21.12.08

Como é possível dizer uma coisa destas??? (ACT)

João Eusébio no final do jogo em Braga: «O Sp. Braga só teve oportunidades para marcar já depois de estar a vencer por 1-0.» (o Rio Ave é que só teve oportunidade de marcar depois de estar a perder!) ou que «não nos passava pela cabeça perder, pois tínhamos o jogo controlado, mas acabámos por perder numa questão de competência. Há jogadores mais competentes do que outros", comentou o treinador.» (e treinadores, mister?)
ACtualizo a 22/12 com mais uma pérola do nosso mister que li ontem em A Bola: «Fomos superiores durante a primeira parte». Sinceramente, caro Eusébio...

2 comentários:

Moisés Cambola disse...

Querido Pai Natal dê a António Silva Campos a audácia de perceber que precisamos de ir ao mercado, buscar pelo menos «dois reforços».
Um avançado com fome de golo, que busca o cheiro de baliza, é preciso voltar muitos anos atrás para lembrar de um assim no Rio Ave…tipo Omer, Toni, Quinzinho, ou até mesmo Karim… (entre outros…)
O outro reforço que me parece imperioso, sob pena de ser tarde… UM NOVO TREINADOR!
João Eusébio é o responsável por esta situação.

A mudança de treinador nesta fase é perfeitamente natural, basta analisar a frieza dos números:
12 Jogos dão o mísero resultado de apenas 2 vitórias, 6 derrotas e 4 empates.

Não censuro os números, nós Rioavistas sabemos que o nosso objectivo é sofrer, lutar pela manutenção, censuro é a falta de atitude, não é da equipa, é daquele que devia ser o líder.

Critico ir a Braga só com o pensamento em não sofrer, jogar para o pontinho, fazer um jogo que me envergonha como adepto de futebol, mas que me rasga o coração como adepto do Rio Ave.
Um futebol que só pensa em destruir jogo, não arrisca nada, mesmo nada.
O Rio Ave apresentou uma postura em campo daquelas que irrita.
Não é a 1ª vez que após a derrota o treinador fala de incompetência de alguns jogadores, quando quem dá um exemplo de incompetência é o mister.
Substituições no Rio Ave são a resposta insuficiente aos golos sofridos, tem sido sempre assim, se não sofrermos aguenta-se o 0-0…custa-me estar a ser duro, mas é a realidade.

Vamos estar quase 15 dias sem futebol, dá para encontrar um novo treinador, este inteirar-se da equipa, temos duas partidas em casa seguidas com Guimarães e Belenenses, são jogos difices mas fazer 6 pontos é obrigatório seja quem for o treinador.
Não podemos é deixar as decisões para mais tarde.
Viva ao Rio Ave!

Nando Jorge disse...

segundo o comentador inglês que estava a comentar o jogo na net, o primeiro remate à baliza do Rio Ave foi a sete minutos do final quando já estavam a perder... Este Rio Ave só programou a táctica do autocarro, quando é preciso mudar o chip vê-se a incapacidade da equipa