário: «A chegada dos três atletas, segundo palavras do Presidente do Clube, deve encerrar o período de entradas na equipa. O responsável máximo pelo emblema de Vila do Conde não descartou a hipótese de surgirem saídas no plantel, não querendo, no entanto, avançar com dados concretos»

Uma equipa de juniores renovada?

Não tive oportunidade de ver o jogo dos juniores, mas segundo se lê o Rio Ave apresenta um plantel reforçado precisamente por elementos provenientes dos dragões que tiveram neste encontro uma excelente oportunidade para mostrar serviço.




18.8.11

Alguma vez teremos Bruno Paixão esta época? (ACT)

Para já estamos safos, mas o pior árbitro do mundo pode aparecer por aí...

ACTualizo a 20/8/11: temos sempre esta alternativa...

A entrada de Kelvin é a única alteração?

Penso que não.
Penso que Brito vai dar oportunidade a Tiago Costa em Coimbra.
E tirando essa mudança, mais a de Kelvin por Pateiro, não me parece que haja lugar a outras alterações. Ou seja, Jorginho continuará no banco.

PS - Yazalde ainda não está operacional fisicamente e a utilização de Christian está fora de hipótese, conhecendo Brito. Por isso vamos ter de esperar uma ou quem sabe duas jornadas para ver a nova dupla de extremos. [que, atendendo ao atraso na preparação de Yazalde, será Kelvin e Christian].

Quem vai sair para entrar Kelvin?

Se a resposta for pelo lado do rendimento em campo, Pateiro é o mais óbvio (Saulo tem estado um furo acima);
Se a resposta for pelas características dos intervenientes, Pateiro é o mais óbvio; Kelvin é esquerdino e, nesse caso, é troca por troca.

17.8.11

Sete emprestados na Orangina

O presidente da direcção do Rio Ave, ainda na entrevista ao «site», diz que «é de realçar que o Rio Ave FC tem vários jogadores emprestados a equipas da Liga Orangina, algo impensável anteriormente e ímpar em Clubes da nossa dimensão».
Na verdade, além dos três no Trofense, há Ricardo Martins e Geraldes no Aves e Renato Santos no Moreirense.
E falta decidir o futuro de Rafinha - vai ou fica?




Christian a caminho.

Eis uma excelente notícia: Christian, o extremo ganês que muitos consideram um prodígio, está a caminho de Vila do Conde (confirma-se a informação aqui dada em Junho).

O meu comentário: com Kelvin, Christian e Yazalde ficamos muito mais fortes.
Brito passa a ter diversas opções no ataque, sendo que Yazalde pode, sempre que necessário, fazer de Tomás e Kelvin pode jogar no meio campo (que é onde parece que gosta mais de jogar).

Feliz e Gilmar no Trofense (ACT)

Sem surpresa, Gilmar e Feliz vão ser emprestados. Ao Trofense. Juntam-se assim a Trigueira.
No caso de Gilmar, a dúvida era apenas qual o clube que o receberia. O avançado precisa de evoluir e em Vila do Conde não teria grandes hipóteses (foi sempre o terceiro ponta-de-lança).
Feliz não é muito diferente. Há excesso de extremos e Pateiro ou Saulo não seriam dispensados. Restam Mendes, a recuperar de lesão, e Feliz...

O que todos desejamos é que se imponham e mostrem o seu valor - e se for caso disso, que voltem em Janeiro, para uma venda no final da época (como Júlio Alves).

ACtualizo: Gilmar já veste a camisola do Trofense, mas Feliz ainda treina, para recuperar a condição física, em Vila do Conde.

André Dias para Ribeirão?

Quase dois meses depois André Dias volta (ontem, em A Bola) a ser colocado na rota do Ribeirão, que está a contar com ele, por conta dos acordos anteriores.
Eu, que acho um erro essa dispensa, tenho fé nas palavras de Brito.
PS - André Dias não será o titular, mas há Taça de Portugal, há Taça da Liga, há castigos e, infelizmente, lesões. E já mostrou que tem muito futebol para dar ao Rio Ave!

6 anos de Reis do Ave!

Estamos, João Paulo e eu, juntos num blogue que fala do Rio Ave há precisamente 6 anos. Andei algum tempo a tentar convencê-lo a voltar a escrever sobre o nosso clube depois de ele ter abandonado o seu projecto a solo. Sózinho era-me, e continua a ser, impossível manter um blogue digno de falar sobre o Rio Ave. A chegada dele trouxe uma outra dimensão a este espaço (e anteriormente ao blogue alojado no Sapo) que eu não tenho capacidade para dar. Se tenho algum mérito nesta aventura a dois é o de o ter convencido a juntar-se a mim.

6 anos mais tarde ainda nos une o prazer de falar do Rio Ave, o prazer de discordarmos muitas vezes, o prazer de darmos um pouco do nosso tempo ao clube, o prazer de sermos irrelevantes nas coisas que dizemos e fazemos sobre o nosso Rio Ave, de apostar uns leitões que nunca paguei, de ver a família aumentar e se acrescentarem mais sócios ao clube.

Nem sempre é fácil, nem sempre somos bem entendidos com esta dedicação que é um acto desprendido e despretensioso, sem qualquer outra intenção que não seja dinamizar o Rio Ave na blogosfera. Mas tem valido a pena! E enquanto assim for, cá continuaremos!

Obrigado a todos pela dedicação e procura deste espaço!

Ainda a arbitragem de sábado

A estatística regista apenas cinco faltas do Braga no sábado.
Excelente, sem dúvida.
Mas é preciso dizer que Duarte Gomes só assinalou cinco faltas porque perdoou pelo menos outras tantas aos bracarenses.
Estou a referir-me, por exemplo, aos lances disputados no ar por João Tomás, que o nosso avançado perdeu quase sempre por sofrer falta. Mas pelas minhas contas apenas uma falta dessas foi marcada.

16.8.11

O regresso do 12º jogador

Terminou há pouco a primeira emissão desta temporada do 12º Jogador na Linear.
Um espaço importante de reflexão sobre o nosso Clube, cuja continuidade se saúda - um programa que se impôs na opinião pública local por mérito próprio.

(mesmo quando estou em desacordo com o que é dito, como aconteceu com a abordagem de Carlos Costa ao 'recado' de João Tomás; em desacordo ou de acordo, importa é podermos expressar a nossa opinião)

Yazalde ainda não?

No treino desta tarde não estava;
Em contrapartida, Tarantini e Feliz já davam uns toques (China é que ainda não).

Pontos fortes e pontos fracos

Analisada a equipa à primeira jornada, e tendo também em vista os jogos da pré-temporada, eis uma análise por pontos fortes e pontos fracos:

Pontos fortes:
- Paulo Santos está em forma;
- Gaspar e Jeferson dão garantias (tal como Éder);
- Tiago Pinto pode fazer uma grande época (e André Dias tem muito futuro)
- Wires e China fazem uma boa dupla;
- meio campo de ataque pode melhor com Jorginho
- Tomás é Tomás!

Pontos fracos:
- a direita da defesa;
- ausência de extremos que façam a diferença;
- falta de reais alternativas a Tomás;

Dúvidas:
- o que vale Huanderson-Muralha?
- Marcelo é reforço?
- Vítor Gomes vai ficar?
- Yazalde e Kelvin vão reeditar Yazalde-Bruno Gama?
- virá mais alguém para o ataque?
- Feliz vai sair?

Kelvin e Quinzinho

Como já aqui disse, o FC Porto tem hoje regras muito claras sobre o empréstimo dos seus melhores jogadores, sobretudo daqueles que pretende observar e em quem deposita muitas expectativas. Como Kelvin. Se não estou enganado, o FC Porto paga o ordenado do jogador (ou quase todo), mas em contrapartida ele tem de fazer uma percentagem elevada de jogos durante o mês.
Muito diferente de quando nos emprestaram Quinzinho, lembram-se? Consta que já depois do empréstimo o FC Porto o quis de volta, mas os nossos dirigentes de então bateram o pé (um pouco como aconteceu com André Santos, quando estava no Leiria e o Sporting o quis de volta). [Brito foi o treinador de Quinzinho e, 14 anos depois, de Kelvin].
PS - Quinzinho, aos 37 anos, ainda joga, em Angola, depois de sete anos na China!

15.8.11

Kelvin aposta em Coimbra

Via Twitter ficamos a saber que Kelvin conta jogar em Coimbra.
Nós também esperamos que isso aconteça!
PS - Kelvin esteve no Estádio, sábado, a assistir ao jogo com alguns familiares.

A questão do defesa-direito

Relativamente a esta previsão houve duas falhas (ou uma e meia, se considerarmos que a opção entre Braga e Jorginho era difícil de antecipar): eu apostava em Tiago Costa, Brito meteu Zé Gomes no onze.
O jogo confirmou os meus receios, que vêm, aliás, da época passada (falta de velocidade nas jogadas rápidas do adversário e desacerto geral nos passes/cruzamentos).
Mas o que me deixa preocupado é isto: precisamos, na direita da defesa, de um bom lateral, como temos na esquerda (e viu-se como foi com Lionn). Se Tiago Costa não é esse jogador, se não é/está melhor do que Zé Gomes, então quem será?
É certo que estamos muito no início, mas é agora que se podem tomar decisões. Por isso estou um pouco preocupado.
PS - se há alguém que, depois de ler este texto, pensa que algo me move contra o Zé Gomes só posso dizer isto: acima de qualquer jogador está sempre o Clube; além disso sempre elogiei o profissionalismo e a entrega do Zé e por isso sempre defendir as suas renovações

Ribeirão: clube-satélite?

Pelos vistos isto (e isto) não avançou.
E os cinco jogadores são afinal dois (ainda?).

Seis mil sócios

A Direcção apresentou no sábado à tarde uma campanha que visa chegar aos seis mil sócios (duplicando os actuais 3 mil).
Ficou a saber-se que as crianças e jovens de Vila do Conde vão receber o cartão-escola, «bem como os pais, para que desta forma possam acompanhar os filhos aos jogos do Rio Ave» (A Bola). Também foi criado o kit mulher, para atrair o público feminino e aos associados que pagarem a quota anual será oferecida uma camisola oficial. Também existem packs de de jogos a preço especial, a pensar nos jogos de maior importância (a informação oficial aqui).
Estas iniciativas, que genericamente se aplaudem, pois visam engradecer o Clube, inserem-se também numa nova imagem do Clube, subordinada ao slogan 'Embarque rumo à vitória' (reportagem desenvolvida nos nossos amigos Rioavistas, aqui e aqui).

PS - O Clube está no Facebook. [o desporto da Linear também]

Paulo Santos é o primeiro rei! (ACT)

Sem surpresa, Paulo Santos ganhou a primeira 'tiragem' semanal do Rei do Ave, com 37 pontos (além dos dois editores deste blogue, contribuíram Paulo Vidal, O Jogo, A Bola, Record, Mais Futebol e Correio da Manhã).
Jeferson somou menos um e Braga menos três (34).
Com 30 ou mais pontos, há ainda Gaspar (33) e Saulo (30).
Tomás, o vencedor da época passada, começou mal, somando apenas 26 (tal como Pateiro e Vitor Gomes) e apenas mais um do que o titular menos pontuado, Zé Gomes (25). Já o suplente mais pontuado, Tiago Costa, não foi além dos 22 pontos.

ACTualizo a 25/8/11: as contas foram feitas à mão e... Agora, online, há duas correcções: Saulo somou 31 e não 30 e Wires 28 e não 28

Relvado a precisar de cuidados?

Pode ser do tempo (do calor), pode ser normal, pode ser de quem - EU! - não percebe nada do assunto, mas pareceu-me que o relvado estava muito amarelado.
A precisar de cuidados?

14.8.11

Cachecóis cor-de-rosa?

Uma coisa é o equipamento alternativo, outra cachecóis oficiais.
Chamem-me 'bota de elástico' mas não gostei.

«Mais um reforço para a frente de ataque»

diz A Bola de ontem, além de Yazalde e de Kelvin.
A mim parece-me bem, se for mais um extremo desequilibrador, porque não vale a pena pensar em mais avançados (Dinei e Gilmar só jogarão quando Tomás não estiver).

Os novos relvados (ACT)

Se não estou enganado é no topo norte, onde há actualmente uns montes de terra, que vão nascer os dois novos relvados sintéticos anunciados pelo presidente.
 As obras de remoção do aterro já começaram, mas este sábado ainda deu para ver os jogos à borla.
(De vez em quando vou ouvindo falar de hipotéticos problemas, nunca confirmados, com os antigos proprietários dos terrenos onde está o nosso Estádio; claro que se as obras avançaram ou estão a avançar é porque se entende, do Clube à Câmara, que não há esses problemas, mas em coerência com o que escrevi há dois anos aqui fica esta nota)

PS - por falar em obras, o elevador está bonito, mas não terá sido das obras mais rápidas a executar.

Tomás rouba o protagonismo

Começo pelo fim, porque Tomás merece. Concordo em absoluto com as críticas que fez ao seleccionador. Claro que agora ainda ficou mais longe da equipa nacional, mas desopilou, limpou a alma e fez muito bem.

O jogo: é sempre com ansiedade que se chega ao dia 1 da Liga. E a espera compensou-me de facto, porque não tendo sido brilhante, manteve-me sempre na expectativa que um golo podia chegar e isso dá emoção a qualquer jogo. Não deve custar admitir que o Braga foi mais forte, mais dominador, mas também, como disse C. Brito no final, não criou grandes oportunidades. O nosso início foi bom mas fomos desvanecendo. Para mim estamos mais débeis a atacar que na época anterior, mas felizmente continuamos fortes a defender. Por outro lado, prefiro começar com 1 ponto em casa com o Braga e ter passado por algumas dificuldades, do que jogar muito bem como com o Nacional no ano passado e perder.
Brito leva nota 2.

Nota final para o público: não foi enchente, mas havia bastante gente e animada. Eu gosto muito de ver o estádio assim!

Um a um

P. Santos - 3.
T. Pinto - 3
Jeferson - 4
Gaspar - 3
Zé Gomes - 2
V. Gomes - 2
Wires - 3
Braga - 3
Pateiro - 2
Tomás - 2
Saulo - 3
Tiago Costa, Jorginho e Rafinha - 1

Tomás goleia Paulo Bento (ACTx2)

Tomás no final do jogo com o Braga: Paulo Bento é incoerente, diz uma coisa e faz outra; falta-lhe coragem ao não convocar o melhor marcador português, talvez por ser jogador do Rio Ave (e lembrou que Sílvio e Coentrão, há duas épocas, era, jogadores do Rio Ave).
Tomás goleou!

ACTualizo a 14/8/11: «Melhor que eu, só Cristiano Ronaldo», concluiu João Tomás
ACtualizo a 16/8/11: «alguém imagina o ‘granel’ que seria se o seleccionador, simplesmente, ignorasse, durante uma época inteira, o segundo melhor marcador da Liga, um português, e esse ‘herói’ jogasse num dos três ditos grandes?»


13.8.11

(1ª j Braga) Um-a-um: Paulo Santos e? (CORR)

(com as pontuações, de 0 a 5, corrigidas)
Paulo Santos 4 (até teve um deslize, mas nos lances decisivos esteve sempre bem; segurou o empate);
Zé Gomes: 2 (lutou muito, mas parece-me que já não tem futebol para a primeira divisão; os cruzamentos raramente saem bem, mas o pior são os lances rápidos, que perde quase sempre)
Gaspar: 3 (dentro do que esperamos)
Jeferson: 4 (é corajoso, é destemido, é, até, um pouco 'louco'; às vezes há alguns sustos, mas quase sempre salva a equipa)
Tiago Pinto: 3 (na primeira parte esteve discreto, mas na segunda apareceu mais no ataque e mostrou o seu valor; Alan deu-lhe muito trabalho e teve alguns sustos);
Wires: 3 (só é pena não ajudar um pouco mais no ataque; lutou até cair, cortou bolas, ajudou a equipa, mas faltam os últimos 30 metros)
Vítor Gomes: 2 (jogou os 90 minutos mas fez alguma coisa de especial? Não. Honestamente, com grande pena o digo, não se viu grande coisa, para além do esforço)
Braga: 3 (o ataque resumiu-se a ele; na segunda parte desapareceu)
Pateiro: 2 (lutar não chega, porque jogou a extremo e esperava-se muito mais; foi o primeiro a sair)
Tomás: 3 (se a bola não lhe chega é muito mais díficil; mas procurou sempre ganhar os lançamentos e deu luta; só teve um lance em 90 minutos, o que é muito pouco)
Saulo: 3 (como Pateiro lutou muito para poucos resultados; mas esforçou-se até cair; a defender e a atacar; tarde/noite infeliz)
Tiago Costa: 1 (entrou para extremo direito e acabou a defesa; nada de jeito)
Jorginho: 1 (nada de jeito)
Rafinha: 1 (estreou-se na primeira divisão e pareceu muito nervoso; tudo lhe correu mal naqueles minutos)

(1ª j - Braga) Fracote

O Rio Ave empatou a zero com o Braga e este acabou por ser um bom resultado para o Rio Ave, que pouco ou nada fez na segunda parte. Paulo Santos foi, para mim, o melhor em campo e isso diz tudo.
A primeira parte até foi positiva, com muita entrega do Rio Ave, muita entreajuda, muita luta, mas na segunda parte não existiu.
O Rio Ave criou, em todo o jogo, duas oportunidades de golo, ambas por Braga; uma ao poste outra para defesa, excelente, de Quim. Os extremos não fizeram chegar a bola a Tomás, o meio campo também não construiu.
O onze de Brito tinha uma surpresa: Zé Gomes. E Zé Gomes foi um dos elementos mais fracos da equipa, com cruzamentos disparatados e sem pernas nos lances em velocidade. Braga também foi titular e não esteve mal. A Brito dou nota 2. Fez umas substituições confusas, mas reconheça-se que não tinha muitas opções.
O Braga deu muito trabalho na segunda parte mas a defesa foi respondendo dentro do possível. Não é pela defesa (Zé Gomes é uma excepção) que não vamos alcançar os objectivos; é sobretudo pelos extremos!
Com outro defesa-direiro, com China, com Jorginho em melhor forma e dois novos extremos o Rio Ave vai estar melhor.
Curiosamente, o onze do Rio Ave só teve um reforço no onze inicial, Pateiro; mas sem Lionn, sem Bruno Gama e sem Yazalde, este Rio Ave é mais fraco.

PS - arbitragem fraquinha de Duarte Gomes, sem influencia no resultado mas quase sempre contra o Rio Ave.

A pouco mais de meia hora do início da nossa temporada

os meus desejos para 2011-2012:
- sem lesões graves;
- manutenção assegurada entre a jornada 22 e 25;
- terminar entre 6º e 8º;
- final de uma Taça;
- Tomás na selecção;
- vender um jogador por 5 milhões de euros.

Ainda a tempo: jogadores com mais anos de rioavismo

Vítor Gomes: 6 (na verdade, cinco e meia por causa da segunda parte de 2007-08, em Itália);
Zé Gomes: 5 (intercaladas: de 2003-4 a 2005-6 e de 2009-10 à última)
Gaspar: 4
Wires: 4
Tarantini: 3
Saulo: 2 (intercaladas)
João Tomás: 2 (uma e meia, segunda parte de 2009-10 na Arábia)

Tomás vs Nuno Gomes

Como A Bola de ontem lembrava, logo estarão frente a frente os dois maiores marcadores do principal campeonato de Portugal: Nuno Gomes com 148 golos e João Tomás com 83. Gomes marcou-os em 372 jogos e Tomás em 223.
Aparentemente os números são desfavoráveis a Tomás, mas a média de 2,6, contra, 2,5 de Gomes, mostra o equilíbrio.
Logo tiram a teima!

A história das nossas classificações (ACT)

Falta-nos a classificação da época de 75/76. Alguém nos ajuda?
(clicar para ampliar)

ACTualizo a 5/8: 16º em 75/76; obrigado Sérgio.

Média de idades: 27 anos

A propósito do que diz Paulo Santos, aqui ficam os dados sobre a média de idades das 16 equipas:
Rio Ave e Setúbal: 27 anos
Guimarães e Gil Vicente: 26
Benfica, Sporting, Braga, Marítimo, Olhanense e Académica:25
FCPOrto, Nacional, Paços de Ferreira e Beira Mar, 24
Leiria e Feirense: 23
(fonte: revista de A Bola)

(somos, portanto, a equipa com uma média mais elevada de idades; enquanto o Setúbal tem apenas quatro jogadores com mais de 30 anos, sendo o mais velho Ricardo Silva, com 35, mas quase não tem jovens, o Rio Ave faz os dois extremos)

Um espaço de humor

Dois adeptos do Rio Ave, duas personagens fictícias, a comentarem a realidade do nosso clube com algum humor. É esse o tema das 'tiras' que iremos apresentar como banner do cabeçalho do blogue esta época sempre que a situação o justifique.

Em dia de estreias, Liga e novo site, é esta a estreia no Reis do Ave!

Paulo Santos e o fim

«Já pensou em abandonar a carreira?
Sim, já começo a pensar nisso, mas continuo a ter prazer. Em Portugal a idade ainda é um tabu. aos 32 ou 33 já somos velhos. No Rio Ave a mentalidade é diferente. Ligam mais ao nosso rendimento do que propriamente à idade. Foi por isso que eu e o João Tomás decidimos continuar», diz Paulo Santos, apresentado como o atleta com mais épocas na Liga, ao Diário de Notícia de ontem.

Novo aspecto, velhos pecados

Ao abrir-se o novo site percebe-se que há mais cor, salta à vista a aposta no laranja em tom tijolo e o novo arranjo gráfico. Eu gosto.Há também um espaço dedicado ao Facebook no fundo do site.

Gostei da galeria de imagens, gostei de ver a equipa profissional de futebol já actualizada, mas não gostei da falta de actualização de notícias. Não encontrei, por exemplo, os convocados para o jogo de hoje. O tal novo conceito de comunicação de que fala o presidente na entrevista de abertura do novo design do site, saiu um pouco diminuído nesta remodelação. À primeira vista parece que o site sofreu uma operação plástica, mas na substância se mantém muito semelhante ao que já era.

As ideias fortes da entrevista de ASC

- objectivo do mandato fora do campo desportivo: "A prioridade prende-se com o rigor financeiro. Não podemos ultrapassar as nossas limitações e ter noção da realidade. (...) Responsabilidade e rigor vão ser palavras de ordem. No entanto não vamos deixar de ser ambiciosos, aspirando dotar o Clube das ferramentas necessárias para o elevar a patamares superiores."





Abriu à meia-noite com um sorriso singelo do presidente

que dá uma entrevista ao site e que mais tarde leremos com mais cuidado.


Também mais tarde, quando já houver sol, veremos o que há de novo e de melhor no site.

12.8.11

12 de Agosto, 23 horas e 06 minutos


O site oficial continua em baixo...

Como não chegar a Vila do Conde

Guia de Futebol 2011/2012 do Record, pagina 87:

"Informações úteis
(...)
Acessos. Vindo de sul, basta seguir pela A29, que liga o Porto a Valença e sair em Vila do Conde. (...)"


Pimenta de regresso!

Nos treinos à porta fechada não sei, mas no de hoje esteve.
Ainda não está a cem por cento, mas o Pimenta sabe como derrotar o vírus!

O(s) onze(s) para amanhã

Em função da convocatória, penso que Brito vai jogar com:
Paulo Santos; Tiago Costa, Gaspar, Jeferson e Tiago Pinto; Wires, Vítor Gomes e Jorginho; Saulo, Tomás e Pateiro. 

Com seis 'impedidos', não sobram muitas opções; talvez a grande dúvida seja Braga ou Jorginho; ambos não estiveram bem nesta pré-época, pelo que Brito terá de decidir pelo que viu nos treinos e pela 'fé' nas capacidades dos jogadores; acho que Brito vai por Jorginho;

1ª convocatória: Kelvin não, Jorginho sim

Brito chamou 18:
Guarda-redes - Paulo Santos e Huanderson.
Defesas - Tiago Costa, José Gomes, Gaspar, Jefferson, Éder e Tiago Pinto.
Médios - Wires, Vítor Gomes, Braga, Jorginho, Pateiro e Rafinha.
Avançados - João Tomás, Saulo, Gilmar e Dinei.

Notas:
- Feliz, Mendes, Bruno China e Tarantini, todos a contas com problemas clínicos;
- Kelvin também não foi chamado e Yazalde ainda não chegou;
- Sobram Rafa, Marcelo e André Dias, que ficam a ver por opção técnica;
- Os certificados internacionais, pelos vistos, chegaram a tempo;
- ou seja, não há surpresas

E se perderes?...

Diz Jardim: «a nossa única ambição é ganhar»

Kelvin para Coimbra? (ACT)

A pergunta feira ontem no blogue não encontrou respostas exactas e apenas A Bola diz que Kelvin poderá ser opção para Coimbra, na segunda jornada. O Jogo de hoje revela que já treinou ontem.

PS - Kelvin está com saudades do Brasil.

ACTualizo com as primeiras fotos do treino desta manhã:

Não estavam Feliz, Tarantini e China.
Felício continua a treinar com a equipa.

Ainda a tempo: a insustentável leveza...

Entre Feliz e Paulo Santos há 27 quilos de diferença:

Feliz: 60 quilos
Mendes: 67
Kelvin: 70
André Dias: 71
Jorginho e Pateiro: 72

Paulo Santos: 87
Gaspar: 85
Huanderson: 83
Dinei: 82
Gilmar e Tomás: 80

Ainda a tempo: nas alturas...

Jeferson perdeu o primeiro lugar na estatura, ultrapassado por Gilmar.
Gilmar 1,93
Jeferson 1,92
Huanderson e Gaspar: 1,90
Tarantini: 1,89
Tomás: 1,88

Mais baixos:
Feliz: 1,65
Tiago Costa: 1,74
Mendes: 1,75
Saulo e Zé Gomes; 1,76
Tiago Pinto: 1,77

(fonte: revista do Record)

11.8.11

Ainda a tempo: 11 ou 17 golos para Tomás

Marcar 17 golos não é impossível, mas é muito difícil.
Tomás tem outro objectivo, mais modesto: 'apenas' 11.
E com esses 11 golos ultrapassar Armando Fati.
Aceitam-se apostas!

Que Roderick connosco não fique

D' A Bola:

Jorge Jesus anunciou que Roderick Miranda vai ser cedido para poder jogar com regularidade. «Achámos por bem que tinha de competir, cedido a uma equipa onde pudesse jogar todos os domingos. O Benfica anda à procura de um clube para o Roderick, bem como para outros jogadores que têm perfil e condições para crescer e regressar ao clube».

No ano passado foi uma novela interminável: vem ou não o moço do Benfica? Não veio, não quiseram, não deixaram, não, não, não.

Se o oferecem ao Rio Ave este ano, deviam ouvir o eco das sua negações!

Ainda a tempo: jogadores com mais jogos

...no principal campeonato:

Gaspar: 304
Paulo Santos: 256
Tomás: 223
Jorginho: 161
Zé Gomes: 152
Saulo: 138
Pateiro: 86
Bruno China: 74
Tarantini: 70
Braga: 63
Vitor Gomes e Wires: 61
Tiago Pinto: 40
Yazalde: 31
Mendes e Eder: 9
André Dias: 1
(todos os restantes estreiam-se)

[coincidência curiosa: esta não será, à partida, para estes jogadores, uma época memorável: os que têm 300 não farão 400 e os que têm 200 não passarão para 300, mesmo que sejam sempre titulares; Pateiro e, menos, China, podem chegar aos 100 jogos no primeiro escalão].

O que queremos ver Kelvin fazer em Vila do Conde!


A água já cresce na boca...

Ainda a tempo: jogadores com mais golos

no principal campeonato português:
Tomás: 83
Jorginho: 28
Saulo: 23
Gaspar: 19
Yazalde: 10
Braga: 9
Zé Gomes: 5
Wires e Bruno China: 4
Jeferson, Pateiro, Tarantini e Vitor Gomes: 2
Eder: 2
Tiago Pinto: 1

(Tomás bate o recorde da época passada e marca 17? Chega aos 100!)

«(Paulo) Bento, o justiceiro»

«Dois exemplos de jogadores que têm razões para se sentirem injustiçados pelas escolhas do seleccionador - na baliza: Beto (...). No centro do ataque (uma vez que o critério da idade foi posto de parte): João Tomás. Agora com 36 anos, em 2010-11 fez 29 jogos e marcou 16 golos (tantos quantos Falcão). Quer Beto quer João Tomás "fizeram" mais do que Quim e Nuno Gomes (...)», escreve Rui Santos, em O Record de hoje.

27 neste momento

Com a chegada eminente de Yazalde e de Kelvin, o plantel fica com 27 elementos.
Mais dois do aqueles que Brito desejava.
Como chegaram dois extremos e neste momento há Pateiro, Saulo, Mendes, Feliz e os dois novos, é provável que Feliz seja o 'sacrificado' (consta que há diversos clubes da Liga da Honra interessados com os bons desempenhos de Feliz).
Ainda fica a faltar um e a chave para o problema é simples: no meio campo, ou Vítor Gomes é vendido ou Rafinha poderá sair.
Veremos o que vai acontecer.

Um bom árbitro para sábado

Duarte Gomes.

Kelvin já está! (ACT)

Um ano de empréstimo (mas temos que nos preparar para a possibilidade de poder sair em Janeiro, pois quem paga, manda!) do talentoso médio que virá jogar a extremo em Vila do Conde.
Nada é dito sobre quando começa a treinar e se - pouco provável, acho eu - poderá ser convocado para sábado (ou será que Salvador ligou a Pinto da Costa para Kelvin não chegar a tempo do jogo?????).
(quanto a Christian, que o Rio AVe também desejaria, vai continuar no Dragão, tanto quanto percebi)

PS - foi a 15/7 que A Bola revelou primeiro o interesse do Rio Ave no jogador.

ACTualizo com o comentário: sei que o FC Porto não dá ponto sem nó e que oferece um presunto a quem lhe der um porco; da mesma forma desconheço os contornos deste acordo (alguma coisa a ver com Miguel Lopes, ainda?), mas sei que Pinto da Costa manteve a sua palavra para com o Rio Ave (a de emprestar um extremo); se o jogador tivesse ido para Coimbra ou Leiria, hoje estariamos a lamentar ou a dizer que a direcção do Rio Ave não teve argumentos negociais. As coisas funcionaram bem e como tal é justo reconhecer isso mesmo.

10.8.11

André Serrão no Vianense

Serrão saiu do Ribeirão e foi para o Vianense (um passo atrás, se tivermos em conta que o Vianense está na 3ª).

Por falar em ex-jogadores do Rio Ave, Livramento está com Eusébio no Chaves e Jaime ainda joga no Brasil (Campinense).

3ª edição do Rei do Ave

Com início do campeonato, damos também início à 3ª edição da nossa iniciativa Rei do Ave (destinada a escolher o melhor jogador do Rio Ave FC ao longo da época e, assim, ajudar a tentar dinamizar o interesse à volta do nosso Clube).
Semanalmente apresentaremos as pontuações dos nossos vários contribuintes e no final haverá um vencedor.
Gaspar e Tomás ganharam as edições anteriores, mas o vice-Rei não será o mesmo (Bruno Gama já cá não está).
No fundo, será este ano como nos anteriores.

Dois treinos à porta fechada!

Hoje e amanhã.
Não me lembro de tal!

2ª jornada em Coimbra: domingo às 18h

dia 21/8

Yazalde só na próxima semana

Yazalde, afinal, chega só na próxima semana, dizem A Bola e o Record de hoje; por causa do jogo de sábado, esclarecem...

A época dos certificados internacionais (Jorginho)

Chega-se a esta altura e lá vêm as notícias sobre os jogadores que aguardam a chegada dos certificados internacionais. Segundo o Record de hoje são Huanderson, Dinei e Jorginho.
Este é o caso mais 'problemático', porque poderia ser titular.
Ou será que até sexta?

Felício trabalha com a restante equipa

Não, não me parece que tenha havido qualquer desenvolvimento - até porque o excesso de médios é real no plantel (se Vítor Gomes não sair, sairá Rafinha?); acontece é que - e bem - o Rio Ave decidiu não isolar o jogador, colocando-o à parte (como acontece com a esmagadora maioria dos clubes).
Felício estava ontem a treinar com os restantes companheiros, o que é uma forma de dignificar o seu trabalho.

Algumas coisas que eu penso de cada um dos jogadores neste momento. O que pensarão eles de mim?

Paulo Santos: vai ser o titular. Vê lá ó Paulo se este ano andas menos vezes a enxotar moscas pelo ar.
Huanderson: desilusão. Não quero pensar que estamos na presença de uma espécie de Roberto.
Rafa: um ano para aprender.
Tiago Pinto: vai ser titular porque é bom jogador e porque o André Dias ainda é um pouco inconstante, apesar de ser muito promissor.
AndréDias: acima.
Éder: não sou um seu fã declarado, acho-o duro de rins e lento. Terceira escolha. (ou quarta...)
Jeferson: titular
Gaspar: titular
Marcelo: não tenho opinião.
Zé Gomes: Zé, aprecia a tua última época no clube como jogador profissional. Podes ser muito importante no balneário. Não acredito que vás ter muitas hipóteses de jogar, mas pelo menos obriga o Tiago Costa a estar sempre atento.
Tiago Costa: promete.
Tarantini: vai jogar muitas vezes porque é dos preferidos do treinador. É este ano que vai mostrar uma centelha maior? Eu acho que lhe falta alguma arrogância para isso, mas torço para que aconteça. O homem nunca joga mal, mas tem mesmo de dar o seu grito de Ipiranga para se afirmar.
China: é uma das várias opções para o míolo, mas não seria a minha primeira opção.
Wires: o Punjab vai fazer uma boa época para fazer um contrato melhor num clube com mais papel na carteira.
Vítor Gomes: ou se afirma de vez ou começa a cair no esquecimento.
Braga: começa sempre a temporada a comer sono, mas eu acredito que vai de novo fazer a diferença em momentos importantes.
Jorginho: eu acredito nele e muito.
Rafinha: não tenho opinião.
Feliz: a formiga atómica, caso fique em Vila do Conde, vai ser muitas vezes o 2º suplente utilizado para disputar 20 minutos por jogo e destroçar as já cansadas defesas adversárias.
Pateiro: de momento tem sido o nosso Felício de 2011-2012: trouxe cartel que tarda em confirmar.
Saulo: acho que está num momento interessante. Vai ser importante esta época.
Mendes: espero que engorde um bocadinho e venha obrigar Saulo a ser ainda mais acutilante.
Gilmar: a extremo, mister? É mesmo para lhe dizer que ainda não conta com ele para este ano, não é? (todos os meus amigos sabem que as palavras 'Gil' e 'mar' não combinam; não preferes que te chamem antes 'dos Santos'?)
Dinei: será que já sabe o nome do clube e da cidade? O pobre coitado parece muito inadaptado. Eu sou crente, mas não tão crente assim ao ponto de achar que Dinei vai vingar. Mas rezo para que aconteça!
Tomás: vai marcar muitos golos! (e como ainda só tem 36 anos, vai assinar pela Fiorentina onde um certo jogador que vai à selecção não vingou. Como se sabe em Itália qualquer jogador aguenta no top até aos 40. Niquinha ainda podia lá jogar se não tivesse tantas saudades do Brasil.)

(A resposta à pergunta do título deste texto pode ser dada pelos jogadores através do endereço de correio electrónico reisdoave@gmail.com . As 5 primeiras respostas ganham uma cópia de deste disco. Por motivos alheios à minha vontade não revelarei os vencedores, mas o prémio não deixará de lhes ser entregue.)

Balanço da pré-época - Golos

Foi magra a pré-época no que toca a golos marcados. Foram só 6 com Saulo e Tomás a marcarem 2 cada um. Os outros dois foram apontados por Gilmar e Dinei.

Não houve contribuição do meio-campo ofensivo na obtenção de golos. A minha expectativa recaía sobretudo sobre Braga e Jorginho, mas estes foram dos jogadores mais apagados até nisto.

Balanço da pré-época - Os negativos

E o mais negativo desta pré-época foi... Vítor Gomes. O nosso número 10 foi o único jogador a acumular 4 notas negativas.

A tabela:
4 negas: Vítor Gomes
3 negas: Zé Gomes e Jorginho
2 negas: Pateiro, Braga, Renato Santos, Dinei, Gilmar
1 nega: Huanderson, André Dias, Éder, Tiago Costa, Tarantini, Rafinha, Gama, Saulo, Tomás

Balanço da pré-época - Os neutros

3 jogadores lideram nesta categoria com 4 nomeações: Huanderson, Marcelo e Tomás

Com 3 nomeações:
Paulo Santos, Tiago Pinto, Zé Gomes, Tarantini, Dinei, Gilmar

Com 2 nomeações:
André Dias, Éder, China, Pateiro, Braga, Jorginho, Rafinha, Feliz

Com 1 nomeação:
Gaspar, Jeferson, Tiago Costa, Wires, Felício, Vítor Gomes, Gama, Saulo, Renato Santos

Balanço da pré-época - Os positivos

Os editores deste blogue estiveram em 6 dos 9 jogos da pré-época. Em todos esse seis jogos demos notas qualitativas aos jogadores. Começamos pelos 'positivos'.

E os jogadores que mais se destacaram pela positiva foram 3: Jeferson, Gaspar e Wires. São dos mais importantes jogadores do plantel e que, salvo alguma tragédia ou transferência, eu acredito que serão primeiras escolhas para as suas posições.

Eis o ranking:
5 nomeações: Gaspar, Jeferson, Wires
4 nomeações: Saulo
3 nomações: Paulo Santos, André Dias, Tiago Costa, China, Feliz
2 nomeações: Éder e Braga
1 nomeação: Huanderson, Tarantini, Pateiro, Vítor Gomes, Jorginho, Gama, Tomás

O meu comentário (JPM): nunca é demais repetir que estas coisas valem o que valem (são a nossa opinião em seis dos nove jogos), mas mesmo relativizando os dados será possível dizer que:
- Saulo esteve melhor do que na época passada;
- Wires está em forma e a Roménia já foi;
- André Dias é a revelação da pré-época, mas que Feliz também merece destaque;
- Tiago Costa agarrou o lugar;
- Braga começou pior do que acabou;
- Jorginho e Pateiro, reforços mais sonantes, não convenceram;
- O Rio Ave quase não marcou nestes nove jogos e Tomás ressente-se disso...

Balanço da pré-época - Minutos e presenças

Não nos foi possível contar os minutos de utilização dos nossos jogadores no jogo contra o Saint-Ètienne. Foi, por exemplo, o único jogo em que Rafa participou. Por isso dividimos este aspecto da estatística de pré-época em dois pontos, os minutos acumulados em 8 dos jogos e o número de presenças.

Eis a tabela dos minutos (jogo de França excluído):
Wires 450,
Jeferson 440,
Gaspar 405,
Vítor Gomes 400,
Saulo 395,
Zé Gomes e Tomás 385,
André Dias 365,
Paulo Santos 360, Huanderson e Éder 360,
Pateiro e Braga 350,
Jorginho 335,
Tiago Costa 315,
China 270,
Tarantini e Tiago Pinto 270,
Dinei 265,
Feliz e Marcelo 235,
Gilmar e Gama 180,
Rafinha 155,
Renato Santos 100,
Felício 45,
Rafa 0

Quanto aos jogos que cada jogador disputou:
Com 9 - Wires, Jeferson, Vítor Gomes, Saulo, Zé Gomes, Tomás, André Dias, Paulo Santos, Pateiro e Braga
Com 8 - Gaspar, Huanderson, Jorginho, Tiago Costa e Dinei
Com 7 - Éder, China, Tarantini, Feliz e Gilmar
Com 6 - Tiago Pinto e Marcelo
Com 5 - Rafinha
Com 4 - Gama
Com 3 - Renato Santos
Com 1 - Felício e Rafa